Menu

Por que 2019 teve um ‘foco máximo’ nas crianças e nos jovens

Um grupo de jovens santos dos últimos dias socializam juntos. (Nota: Esta imagem foi tirada antes da pandemia de COVID-19 e não reflete as atuais precauções de distanciamento social). Crédito: Intellectual Reserve, Inc.
Jovens Santos dos Últimos Dias chegam ao Tabernáculo na Praça do Templo em 17 de novembro de 2019 para participar em um evento Cara a Cara. Crédito: Intellectual Reserve, Inc.
Um grupo de rapazes em Portugal sorri durante uma reunião de quórum. O tema do quórum do Sacerdócio Aarônico foi publicado recentemente pela Igreja. Crédito: Intellectual Reserve, Inc.
Élder Gerrit W. Gong, ao meio, é acompanhado por irmã Joy D. Jones, irmã Bonnie H. Cordon, irmão Stephen W. Owen e dois jovens anfitriões durante um evento Cara a Cara sobre o novo programa para Crianças e Jovens no Tabernáculo em Salt Lake City, no dia 1 Crédito: Captura de tela ChurchofJesusChrist.org
Dois rapazes de pé e sorrindo em Columbus, Ohio. O tema do quórum do Sacerdócio Aarônico foi publicado recentemente pela Igreja. Crédito: Intellectual Reserve, Inc.
Um grupo de rapazes na República Democrática do Congo sorri durante uma reunião do quórum. O tema do quórum do Sacerdócio Aarônico foi publicado recentemente pela Igreja. Crédito: Intellectual Reserve, Inc.
Presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, e sua esposa, irmã Wendy Nelson, encontram jovens em Phnom Penh, Camboja, no dia 19 de novembro, 2019. Jeffrey D. Allred, Deseret News
Presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, e sua esposa, irmã Wendy Nelson, encontraram-se com jovens na Cidade de Ho Chi Minh, Vietnã, no dia 18 de novembro, 2019. Crédito: Jeffrey D. Allred, Deseret News
Crianças de uma família em Christchurch, Nova Zelândia, posam para uma foto em frente ao quadro de planejamento da família do programa para Crianças e Jovens na lavanderia de sua casa. As crianças estavam animadas para mostrar à irmã Becky Craven como ela Crédito: Intellectual Reserve, Inc.
Joshua, à esquerda, um sacerdote de uma estaca piloto em Columbus, Ohio, compartilhou seu amor por filmagens com o seu quórum. Juntos, eles fizeram um vídeo para uma atividade que fazia parte do programa para Crianças e Jovens. Crédito: Intellectual Reserve, Inc.
Moças de uma estaca piloto em Columbus, Ohio, aprendem a cozinhar. Elas fizeram a meta de aprender a cozinhar como parte do novo programa para Crianças e Jovens. Crédito: Intellectual Reserve, Inc.
As letras FSY [For the Strength of the Youth - em inglês] são formadas em um gramado, durante uma conferência Para o Vigor da Juventude. Igreja de Jesus Cristo nos Últimos Dias
Um grupo de moças posa para uma foto enquanto participam de uma conferência FSY. Crédito: Intellectual Reserve, Inc.

De pé no púlpito do Centro de Conferências em outubro, o presidente Russell M. Nelson lembrou aos membros da Igreja de todo o mundo de um importante convite que ele fez em junho de 2018:

“Vocês devem se lembrar de que convidei os jovens de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias a se alistarem no exército de jovens do Senhor para participar da maior causa na Terra hoje: a coligação de Israel”.

A coligação, disse ele, é uma parte essencial de ajudar a preparar o mundo e seu povo para a Segunda Vinda do Salvador Jesus Cristo. O batalhão de jovens do Senhor é liderado em cada ala por um bispo — cuja “primeira e principal responsabilidade é cuidar dos rapazes e das moças de sua ala”.

Presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, e sua esposa, irmã Wendy Nelson, encontraram-se com jovens na Cidade de Ho Chi Minh, Vietnã, no dia 18 de novembro, 2019.
Presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, e sua esposa, irmã Wendy Nelson, encontraram-se com jovens na Cidade de Ho Chi Minh, Vietnã, no dia 18 de novembro, 2019. | Crédito: Jeffrey D. Allred, Deseret News

Nesse contexto, o presidente Nelson então apresentou ajustes organizacionais destinados a fazer três coisas: primeiro, ajudar os jovens a desenvolver seu “sagrado potencial pessoal”; segundo, fortalecer os quóruns do Sacerdócio Aarônico e as classes das Moças; e terceiro, prestar apoio aos bispos e outros líderes adultos enquanto eles servem a nova geração.

“Estamos confiantes de que cada vez mais jovens aceitarão o desafio e permanecerão no caminho do convênio com este foco aumentado em nossa juventude”, disse o élder Quentin L. Cook do Quórum dos Doze Apóstolos.

O ano de 2019 poderia de fato ser categorizado como um ano de “foco máximo em nossa juventude”, pois as mudanças e os eventos ao longo do ano têm levado a um dia histórico em 1º de janeiro de 2020 — o lançamento de um novo esforço único para fortalecer as crianças e os jovens do mundo todo. 

Mudanças organizacionais: Parte de um ‘padrão interligado’

Conforme anunciado na conferência de outubro, até janeiro, as presidências dos Rapazes da ala devem ser descontinuadas para permitir que os bispados se concentrem nas responsabilidades do sacerdócio dos rapazes e ajudá-los em suas obrigações de quórum. Consultores dos Rapazes serão chamados para ajudar as presidências do quórum do Sacerdócio Aarônico e o bispado em suas funções. A presidente das Moças da ala se reportará diretamente ao bispo.

A juventude é a responsabilidade primordial do bispo. Enquanto presidências do quórum de élderes e da Sociedade de Socorro podem ajudar com: ministração, templo, cuidando dos necessitados, história da família e obra missionária, existem algumas responsabilidades que o bispo não pode delegar, como a de ser um juiz comum, ofertas de jejum e finanças.
A juventude é a responsabilidade primordial do bispo. Enquanto presidências do quórum de élderes e da Sociedade de Socorro podem ajudar com: ministração, templo, cuidando dos necessitados, história da família e obra missionária, existem algumas responsabilidades que o bispo não pode delegar, como a de ser um juiz comum, ofertas de jejum e finanças. | Crédito: Church News graphic

O comitê da juventude do bispado será substituído por um conselho dos jovens da ala. Os líderes adultos devem fazer do quórum e das presidências de classe uma prioridade, liderando ao lado das moças e dos rapazes enquanto dão orientação e mentoria para que se concentrem no trabalho da salvação. 

Explicando esses ajustes na conferência geral, o élder Cook disse que as mudanças organizacionais são parte de outras iniciativas “profundas e abrangentes” — incluindo o currículo centralizado no lar e apoiado pela Igreja, bem como o programa Crianças e Jovens — para ajudar os jovens Santos dos Últimos Dias a navegar num labirinto de escolhas.

“Cada um dos ajustes é parte integrante de um padrão interligado para abençoar os santos e prepará-los para encontrar Deus”, disse o élder Cook. 

A irmã Bonnie H. Cordon, presidente geral das Moças, anunciou uma revisão do tema e da organização das classes das Moças. Os nomes Abelhinha, Menina-Moça e Laurel não serão mais usados e todas as moças serão referidas como “Moças” e organizadas por idade de acordo com as necessidades específicas de cada ala.

“Nosso desejo de ajudá-las a obter uma fé inabalável no Senhor Jesus Cristo e um conhecimento seguro de sua identidade divina como filhas de Deus está no centro de tudo o que fazemos nas Moças”, disse a irmã Cordon. 

Moças conversam umas com as outras. A Presidência Geral das Moças convida todas as moças a estudarem as doutrinas encontradas no novo tema das Moças apresentado durante a conferência geral de outubro.
Moças conversam umas com as outras. A Presidência Geral das Moças convida todas as moças a estudarem as doutrinas encontradas no novo tema das Moças apresentado durante a conferência geral de outubro. | Crédito: Intellectual Reserve, Inc.

