Menu

“Maravilhados, impressionados e gratos”: Presidente Dallin H. Oaks rededica o Templo de Mesa Arizona

President Dallin H. Oaks, first counselor in the First Presidency, and his wife, Sister Kristin M. Oaks, arrive at the Mesa Arizona Temple a day ahead of the rededication ceremony in Mesa, Arizona, on Saturday, Dec. 11, 2021. Crédito: Kristin Murphy, Deseret News
Elder Paul B. Pieper, General Authority Seventy and president of the Church's North America Southwest Area and Sister Melissa Pieper; Sister Susan L. Gong and Elder Gerrit W. Gong of the Quorum of the Twelve Apostles; President Dallin H. Oaks, first counselor in the First Presidency and Sister Kristin M. Oaks; and Sister Nancy Duncan and Elder Kevin R. Duncan, General Authority Seventy and executive director of the Church's Temple Department; pose for a photo outside of the Mesa Arizona Temple after the morning session of the rededication of the Mesa Arizona Temple in Mesa, Arizona, on Sunday, Dec. 12, 2021. Crédito: Kristin Murphy, Deseret News
President Dallin H. Oaks, first counselor in the First Presidency, and his wife, Sister Kristin M. Oaks look at a model of the Mesa Arizona Temple in the Mesa Arizona Temple Visitors Center in Mesa, Ariz., on Saturday, Dec. 11, 2021. Crédito: Kristin Murphy, Deseret News
President Dallin H. Oaks, first counselor in the First Presidency, Elder Gerrit W. Gong, of the Quorum of the Twelve Apostles, Sister Kristin M. Oaks, Sister Susan Gong, Sister Nancy Duncan and Elder Kevin R. Duncan, General Authority Seventy and executive director of the Church's Temple Department, walk to the Mesa Arizona Temple Visitors Center in Mesa, Ariz., on Saturday, Dec. 11, 2021. Crédito: Kristin Murphy, Deseret News
Elder Gerrit W. Gong of the Quorum of the Twelve Apostles and President Dallin H. Oaks, first counselor in the First Presidency, wave to Latter-day Saints outside the Mesa Arizona Temple following its first rededication session on Sunday, Dec. 12, 2021, in Mesa, Arizona. Crédito: Kristin Murphy, Deseret News
Sister Susan Gong and Elder Gerrit W. Gong, of the Quorum of the Twelve Apostles, talk to attendees between sessions of the rededication of the Mesa Arizona Temple in Mesa, Arizona, on Sunday, Dec. 12, 2021. Crédito: Kristin Murphy, Deseret News
Latter-day Saints line up to enter the rededication of the Mesa Arizona Temple in Mesa, Arizona, on Sunday morning, Dec. 12, 2021. Crédito: Kristin Murphy, Deseret News
Elder Paul B. Pieper, General Authority Seventy and president of the Church's North America Southwest Area, and Sister Melissa Pieper; Sister Susan L. Gong and Elder Gerrit W. Gong of the Quorum of the Twelve Apostles; President Dallin H. Oaks, first counselor in the First Presidency, and Sister Kristin M. Oaks; Sister Nancy Duncan and Elder Kevin R. Duncan, General Authority Seventy and executive director of the Church's Temple Department; pause for a photo outside of the Mesa Arizona Temple in Mesa, Ariz., on Saturday, Dec. 11, 2021. Crédito: Kristin Murphy, Deseret News
President Dallin H. Oaks, first counselor in the First Presidency, and his wife, Sister Kristin M. Oaks speak during an interview in the Mesa Arizona Temple Visitors Center in Mesa, Ariz., on Saturday, Dec. 11, 2021. Crédito: Kristin Murphy, Deseret News
Sister Nancy Duncan and Elder Kevin R. Duncan, General Authority Seventy and executive director of the Church's Temple Department, walk outside of the Mesa Arizona Temple after the rededication of the temple in Mesa, Ariz., on Sunday, Dec. 12, 2021. Crédito: Kristin Murphy, Deseret News
President Dallin H. Oaks, first counselor in the First Presidency, Sister Kristin M. Oaks, Sister Nancy Duncan and Elder Kevin R. Duncan, General Authority Seventy and executive director of the Church's Temple Department, walk to the Mesa Arizona Temple Visitors Center in Mesa, Ariz., on Saturday, Dec. 11, 2021. Crédito: Kristin Murphy, Deseret News
President Dallin H. Oaks, first counselor in the First Presidency, and his wife, Sister Kristin M. Oaks pose for a photo in the Mesa Arizona Temple Visitors Center in Mesa, Ariz., on Saturday, Dec. 11, 2021. Crédito: Kristin Murphy, Deseret News
President Dallin H. Oaks, first counselor in the First Presidency, waves as he leaves after the rededication of the Mesa Arizona Temple in Mesa, Ariz., on Sunday, Dec. 12, 2021. Crédito: Kristin Murphy, Deseret News
President Dallin H. Oaks, first counselor in the First Presidency, and his wife, Sister Kristin M. Oaks, walk outside of the Mesa Arizona Temple after the morning rededication session in Mesa, Arizona, on Sunday, Dec. 12, 2021. Crédito: Kristin Murphy, Deseret News
Crowds line up to enter the Mesa Arizona Temple for its rededication on Sunday, Dec. 12, 2021, in Mesa, Arizona. Crédito: Kristin Murphy, Deseret News
Crowds leave the rededication of the Mesa Arizona Temple in Mesa, Arizona, on Sunday, Dec. 12, 2021. Crédito: Kristin Murphy, Deseret News
Taylie Timmerman plays outside of the Mesa Arizona Temple after the rededication of the temple in Mesa, Ariz., on Sunday, Dec. 12, 2021. Crédito: Kristin Murphy, Deseret News
The Mesa Arizona Temple is pictured in Mesa, Arizona, on Sunday, Dec. 12, 2021. Crédito: Kristin Murphy, Deseret News
Howard Matthews talks with President Dallin H. Oaks, first counselor in the First Presidency, outside of the Mesa Arizona Temple between rededication sessions in Mesa, Ariz., on Sunday, Dec. 12, 2021. Crédito: Kristin Murphy, Deseret News

