Menu

Abertura de terra do Templo de Mendoza Argentina marca um dia de alegria para os santos dos últimos dias locais

Élder Allen D. Haynie compartilha algumas observações antes de oferecer a oração dedicatória durante a cerimônia de abertura de terra do Templo de Mendoza Argentina. Crédito: Intellectual Reserve, Inc.
Élder Allen D. Haynie, à esquerda, cumprimenta o prefeito de Mendoza, Ulpiano Suárez, ao centro, durante a cerimônia de abertura de terra no dia 17 de dezembro de 2020, sinalizando o início da construção do futuro Templo de Mendoza Argentina. Crédito: Intellectual Reserve, Inc.
A irmã Deborah Haynie compartilha algumas observações durante a cerimônia de abertura de terra do Templo de Mendoza Argentina, no dia 17 de dezembro de 2020. Crédito: Intellectual Reserve, Inc.
Élder Allen D. Haynie e sua esposa, a irmã Deborah Haynie, na ponta da direita, se juntam a líderes civis locais revolvendo a terra, durante a cerimônia de abertura de terra do Templo de Mendoza Argentina, no dia 17 de dezembro de 2020. Crédito: Intellectual Reserve, Inc.
A jovem oradora Abril Manzur discursa na cerimônia de abertura de terra do Templo de Mendoza Argentina, no dia 17 de dezembro de 2020. Crédito: Intellectual Reserve, Inc.
A ilustração da parte externa do Templo de Mendoza Argentina. Crédito: Intellectual Reserve, Inc.

Pouco antes da quinta-feira, 17 de dezembro, dia da cerimônia de abertura de terra do Templo de Mendoza Argentina, o Presidente M. Russell Ballard discursou para um grupo de santos dos últimos dias argentinos, relembrando-os do lugar especial que eles têm no plano de Deus.

“Nós os amamos e o Senhor os ama,” o Presidente Interino do Quórum dos Doze Apóstolos disse durante uma conferência por Zoom. “O povo argentino é especial. Seu país é especial… Que o Senhor abençoe a Igreja na Argentina. Permitam que Ele abençoe todos vocês, queridos santos.”

Evidência do amor de Deus pela Argentina estava patente na quinta-feira, quando se iniciou a construção daquele que será o quarto templo da nação.

Um pequeno grupo de líderes santos dos últimos dias se reuniu na quinta-feira, no local do futuro templo, na zona norte-central da cidade de Mendoza. A presença foi limitada devido às diretrizes locais de distanciamento social da COVID-19.

Élder Allen D. Haynie, Setenta Autoridade Geral e membro da presidência da Área América do Sul Sul, ofereceu a oração dedicatória e presidiu a cerimônia. Juntamente com ele estavam vários líderes da comunidade local, incluindo o prefeito de Mendoza, Ulpiano Suarez, o prefeito do Departamento de Las Heras, prefeito Daniel Orozco, e o secretário do Meio Ambiente e Planejamento Territorial de Mendoza, Humberto Daniel Mingorance.

“Neste lindo cenário, com uma maravilhosa vista da Cordilheira dos Andes atrás de mim, também quero dar sinceras boas-vindas a todos presentes nesta cerimônia de abertura de terra do Templo de Mendoza Argentina … que estão assistindo com o uso da tecnologia” disse Élder Haynie, conforme reportado pela Sala de Imprensa.

“Esperávamos que mais de vocês poderiam estar aqui conosco, mas confiamos que um bondoso Pai Celestial abençoará a todos nós com uma abundante porção de Seu espírito, independente de onde e como estejamos participando desta abertura de terra.”

Élder Haynie estava acompanhado por sua esposa, a irmã Deborah Haynie, que também discursou no evento. Ela concentrou sua mensagem nos jovens da Igreja na zona de Mendoza.

“Sua família precisa de vocês: seus ancestrais, sua família atual e sua futura família,” ela disse. “Meu desafio a vocês é de passarem os próximos anos aprendendo a amar o trabalho de história da família. Se assim o fizerem, quando as portas deste templo se abrirem, vocês poderão trazer os nomes dos seus ancestrais para realizarem ordenanças em seus lugares.”

Élder Allen D. Haynie e sua esposa, a irmã Deborah Haynie, na ponta da direita, se juntam a líderes civis locais revolvendo a terra, durante a cerimônia de abertura de terra do Templo de Mendoza Argentina, no dia 17 de dezembro de 2020.
Élder Allen D. Haynie e sua esposa, a irmã Deborah Haynie, na ponta da direita, se juntam a líderes civis locais revolvendo a terra, durante a cerimônia de abertura de terra do Templo de Mendoza Argentina, no dia 17 de dezembro de 2020. | Crédito: Intellectual Reserve, Inc.