Outras mudanças anunciadas durante a conferência geral de outubro incluem: 

  • As atividades para os jovens não são mais chamadas de “Mutual”, mas sim de “atividade das Moças”, “atividades do quórum do Sacerdócio Aarônico” ou “atividades dos jovens”. 
  • O orçamento da ala para as atividades dos jovens será dividido em proporções iguais entre os Rapazes e as Moças de acordo com o número de jovens de cada organização. Uma quantia suficiente também será fornecida para as atividades da Primária.
  • A nível de estaca, um sumo conselheiro servirá como presidente dos Rapazes. Junto com os sumo conselheiros designados as Moças e a Primária, ele fará parte do Comitê do Sacerdócio Aarônico-Moças. 
  • Um sumo conselheiro servirá também como presidente da Escola Dominical da estaca.
  • A Sociedade de Socorro, as Moças, os Rapazes, a Primária e a Escola Dominical serão chamadas de “organizações” em vez de “auxiliares”. Aqueles que lideram as organizações serão conhecidos como “líderes gerais” em nível geral na Igreja e “líderes da ala” e “líderes da estaca” em nível local. 

Ao combinar e integrar com os ajustes anteriores, o élder Cook disse, essas mudanças “representam um esforço espiritual e organizacional consistente com a doutrina para abençoar e fortalecer todos os homens, mulheres, jovens e crianças, ajudando cada um a seguir o exemplo de nosso Salvador, Jesus Cristo, ao progredir no caminho do convênio”.

Esses ajustes abrangentes “capacitarão e fortalecerão todos os membros da Igreja. Nossos jovens desenvolverão mais fé no Salvador, serão protegidos das tentações do adversário e se prepararão para enfrentar os desafios da vida”, ele afirmou.

As quatro áreas de crescimento no programa Crianças e Jovens.
As quatro áreas de crescimento no programa Crianças e Jovens. | Crédito: Intellectual Reserve, Inc.

O novo programa Crianças e Jovens

A partir de janeiro, o programa Crianças e Jovens substituirá todas as atividades e programas de realização existentes para as crianças e os jovens na Igreja, incluindo o Escotismo, o Progresso Pessoal, o Dever para com Deus e o Fé em Deus. O esforço é projetado para ajudar as crianças e os jovens a crescer espiritual, social, física e intelectualmente enquanto se esforçam para seguir o Salvador e crescer em todas as áreas da vida como Ele cresceu (ver Lucas 2:52). 

A visão do programa Crianças e Jovens é “fortalecer a fé da nova geração em Jesus Cristo e ajudar as crianças, os jovens e suas famílias a progredir ao longo do caminho do convênio à medida que enfrentam os desafios da vida”. A flexibilidade da iniciativa permite que ela seja adaptável para todas as áreas da Igreja mundial. 

Os líderes da Igreja realizaram dois grandes eventos este ano para apresentar o programa Crianças e Jovens — um vídeo introdutório apresentado nas alas e nos ramos em 29 de setembro e um evento Cara a Cara em 17 de novembro. 

Joshua, à esquerda, um sacerdote de uma estaca piloto em Columbus, Ohio, compartilhou seu amor por filmagens com o seu quórum. Juntos, eles fizeram um vídeo para uma atividade que fazia parte do programa para Crianças e Jovens.
Joshua, à esquerda, um sacerdote de uma estaca piloto em Columbus, Ohio, compartilhou seu amor por filmagens com o seu quórum. Juntos, eles fizeram um vídeo para uma atividade que fazia parte do programa para Crianças e Jovens. | Crédito: Intellectual Reserve, Inc.

A estrutura central do esforço centralizado no lar e apoiado pela Igreja é baseada em três áreas de foco: aprendizagem do evangelho, desenvolvimento pessoal e serviço e atividades. Os princípios-chave incluem revelação pessoal, arbítrio e construção de relacionamentos. 

A aprendizagem do evangelho inclui o currículo “Vem, e Segue-Me” em casa, na Igreja e no seminário. O serviço e as atividades incluem atividades, acampamentos e conferências para jovens e Dias de Atividade para meninos e meninas da Primária, bem como serviço e atividades com suas famílias. O desenvolvimento pessoal inclui a definição de metas para crescer mais como o Salvador. 