MESA, Arizona — Após três anos e meio de reformas, o Templo de Mesa Arizona foi novamente dedicado como uma Casa do Senhor.

Élder Paul B. Pieper, Setenta Autoridade Geral e presidente da Área América do Norte Sudoeste da Igreja e irmã Melissa Pieper; irmã Susan Gong e Élder Gerrit W. Gong, do Quórum dos Doze Apóstolos; Presidente Dallin H. Oaks, primeiro conselheiro na Primeira Presidência, e irmã Kristin M. Oaks; e a irmã Nancy Duncan e Élder Kevin R. Duncan, Setenta Autoridade Geral e diretor executivo do Departamento de Templos da Igreja, posam para uma foto do lado de fora do Templo de Mesa Arizona, após a sessã…
Élder Paul B. Pieper, Setenta Autoridade Geral e presidente da Área América do Norte Sudoeste da Igreja e irmã Melissa Pieper; irmã Susan Gong e Élder Gerrit W. Gong, do Quórum dos Doze Apóstolos; Presidente Dallin H. Oaks, primeiro conselheiro na Primeira Presidência, e irmã Kristin M. Oaks; e a irmã Nancy Duncan e Élder Kevin R. Duncan, Setenta Autoridade Geral e diretor executivo do Departamento de Templos da Igreja, posam para uma foto do lado de fora do Templo de Mesa Arizona, após a sessão da manhã da rededicação do Templo de Mesa Arizona em Mesa, Arizona, no domingo, 12 de dezembro de 2021. | Crédito: Kristin Murphy, Deseret News

“Estamos maravilhados, impressionados e gratos pelo que foi feito para manter a ancestralidade pioneira deste grande e tradicional templo e Casa do Senhor”, disse Presidente Dallin H. Oaks, primeiro conselheiro na Primeira Presidência de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

Presidente Oaks presidiu as três sessões de rededicação realizadas no domingo, dia 12 de dezembro, ofereceu a oração rededicatória e foi um dos muitos oradores do dia.

Uma mensagem inesperada de Presidente Nelson, Presidente da Igreja, foi transmitida durante a rededicação por meio de um vídeo pré-gravado. Apesar de não comparecer pessoalmente, Presidente Nelson pôde participar da dedicação desta forma única.

Presidente Oaks disse que as mudanças estruturais e tecnológicas feitas no templo são “essenciais para que a obra possa ser realizada no edifício sagrado por décadas.”

Élder Gerrit W. Gong, do Quórum dos Doze Apóstolos, disse que as cerimônias de dedicação dos templos marcam um fim e um começo – o fim de uma preparação importante com a própria dedicação, e o início de novas oportunidades de participarmos de ordenanças e convênios.

