Menu

Scott Taylor: Seja nos esportes ou no ‘jogo da vida’, a compaixão pode substituir a competição

Como o momento após uma dura falta, em um tenso jogo de basquete, levou ao convite de Presidente Nelson: ‘Precisa-se de pacificadores’

Durante todo o jogo de basquete, os treinadores adversários, em seus respectivos bancos, irritavam o árbitro principal e discutiam ruidosamente entre si sobre a dureza dos jogadores.

Mas nos minutos finais da tensa partida, os gritos dos dois bancos de reservas e os aplausos da torcida ficaram em silêncio, quando dois jogadores adversários colidiram e caíram no chão, um tentando bloquear o arremesso do outro, o arremessador se contorcendo de dor, a bola de basquete caindo para fora do aro e a falta marcada.

Desde o apito inicial, Klay, o defensor mencionado acima, exibiu as habilidades que o diferenciam como um dos melhores jogadores em quadra, driblando e passando pelos adversários para fazer bandejas com facilidade, pontuando as duas primeiras cestas do jogo, e depois dando passes com precisão para os companheiros de equipe para mais duas cestas, criando aparentemente o ritmo para um resultado desigual.

Mas quando Klay foi para o banco no final do primeiro tempo, o outro time se recuperou para empatar o placar até o intervalo, preparando o terreno para um segundo tempo frenético.

Uma cesta de basquete é retratada, durante um jogo do ensino médio na terça-feira, 12 de dezembro de 2023.
Uma cesta de basquete é retratada, durante um jogo do ensino médio na terça-feira, 12 de dezembro de 2023. | Spenser Heaps, Deseret News

Mais uma vez, Klay começou a assumir o controle, acertando alguns arremessos mais longos e passando quase à vontade pelos jogadores adversários. Mas aqueles arremessos da linha de três pontos pararam no aro, com Klay recuando para jogar na defesa, com expressões de decepção e frustração.

Foi na defesa e saltando para impedir um arremesso que Klay colidiu com seu oponente, fazendo com que ambos caíssem no chão. Com todas as tensões na quadra e emoções secundárias servindo como um barril de pólvora, seria este o momento explosivo?

Como havia feito anteriormente no jogo, Klay se levantou e caminhou até o adversário para oferecer uma mão de consolo e assistência. Mas seu oponente continuou no chão com dor, segurando o queixo. Klay permaneceu por perto enquanto os treinadores corriam até o jogador caído, confortando-o e oferecendo ajuda.

Ao ser ajudado para sair da quadra e ir para o banco, o jogador lesionado soube que o árbitro havia concedido dois lances livres na falta e perguntou se poderia ficar para cobrá-los e continuar jogando.

Posicionado no espaço perto da linha de lance livre, Klay esperou que seu oponente arremessasse, e convertesse, sua primeira tentativa de lance livre. Klay então se aproximou silenciosamente e ofereceu um aperto de mão de amizade e reconhecimento, retornando rapidamente ao seu lugar nos espaços de rebote. O breve gesto foi feito e aceito sem alarde, mas comovente para os poucos espectadores que perceberam.

O que aconteceu no resto da partida, os minutos finais do jogo e a vitória do time de Klay, não foi nada em comparação com aquele momento.

Em sua mensagem da conferência geral de abril de 2023, intitulada “Precisa-se de pacificadores”, Presidente Russell M. Nelson, Presidente de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, convidou os ouvintes a examinarem “seu discipulado conforme o modo como tratam as outras pessoas” e para “interagirem com o próximo de uma forma mais elevada e santa.”

Um dos meios mais fáceis de se identificar um verdadeiro seguidor de Jesus Cristo é ver quão compassiva essa pessoa é com os outros, disse ele. “A maneira como tratamos uns aos outros realmente importa! A maneira como falamos com as pessoas e sobre elas em casa, na igreja, no trabalho e na internet realmente importa.”

Um árbitro segura a bola durante um jogo de basquete do ensino médio na terça-feira, 12 de dezembro de 2023.
Um árbitro segura a bola durante um jogo de basquete do ensino médio na terça-feira, 12 de dezembro de 2023. | Spenser Heaps, Deseret News

Devido a circunstâncias conflitantes, os pais de Klay não puderam comparecer e assistir ao jogo. Mas seu avô gravou alguns vídeos no celular e os compartilhou enquanto contava os destaques.

E a melhor jogada do dia de Klay não foi uma de suas bandejas ou assistências, disse o avô a seus pais. Em vez disso, foi o breve momento em que, apesar das frustrações pessoais, das emoções presentes no jogo e da dura falta, Klay se adiantou para apertar a mão do oponente e acalmar quaisquer sentimentos remanescentes.

Em vez de se voltar para dentro, Klay se voltou para fora, para seu oponente, com a compaixão superando a competição.

Foi um ato maduro que, nas palavras de Presidente Nelson, realmente importou, vindo de Klay, de apenas 8 anos.

Como todos nós, ele terá uma vida inteira de oportunidades contínuas, não apenas nas quadras, mas no proverbial “jogo da vida”, tanto como participante quanto como espectador, para examinar seu discipulado dentro do contexto de como ele trata os outros, e de como interage com eles de maneiras mais elevadas e sagradas.

— Scott Taylor é editor-chefe do Church News

NEWSLETTER
Receba destaques do Church News entregues semanalmente na sua caixa de entrada grátis. Digite seu endereço de e-mail abaixo.

O guia de estudo desta semana inclui os ensinamentos de Néfi sobre Jesus Cristo e o profeta Isaías

Novos conversos, crianças de 11 anos e membros que retornam à atividade podem ‘ter outra experiência espiritual e outra conexão’, diz Élder Andersen

“Eles podem ajudar de alguma forma e, quando fazem uma descoberta, esse entusiasmo é contagiante”, dizem palestrantes da RootsTech 2024

“Nossa paixão é ajudá-los a encontrarem as peças que faltam”, diz Steve Rockwood no início da RootsTech 2024

Da Mongólia ao Quênia e ao País de Gales, veja como líderes e membros da Igreja estão construindo relacionamentos inter-religiosos

Não importa o que as pessoas tenham realizado no passado, a vida é uma contínua busca para sermos melhores, incluindo melhor espiritualmente para serem mais gentil, mais esperançosos e mais amorosos, compartilha Lloyd Newell esta semana em “Música e Palavras de Inspiração”.