Menu
Global

Primeira Presidência incentiva arte que demonstre reverência pelo Salvador em capelas

“Água Viva”, de Simon Dewey. Esta é uma das imagens encontradas no documento “Seleção aprovada de obras de arte no saguão” incluído na carta da Primeira Presidência datada de segunda-feira, dia 11 de maio. Crédito: Intellectual Reserve, Inc.
“Um por Um”, de Walter Rane. Crédito: Intellectual Reserve, Inc.
Imagens acima e abaixo mostram saguões de capelas dos santos dos últimos dias sem e com arte centralizada no Salvador para ilustrar como as mudanças sugeridas podem aumentar o foco em Jesus Cristo. Crédito: Intellectual Reserve, Inc.
“Worth of a Soul” [O Valor de uma Alma], de Liz Lemon Swindle. Crédito: Intellectual Reserve, Inc.
“Cristo e as Crianças do Livro de Mórmon”, de Del Parson. A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
“Cristo com Maria e Marta”, de Del Parson. Crédito: Intellectual Reserve, Inc.
“Jesus Enviou Estes Doze”, de Walter Rane. Crédito: Intellectual Reserve, Inc.

Conforme os líderes da Igreja se preparam para suspender as restrições temporárias para as reuniões de adoração semanais, a Primeira Presidência pediu que as capelas reflitam uma atitude de reverência ao Salvador Jesus Cristo.

“Foi autorizada a colocação de obras de arte representando Jesus Cristo no saguão e na entrada das capelas”, escreveu a Primeira Presidência em uma carta datada de segunda-feira, dia 11 de maio.

Esta tentativa faz parte dos esforços contínuos do Presidente Russell M. Nelson para colocar Jesus Cristo no centro de Sua Igreja.

O administrador de propriedades local é encorajado a entrar em contato com os presidentes de estaca para avaliar os saguões e as entradas da capela, e fazer as modificações necessárias.

“Cristo e as Crianças do Livro de Mórmon”, de Del Parson.
“Cristo e as Crianças do Livro de Mórmon”, de Del Parson. | A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Como estes espaços determinam a primeira impressão e os primeiros sentimentos que as pessoas têm quando entram em uma capela, a mobília e as obras de arte podem ajudar a criar uma atmosfera espiritual e reverente, de acordo com o documento “Princípios e diretrizes para saguões e entradas de capelas” anexado à carta.

Aqui estão cinco diretrizes para os saguões e as entradas:

  • Coloque no saguão e na entrada das capelas, obras de arte que representem o próprio Salvador ou o Salvador ministrando a outras pessoas. Examine as obras de arte existentes para garantir que estejam devidamente emolduradas, exibidas e em boas condições.
  • Transfira as demais obras de arte para outro local da capela ou remova-as completamente.
  • Selecione obras de arte para reposições, se necessário, dentre a seleção aprovada para saguões (incluída com a carta da Primeira Presidência) e siga os tamanhos e padrões de qualidade aprovados.
  • Examine as entradas e os saguões como parte de uma inspeção anual para avaliar a mobília, as obras de arte e os acabamentos existentes. Substitua e atualize conforme necessário, para manter um sentimento de reverência pelo Salvador.
  • Remova dos saguões distrações como displays, quadros de avisos, mesas, cavaletes e móveis danificados.

O documento de princípios e diretrizes também inclui uma lista de seleção aprovada de obras de arte para saguões. Antes de selecionar as obras de arte, deve-se considerar a disposição dos móveis próximos ou abaixo delas. As obras de arte não devem ser mais largas do que os móveis abaixo dela.

Imagens acima e abaixo mostram saguões de capelas dos santos dos últimos dias sem e com arte centralizada no Salvador para ilustrar como as mudanças sugeridas podem aumentar o foco em Jesus Cristo.
Imagens acima e abaixo mostram saguões de capelas dos santos dos últimos dias sem e com arte centralizada no Salvador para ilustrar como as mudanças sugeridas podem aumentar o foco em Jesus Cristo. | Crédito: Intellectual Reserve, Inc.

Como toda a mobília em um templo adiciona à atmosfera de paz e adoração, o mesmo princípio se aplica aos móveis nas capelas. A ordenança do sacramento é “um crescente reconhecimento sagrado da majestosa dádiva expiatória de Cristo a toda a humanidade”, disse o Élder Jeffrey R. Holland, do Quórum dos Doze Apóstolos, durante a Conferência Geral de Abril de 2019. As obras de arte nos saguões são um aspecto que pode ajudar a criar reverência em torno desta ordenança.

De acordo com as diretrizes, a reposição ou aquisição de obras de arte adicionais são financiadas e requisitadas pelo administrador de propriedades da Igreja. O orçamento da unidade local não deve ser usado para a aquisição de obras de arte para a capela.

NEWSLETTER
Receba destaques do Church News entregues semanalmente na sua caixa de entrada grátis. Digite seu endereço de e-mail abaixo.

O novo recurso Árvores de Grupo Familiar permite que parentes vivos adicionem fotos, registrem datas e realizem outras tarefas em árvores genealógicas compartilhadas

Estes novos presidentes e diretoras de templo foram chamados pela Primeira Presidência. Eles começarão seu serviço em setembro, ou quando os novos templos forem dedicados.

Durante a reunião sacramental para os membros do Coro e Orquestra do Tabernáculo durante sua turnê pelas Filipinas, Élder Neil L. Andersen falou sobre talentos e seu serviço no crescimento da Igreja.

US$ 10,4 milhões doados através das Máquinas de Doações em 61 locais, em sete países

Élder Gerrit W. Gong presidiu os primeiros devocionais para jovens adultos e jovens realizados no norte da Inglaterra por um Apóstolo, em 25 anos.