Alguns membros locais também compartilharam seus pensamentos sobre o futuro templo de Mendoza.

“Os templos, ao contrário de todas as outras capelas que a Igreja tem no mundo, são exclusivos em propósito e função,” disse Rubén Sabatino Tideí. “Aquilo que os distingue, não é seu tamanho ou beleza arquitetônica, mas o trabalho que é realizado dentro deles… Templos unem famílias pelas eternidades.”

Abril Manzur, uma jovem membro da comunidade de Maipú de Cuyo, disse que, simplesmente saber que, um dia, um templo estará aberto a poucos quilômetros de sua casa “é uma grande bênção, pela qual sou muito grata. O trabalho nos templos é parte de nossa vida.”

Em sua oração dedicatória, Élder Haynie pediu por “uma bênção especial” aos jovens vivendo no distrito do futuro templo.

“Abençoe-os para virem aqui a Sua casa com o desejo de participar em ordenanças para si mesmos e para seus ancestrais. Abençoe-os para que possam se sentir diferentes quando deixarem Sua casa; para que saibam com grande certeza, quem eles são; para que possam ver mais claramente que o mal nunca foi felicidade.”

Élder Haynie também orou “para que outros, que procuram pela verdade, sejam atraídos a este lugar, durante e depois da construção do templo.”

“Abençoe-os para que possam sentir Sua presença e desejem saber por que se sentem diferentes aqui. Por favor, ajude-os a terem corações e mentes receptivos à mensagem do evangelho restaurado de Jesus Cristo.”

A ilustração da parte externa do Templo de Mendoza Argentina.
A ilustração da parte externa do Templo de Mendoza Argentina. | Crédito: Intellectual Reserve, Inc.

Apesar dos atuais desafios da pandemia global, quinta-feira marcou um dia de celebração para esta nação sul-americana — e os argentinos sabem como celebrar. Eles são sinônimos de amor pela família, futebol e de caprichados cortes de carne grelhados.

Para os santos dos últimos dias na Argentina, essa paixão como marca registrada, é sentida ainda mais forte em sua devoção ao evangelho e trabalho do templo.

O Church News conversou com o presidente da estaca Mendoza Argentina, Juan Naccarato, momentos depois que o Presidente Russell M. Nelson anunciou planos, no dia 7 de outubro de 2018, para a construção de um templo na quarta maior cidade da Argentina.

Os santos dos últimos dias em Mendoza reagiram “como se tivéssemos feito um gol na Copa do Mundo,” disse o presidente Naccarato.

“Mantivemos a esperança por um templo por muito tempo” ele adicionou. “Temos muito trabalho a fazer, mas veremos muito crescimento, especialmente entre nossos jovens.”

O dia 17 de janeiro de 1986 será estimado para sempre entre membros e missionários ligados à Argentina. Naquele dia, Presidente Thomas S. Monson, conselheiro na Primeira Presidência, dedicou o primeiro templo no país, o Templo de Buenos Aires Argentina. Presidente Henry B. Eyring, da Primeira Presidência, rededicou o amado edifício 26 anos depois.

O então Presidente Dieter F. Uchtdorf, da Primeira Presidência, presidiu a dedicação do segundo templo da Argentina — o Templo de Córdoba Argentina — em 17 de maio de 2015.

E há apenas algumas semanas, houve a abertura de terra do futuro Templo de Salta Argentina.

NEWSLETTER
Receba destaques do Church News entregues semanalmente na sua caixa de entrada grátis. Digite seu endereço de e-mail abaixo.

Milhões de registros adicionais de todos os continentes estarão disponíveis ao público este ano.

As novas lápides, adquiridas pela Ala Barrhead em parceria com os Family Community Support Services, preservarão permanentemente a memória dos pioneiros afrodescendentes em Campsie, estado de Alberta, Canadá. Os santos dos últimos dias locais começaram a restauração deste local em 1997, em homenagem ao Dia de Serviço do Legado Pioneiro.

O novo recurso Árvores de Grupo Familiar permite que parentes vivos adicionem fotos, registrem datas e realizem outras tarefas em árvores genealógicas compartilhadas

Estes novos presidentes e diretoras de templo foram chamados pela Primeira Presidência. Eles começarão seu serviço em setembro, ou quando os novos templos forem dedicados.

Durante a reunião sacramental para os membros do Coro e Orquestra do Tabernáculo durante sua turnê pelas Filipinas, Élder Neil L. Andersen falou sobre talentos e seu serviço no crescimento da Igreja.

US$ 10,4 milhões doados através das Máquinas de Doações em 61 locais, em sete países