Menu

Resumos e vídeos da reunião de liderança da conferência geral de outubro de 2023, disponíveis como recurso para membros

A ‘instrução inspirada’ fornecerá um importante foco para os santos dos últimos dias nos próximos meses, escreve Presidente Ballard

Resumos e vídeos de apresentações selecionadas, compartilhadas durante as sessões de liderança da conferência geral de outubro de 2023 de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, já estão disponíveis no aplicativo Biblioteca do Evangelho.

A publicação dos novos recursos foi comunicada em uma carta de 27 de outubro [em inglês], enviada às autoridades gerais e líderes gerais, Setentas de Área; presidentes de estaca, distrito e missão; bispos e presidentes de ramo. A carta foi assinada por Presidente M. Russell Ballard, Presidente em Exercício do Quórum dos Doze Apóstolos.

A carta de Presidente Ballard incentivou os líderes da estaca e da ala a analisarem e discutirem os materiais nos conselhos da estaca e da ala.

“As instruções inspiradas compartilhadas nesses materiais fornecerão um foco importante para nós nos próximos meses, nos ajudando a levarmos adiante a obra do Senhor”, escreveu Presidente Ballard.

A seguir estão alguns dos destaques da reunião de liderança da conferência geral de outubro de 2023.

A alegria da experiência dominical na Igreja

A alegria dos santos [penetrou-me] profundamente o coração” (Enos 1:3) — A alegria da experiência dominical na Igreja”, contou com instruções de Élder D. Todd Christofferson, do Quórum dos Doze Apóstolos; Élder Patrick Kearon, da Presidência dos Setenta; e irmã Andrea M. Spannaus, segunda conselheira na presidência geral das Moças.

“Nosso objetivo é aumentar a alegria dos santos durante a experiência dominical na Igreja ao ajudá-los a sentir o amor do Salvador”, disse Élder Christofferson.

Membros cumprimentam um homem em um vídeo apresentado na reunião de liderança da conferência geral de outubro de 2023 da Igreja.
Membros cumprimentam um homem em um vídeo apresentado na reunião de liderança da conferência geral de outubro de 2023 da Igreja. | Captura de tela de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Os líderes da Igreja ensinaram que “adorar a Deus em uma atmosfera de amizade e alegre reverência por meio de mensagens, orações e músicas centradas em Cristo” ajuda as pessoas a sentirem o amor do Salvador e relembra os membros do verdadeiro motivo de frequentarem as reuniões todos os domingos.

Os membros também podem aprender a ouvirem e a se comunicarem com alegria. “Não é apenas o que dizemos. É como nos comportamos, como nos comunicamos não-verbalmente, transmitimos alegria e ouvimos. Há uma grande variedade de personalidades e experiências entre nossos líderes de estaca e ala. Cada líder, à sua maneira, pode transmitir amor, força e alegria semelhantes aos de Cristo.”

Ministrar com mais amor

Ministrar com mais amor — Demonstrar como a ministração pode aumentar o sentimento de pertencimento dos membros” apresentou instruções de Élder Dieter F. Uchtdorf, do Quórum dos Doze Apóstolos; presidente Susan H. Porter, presidente geral da Primária; e a presidente Emily Belle Freeman, presidente geral das Moças.

Os líderes da Igreja ensinaram que “o trabalho de ministração é um trabalho missionário”. Os santos dos últimos dias devem ver as reuniões de domingo como uma oportunidade de ministrarem a outras pessoas. As crianças e os jovens se sentirão incluídos quando ajudam outras pessoas a se sentirem incluídas.

“As reuniões de domingo podem ser uma oportunidade para que a nova geração lidere ao amar, compartilhar e convidar”, ensinaram os líderes. “As crianças e os jovens podem orar, cantar e discursar. O envolvimento nesse trabalho preparará a nova geração para a missão e para uma vida inteira de serviço ao Senhor.”

Enquanto os santos dos últimos dias aguardam ansiosamente que o novo hinário seja publicado on-line em 2024 e impresso em 2026, considere usar música na ministração. “Quando unimos nossa voz em louvor ao nosso amado Salvador, sentimos a união e o pertencimento que estão no cerne da ministração.”

Um missionário cumprimenta um homem em um vídeo apresentado na reunião de liderança da conferência geral de outubro de 2023 da Igreja.
Um missionário cumprimenta um homem em um vídeo apresentado na reunião de liderança da conferência geral de outubro de 2023 da Igreja. | Captura de tela de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Mostrar como ajudar

Mostrar como ajudar amigos, recém-conversos e membros que estão voltando à atividade na Igreja a se sentir acolhidos e amados” apresentou instruções de Élder Quentin L. Cook e de Élder Ronald A. Rasband, ambos membros do Quórum dos Doze Apóstolos.

Os dois apóstolos forneceram vários pontos-chave para ajudar líderes e membros a ajudarem amigos, novos conversos e membros que estão voltando a se sentirem bem-vindos e amados.

“Olhamos para o Salvador Jesus Cristo como o exemplo perfeito de convite e acolhimento a todos para que se acheguem a Ele. 

“Os líderes e os membros trabalham juntos para ajudar amigos, recém-conversos e membros que estão voltando à atividade na Igreja, a saber que eles ‘já não [são] estrangeiros, nem forasteiros, mas concidadãos dos santos e da família de Deus’ (<a href="https://www.churchofjesuschrist.org/study/scriptures/nt/eph/2?lang=por&id=p19#p19">Efésios 2:19</a>).