Crianças de uma família em Christchurch, Nova Zelândia, posam para uma foto em frente ao quadro de planejamento da família do programa para Crianças e Jovens na lavanderia de sua casa. As crianças estavam animadas para mostrar à irmã Becky Craven como elas implementaram o novo programa imediatamente após os anúncios sobre o novo programa durante a conferência geral de outubro de 2019. Irmã Craven parou em Christchurch durante uma visita à Área Pacífico com a irmã Sharon Eubank em outubro de 201…
Crianças de uma família em Christchurch, Nova Zelândia, posam para uma foto em frente ao quadro de planejamento da família do programa para Crianças e Jovens na lavanderia de sua casa. As crianças estavam animadas para mostrar à irmã Becky Craven como elas implementaram o novo programa imediatamente após os anúncios sobre o novo programa durante a conferência geral de outubro de 2019. Irmã Craven parou em Christchurch durante uma visita à Área Pacífico com a irmã Sharon Eubank em outubro de 2019. | Crédito: Intellectual Reserve, Inc.

Durante o vídeo introdutório exibido em 29 de setembro, o presidente Nelson disse às crianças e aos jovens que, em vez de atribuições específicas, eles serão convidados a aconselhar-se com o Senhor sobre como eles podem crescer de maneira equilibrada. 

“Será gratificante e divertido, mas também precisará de algum esforço da parte de vocês”, disse ele. “Vocês precisarão buscar revelação pessoal. Vocês precisarão escolher por si mesmos como agir de acordo com a revelação que receberem. Às vezes, o Espírito pode levá-lo a fazer coisas que são difíceis. Eu acho que vocês estão preparados para o desafio. Vocês conseguem fazer coisas difíceis”.

O élder Gerrit W. Gong do Quórum dos Doze Apóstolos e os líderes gerais anunciaram mais mudanças que terão impacto nas crianças e nos jovens no mundo todo durante o evento Cara a Cara, incluindo um tema do quórum do Sacerdócio Aarônico e o guia de acampamento para os Rapazes, uma nova música da Primária chamada “Quero Andar com Cristo” e elementos de reconhecimento para o programa. 

Os líderes da Igreja também apresentaram o logotipo “Ser Melhor” para a iniciativa e explicaram mais detalhes sobre as conferências Para o Vigor da Juventude (FSY). Uma visão geral foi dada do aplicativo móvel Gospel Living projetado para ajudar os jovens a viver o evangelho e acessar artigos e mídia inspiradores. O aplicativo tem ferramentas para definir metas, registrar pensamentos e impressões, mensagens e compartilhar com membros da família, dos quóruns e das classes. A primeira versão do aplicativo estará disponível para ser baixado no início de 2020. 

Logotipo do programa Crianças e Jovens mostrado durante o evento cara a cara.
Logotipo do programa Crianças e Jovens mostrado durante o evento cara a cara. | Crédito: Captura de tela do site ChurchofJesusChrist.org

Mais informações e recursos para o programa Crianças e Jovens, incluindo links para guias de desenvolvimento pessoal e mais de 100 ideias de serviço e atividades, podem ser encontrados no site ChildrenandYouth.ChurchofJesusChrist.org.

Conferências Para o Vigor da Juventude (FSY)

A Igreja anunciou em julho que os jovens com 14 anos ou mais nos EUA e no Canadá terão a oportunidade de participar das conferências FSY a partir de 2020. O FSY é uma conferência de cinco dias modelada de acordo com o programa Especialmente para Jovens (EFY) da Universidade Brigham Young (BYU). As conferências FSY são realizadas fora dos EUA e do Canadá há mais de uma década. Cada estaca será convidada a participar a cada dois anos. 

O FSY “reúne grupos maiores para aulas, devocionais e estudo do evangelho, bem como para bailes, shows de variedades e muitas outras atividades divertidas”, o élder Gong disse às crianças e aos jovens durante o evento Cara a Cara de 17 de novembro. “Vocês vão adorar reunir-se, conhecer outros jovens fiéis e fazer novos amigos, inclusive de fora de sua ala e estaca”.