“A dedicação ou rededicação de um templo dá início a novas oportunidades de encontrarmos e servirmos os membros da família que estão à espera das ordenanças de salvação e exaltação”, disse ele. “E, à medida que o fazemos, nos concentramos em nosso Salvador e na bênção de Sua expiação, a qual é encontrada nessas ordenanças e convênios.”

Irmã Susan Gong e Élder Gerrit W. Gong, do Quórum dos Doze Apóstolos, falam aos participantes entre as sessões de rededicação do Templo de Mesa Arizona em Mesa, Arizona, no domingo, 12 de dezembro de 2021.
Irmã Susan Gong e Élder Gerrit W. Gong, do Quórum dos Doze Apóstolos, falam aos participantes entre as sessões de rededicação do Templo de Mesa Arizona em Mesa, Arizona, no domingo, 12 de dezembro de 2021. | Crédito: Kristin Murphy, Deseret News

Presidente Oaks e Élder Gong foram acompanhados por suas respectivas esposas, a irmã Kristin M. Oaks e a irmã Susan L. Gong, bem como Élder Paul B. Pieper, Setenta Autoridade Geral e presidente da Área América do Norte Sudoeste, e sua esposa, a irmã Melissa Pieper, e Élder Kevin R. Duncan, Setenta Autoridade Geral e diretor executivo do Departamento de Templos, e sua esposa, a irmã Nancy Duncan.

A irmã Gong disse que espera que as pessoas que frequentam o templo venham com a intuito de aprender o que Deus quer que aprendam, em vez de apenas buscarem uma resposta para suas próprias perguntas.

“Também é muito importante estarmos abertos para aquilo que Deus deseja que aprendamos”, disse ela. “Ele está tentando nos ensinar uma nova maneira de vermos o mundo, e isso requer humildade e foco para começarmos a compreender qual é essa visão para o mundo, para nossa vida e nosso propósito.”

Concentrem-se na pérola, não na concha

Presidente Oaks disse que ficou impressionado com o trabalho que foi feito para criar um lindo ambiente para as pessoas que adoram no templo, acrescentando que fornecer um belo contexto para o trabalho realizado em um templo desempenha um papel importante para aqueles que lá servem.

“Queremos que esse tipo de ambiente seja o mais belo possível”, disse ele. “As obras de arte, a arquitetura, os móveis e os murais — todos eles seguem um padrão muito alto.”

Howard Matthews, que mora em Payson, Arizona, conversa com Presidente Dallin H. Oaks, primeiro conselheiro na Primeira Presidência, fora do Templo de Mesa Arizona, entre as sessões de rededicação em Mesa, Arizona, no domingo, 12 de dezembro de 2021.
Howard Matthews, que mora em Payson, Arizona, conversa com Presidente Dallin H. Oaks, primeiro conselheiro na Primeira Presidência, fora do Templo de Mesa Arizona, entre as sessões de rededicação em Mesa, Arizona, no domingo, 12 de dezembro de 2021. | Crédito: Kristin Murphy, Deseret News

Para manter o estilo pioneiro da era da construção do templo, esforços foram feitos para replicar luminárias, trabalhos em madeira, maçanetas e outras partes do edifício.

“As cores são incrivelmente magníficas”, disse a irmã Oaks. “Mal posso esperar para voltar.”

Embora cada templo seja belo e construído com alto padrão de qualidade, Presidente Oaks reiterou que o propósito de frequentarmos esses edifícios sagrados é o de nos aproximarmos do Salvador por meio do serviço que é prestado lá.

“O templo não é apenas algo para ser visto”, disse Presidente Oaks, observando que o templo é algo para vivenciarmos e um lugar para prestarmos serviço significativo.

Força para o que está por vir

Presidente Oaks ensinou que a construção e o serviço no Templo de Nauvoo, realizado pelos primeiros membros da Igreja, os preparou para enfrentarem o desafio de atravessarem as planícies e chegarem ao Vale do Lago Salgado. Em seguida, ele comparou aquela época da Igreja com a atual.

Painéis em relevo, representando várias cenas dos santos dos últimos dias vistos no Templo de Mesa Arizona em Mesa, Arizona, no domingo, dia 12 de dezembro de 2021.
Painéis em relevo, representando várias cenas dos santos dos últimos dias vistos no Templo de Mesa Arizona em Mesa, Arizona, no domingo, dia 12 de dezembro de 2021. | Crédito: Kristin Murphy, Deseret News

“A construção de vários templos em todo o mundo provavelmente estará servindo o mesmo propósito, de preparar os filhos do convênio do Senhor com a força necessária para enfrentarem o que está por vir”, disse ele.