“Os líderes dão o exemplo e mostram como ser acolhedores ao se envolverem calorosamente com as pessoas: sorrindo, ouvindo, expressando gratidão e proporcionando companheirismo. Eles criam um ambiente de reverência para ajudar as pessoas a terem uma experiência espiritual ao participarem da ordenança sagrada do sacramento.

“O conselho de ala deve debater regularmente maneiras de acolher e fortalecer amigos, recém-conversos e membros que estão voltando à atividade na Igreja. (Manual Geral: Servir em A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, <a href="https://www.churchofjesuschrist.org/study/manual/general-handbook/23?lang=por&para=title_number19-p77#title_number19">23.5.5</a>)”

Partilhar do sacramento

Reverência, alegria e poder ao partilhar do sacramento” contou com instruções de Élder Neil L. Andersen, do Quórum dos Doze Apóstolos.

Em seus comentários, Élder Andersen citou escrituras do Livro de Mórmon (3 Néfi 18:11 e 3 Néfi 20:8) e Doutrina e Convênios (52:14), assim como um discurso de 2003 de Presidente Russell M. Nelson, intitulado “Adoração na reunião sacramental”.

“Ensinamos o ideal antes de considerar a exceção”, disse ele. “O Senhor disse: ‘Eu lhe darei um modelo em todas as coisas.’”

Um santo dos últimos dias conduz um amigo em uma visita pela capela em um novo vídeo.
Um santo dos últimos dias conduz um amigo em uma visita pela capela em um novo vídeo. | Captura de tela de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Capelas

Como as capelas podem ser mais convidativas e centralizadas em Cristo” apresentou instruções do Bispado Presidente: Bispo Presidente Gérald Caussé, Bispo W. Christopher Waddell e Bispo L. Todd Budge.

Os membros do Bispado Presidente ensinaram que as capelas oferecem oportunidades para recebermos ordenanças, ensinarmos e ministrarmos uns aos outros e recebermos amigos.

Embora as capelas desempenhem múltiplas funções, deve haver um esforço contínuo para torná-las mais centralizadas em Cristo e convidativas. Eles sugeriram três ideias:

1.   Adaptar-se à cultura e ao ambiente locais.

  1. Escolher para as capelas obras de arte que são centralizadas em Cristo e abrangentes.
  2. Incorporar ajustes às normas no Manual Geral para o uso das capelas para atividades além das reuniões dominicais.

“Estamos pensando na possibilidade de melhorarmos o enfoque no Salvador e nas ordenanças e provermos uma experiência mais alegre para os membros e amigos”, disse o Bispado Presidente.

Adoração no lar e na Igreja

“‘Eis que vos regozijareis comigo” (Jacó 5:75) — A conexão entre a adoração no lar e na Igreja” apresentou instruções de Élder David A. Bednar, do Quórum dos Doze Apóstolos.

Élder Bednar ensinou que, “Os principais propósitos, tanto do tempo sagrado quanto dos lugares santos, são idênticos: concentrar repetidamente nossa atenção em nosso Pai Celestial e em Seu plano, no Senhor Jesus Cristo e em Sua Expiação, no poder edificante do Espírito Santo e nas promessas associadas aos convênios e ordenanças sagradas do evangelho restaurado do Salvador.

“Nossas experiências contínuas no Dia do Senhor, no templo e no lar podem fortalecer-nos com o poder do Espírito Santo, com uma conexão contínua e mais forte com o Pai e o Filho, e com ‘um perfeito esplendor de esperança’ (2 Néfi 31:20) nas promessas eternas de Deus.

“Nosso lar deve ser a combinação final tanto do tempo sagrado quanto do lugar santo em que as pessoas e famílias possam aprender e se lembrar de que Deus é nosso Pai Celestial, somos Seus filhos, Jesus Cristo é nosso Salvador e a alegria duradoura se encontra no Senhor.”

2 vídeos instrutivos

A instrução de liderança também inclui dois vídeos instrutivos:

  1. Reunião de coordenação semanal” fornece ideias e exemplos para ajudar as pessoas a se sentirem bem-vindas e que pertencem à Igreja e às atividades.
  2. Acolhendo e demonstrando amor aos membros novos e àqueles que estão voltando à atividade” oferece ideias discutidas pelos líderes da ala e dos jovens, sobre como ajudarmos as pessoas a se sentirem bem-vindas.
NEWSLETTER
Receba destaques do Church News entregues semanalmente na sua caixa de entrada grátis. Digite seu endereço de e-mail abaixo.

Novos conversos, crianças de 11 anos e membros que retornam à atividade podem ‘ter outra experiência espiritual e outra conexão’, diz Élder Andersen

“Eles podem ajudar de alguma forma e, quando fazem uma descoberta, esse entusiasmo é contagiante”, dizem palestrantes da RootsTech 2024

“Nossa paixão é ajudá-los a encontrarem as peças que faltam”, diz Steve Rockwood no início da RootsTech 2024

Da Mongólia ao Quênia e ao País de Gales, veja como líderes e membros da Igreja estão construindo relacionamentos inter-religiosos

Não importa o que as pessoas tenham realizado no passado, a vida é uma contínua busca para sermos melhores, incluindo melhor espiritualmente para serem mais gentil, mais esperançosos e mais amorosos, compartilha Lloyd Newell esta semana em “Música e Palavras de Inspiração”.

Em um mundo definido pela polarização política, tensões raciais e divisões culturais, o evangelho de Jesus Cristo pode promover a união