As letras FSY [For the Strength of the Youth - em inglês] são formadas em um gramado, durante uma conferência Para o Vigor da Juventude.
Jovens formam as letras FSY em um campo durante uma conferência FSY. | Igreja de Jesus Cristo nos Últimos Dias

A fim de ajudar a Igreja na facilitação da FSY, a BYU anunciou que não administrará mais as sessões tradicionais do EFY.

“Nos Estados Unidos e no Canadá, as conferências FSY serão fornecidas pela Igreja e realizadas localmente com o apoio da BYU. Nas áreas fora dos Estados Unidos e do Canadá as conferências FSY continuarão a ser realizadas como eram no passado”, escreveram os organizadores do EFY na página oficial do programa “Especialmente para a Juventude (EFY)” no Facebook após o anúncio.

A BYU continuará a oferecer sessões de Edição Especial do EFY em locais históricos da Igreja (Palmyra, Nauvoo, Independence, Salt Lake City), bem como sessões mais curtas do EFY.

Detalhes adicionais sobre o FSY foram divulgados em uma declaração de 12 de setembro. Os líderes da ala e da estaca não são responsáveis por planejar ou participar da conferência. Os jovens adultos solteiros são convidados a servir como consultores do FSY. 

“No ano em que os jovens participam do FSY, suas estacas não realizarão conferências nem acampamentos de jovens da estaca. Nós incentivamos a realização de acampamentos de ala ou estaca todos os anos, sempre que possível”, explicou o irmão Stephen W. Owen, presidente geral dos Rapazes, durante o evento Cara a Cara de 17 de novembro.

Mais informações sobre as conferências do FSY, incluindo uma programação de quando as estacas participarão, podem ser encontradas no âmbito da seção FSY no site do programa Crianças e Jovens. 

“Vem, e Segue-Me”

A partir de janeiro de 2019, os santos dos últimos dias em todo o mundo começaram a estudar o Novo Testamento com o novo currículo “Vem, e Segue-Me” centralizado no lar e apoiado pela Igreja. 

Como pai de uma jovem família, Brent Daire, da Estaca Devonport Austrália, disse ao Church News que o novo currículo “muda fundamentalmente a experiência do evangelho, que é focada em nós e nos dá as ferramentas e o tempo para fazer o que o Senhor quer que façamos”, disse ele. 

A família Bake se diverte em uma brincadeira como parte do estudo em família do “Vem, e Segue-Me” em abril de 2019.
A família Bake se diverte em uma brincadeira como parte do estudo em família do “Vem, e Segue-Me” em abril de 2019. | Crédito: Kevin Bake

“Ele ainda facilita o tempo e dá uma razão para nós, como casal nos sentarmos e buscar revelação juntos. … Toda vez que fazemos isso, nossa capacidade de receber revelação e experiências aumentam, nosso testemunho e nosso casamento se tornam mais fortes. … O lar realmente se torna o céu na terra”.

Em março, a Primeira Presidência anunciou o alinhamento do currículo do seminário com o “Vem, e Segue-Me”. Desde julho de 2019, as aulas do seminário começaram a estudar o currículo do Novo Testamento e mudarão para o Livro de Mórmon em janeiro. 

Em um vídeo divulgado pelos Seminários e Institutos de Religião, o élder Jeffrey R. Holland do Quórum dos Doze Apóstolos disse: “Achamos que este é um tremendo desenvolvimento neste momento em que nossos jovens precisam de cada vez mais força.

Cremos que é um alinhamento maravilhoso … com o que o resto da Igreja está fazendo. E acreditamos que será maravilhosamente simbiótico com o estudo do evangelho … apoiado pela Igreja — e agora adicionamos apoiado pelo seminário — e centralizado no lar”.

Moças escutam durante lição de domingo. Os líderes gerais dos jovens estão encorajando os bispos a começarem a se prepararem agora para as mudanças nas classes das Moças e aos quorums do Sacerdócio Aarônico no 2021.
Moças escutam durante lição de domingo. Começando em janeiro, o “Vem, e Segue-Me” para o Sacerdócio Aarônico e Moças colocará mais ênfase em participar no trabalho de salvação. | Crédito: Intellectual Reserve, Inc.

Durante a conferência geral de outubro, o irmão Owen anunciou que o currículo dos jovens se alinhará com o “Vem, e Segue-Me” para estudo pessoal e familiar, Escola Dominical e seminário.

Enquanto o formato do “Vem, e Segue-Me” para o Sacerdócio Aarônico e as classes das Moças permanecerá o mesmo, o papel das presidências do quórum e de classe foi elevado, e os esboços das aulas foram reduzidos e redesenhados. Os rapazes e as moças agora serão ensinados a partir do mesmo manual e seguirão esboços específicos para cada lição. O manual “Vem, e Segue-Me — Quóruns do Sacerdócio Aarônico e Classes das Moças: Tópicos Doutrinários, 2020” já está disponível no site ChurchofJesusChrist.org e no aplicativo Biblioteca do Evangelho. 

Treinamento para proteger as crianças e os jovens

Em agosto, a Igreja anunciou um novo curso de treinamento para ajudar os adultos a saber como prevenir e reagir a abuso contra crianças. A Igreja pediu a todos os adultos nos EUA e no Canadá que serviam ou interagiam com crianças e jovens que completassem o curso e renovassem o treinamento a cada três anos.

“Levamos muito a sério os ensinamentos de Jesus Cristo sobre crianças e jovens”, disse a irmã Joy D. Jones, presidente geral da Primária. “Ele os acolheu em Sua presença e deu avisos severos contra abusá-los, intimidá-los ou machucá-los de qualquer maneira. Jesus disse sobre as crianças: ‘Deles é o reino de Deus’ (Marcos 10:14). Sua profunda preocupação com as crianças e os jovens deve continuar a ser nossa profunda preocupação”.

Tema dos jovens

O tema dos jovens para 2019 foi “Se me amais, guardai os meus mandamentos” (João 14:15). O tema dos jovens de 2020 “Eu irei e cumprirei” está centrado em 1 Néfi 3:7.

“E aconteceu que eu, Néfi, disse a meu pai: Eu irei e cumprirei as ordens do Senhor, porque sei que o Senhor nunca dá ordens aos filhos dos homens sem antes preparar um caminho pelo qual suas ordens possam ser cumpridas”.

Em uma entrevista ao Church News em agosto, a irmã Cordon disse que o tema dos jovens para 2020 está relacionado a confiar no Senhor e em Seu plano. 

“Se pararmos e pensarmos em tudo o que este tema carrega, ele fornece todo o padrão das coisas que precisamos fazer para prosseguir. E, quando o programa Crianças e Jovens for lançado, creio que perceberemos o mesmo padrão da doutrina de Cristo e de confiar no Senhor”.

Jovens Santos dos Últimos Dias chegam ao Tabernáculo na Praça do Templo em 17 de novembro de 2019 para participar em um evento Cara a Cara.
Jovens Santos dos Últimos Dias chegam ao Tabernáculo na Praça do Templo em 17 de novembro de 2019 para participar em um evento Cara a Cara. | Crédito: Intellectual Reserve, Inc.

O irmão Douglas D. Holmes, primeiro conselheiro na presidência geral dos Rapazes, disse que o tema também representa uma “afirmação de revelação” que pode ser recebida por um profeta, como Néfi recebeu de seu pai Leí, ou individualmente do Espírito Santo. 

“O outro aspecto do programa Crianças e Jovens que (o tema) reforça é o arbítrio individual e a escolha”, ele disse. “Néfi se apresenta e diz: ‘Estou escolhendo o que vou fazer’”.

Os pais e líderes são incentivados a ensinar princípios do tema em casa e na Igreja durante todo o ano. O tema será enfatizado durante as conferências do FSY no mundo todo e pode servir de foco para as atividades dos jovens, as conferências de jovens, os acampamentos e os devocionais. 

A música e o vídeo do tema dos jovens foram apresentados durante o evento Cara a Cara para Crianças e Jovens no dia 17 de novembro. Os recursos para o tema dos Jovens de 2020 podem ser encontrados no site ChildrenandYouth.ChurchofJesusChrist.org

NEWSLETTER
Receba destaques do Church News entregues semanalmente na sua caixa de entrada grátis. Digite seu endereço de e-mail abaixo.