A irmã Oaks compartilhou que, com frequência, se sentia fortalecida quando frequentava o templo antes de se casar. Como ex-adulta solteira na Igreja [em inglês], a irmã Oaks disse que frequentava o templo para sentir o poder de Deus.

“Muitas vezes, nos sentimos muito solitários e desconectados”, disse ela. “Eu vinha ao templo para sentir o sacerdócio de Deus.”

Além de sentir o poder de Deus no templo, ela disse que também sente paz quando visita o edifício sagrado.

Élder Gerrit W. Gong, do Quórum dos Doze Apóstolos, e Presidente Dallin H. Oaks, primeiro conselheiro na Primeira Presidência, acenam para os santos dos últimos dias fora do Templo de Mesa Arizona após sua primeira sessão de rededicação no domingo, 12 de dezembro de 2021, em Mesa, Arizona.
Élder Gerrit W. Gong, do Quórum dos Doze Apóstolos, e Presidente Dallin H. Oaks, primeiro conselheiro na Primeira Presidência, acenam para os santos dos últimos dias fora do Templo de Mesa Arizona após sua primeira sessão de rededicação no domingo, 12 de dezembro de 2021, em Mesa, Arizona. | Crédito: Kristin Murphy, Deseret News

“O consolo, o conforto e o amor que sentimos lá, simplesmente não podem ser encontrados fora do templo”, disse ela. “Eles são únicos do templo.”

Os jovens que frequentam pela primeira vez também podem encontrar forças por meio do serviço no templo. Mas sua compreensão e seu desejo de servir ao Senhor nos templos devem ser precedidos pelo ensino em casa e na Igreja, disse Presidente Oaks.

“Espero que antes de virem ao templo, nossos jovens tenham a ajuda de seus pais e seus líderes para que possam enxergar o templo no contexto do plano do Pai Celestial — para que vejam o fim desde o início.”

Leia mais: Presidente Oaks e Élder Gong ensinam jovens na véspera da rededicação do Templo de Mesa Arizona

Ajudarmos as pessoas a compreenderem o templo as prepara para servirem de uma maneira melhor quando elas passam a frequentá-lo, disse ele.

Com este entendimento, elas verão a frequência ao templo, as ordenanças do templo e o serviço no templo no contexto do “plano de nosso Pai Celestial de proporcionar Suas mais seletas bênçãos a todos os Seus filhos”, disse Presidente Oaks. “Temos o privilégio de fazer parte dessa grande obra através da doutrina das ordenanças vicárias.”

Amizades eternas

Servir no templo com outras pessoas abre portas para criarmos amizades que durarão além desta vida.

Nascida na Jamaica, Ruth Shepard não conheceu a Igreja e o evangelho restaurado de Jesus Cristo até sua adolescência, quando morava no Arizona. Ela foi batizada em 1979 por um amigo que servia como missionário de estaca.

Doze anos mais tarde, Nathan Shepard se mudou para o Arizona, mas morava mais ao norte, em Prescott. Os dois foram selados no Templo de Mesa Arizona em 2006.

Nathan Shepard e Ruth Shepard sao entrevistados depois de uma sessão de rededicação do Templo de Mesa Arizona, no domingo 12 de dezembro de 2021.
Nathan Shepard e Ruth Shepard sao entrevistados depois de uma sessão de rededicação do Templo de Mesa Arizona, no domingo 12 de dezembro de 2021. | Crédito: Kristin Murphy, Deseret News

E o missionário de estaca que batizou Ruth? Ele selou os dois. Uma amizade eterna ajudando outro relacionamento a se tornar eterno. Tanto Nathan quanto Ruth Shepard são pioneiros da Igreja em suas famílias.

“Para nós, isso tem um impacto em ambos os sentidos”, disse Nathan Shepard nos jardins do templo, após uma das sessões de rededicação no domingo. “Estaremos deixando um legado para nossos progenitores e, somos os primeiros membros em nossas famílias, portanto, estamos tentando fazer com que ele seja o mais firme possível.”

Ruth Shepard continuou após Nathan. “E então, para nossos filhos — a esperança é que continuaremos a dar um exemplo que fará com que uma chama arda em sua alma.”

Como casal, Nathan e Ruth Shepard sentem que o Salvador os ajudou a superarem muitos desafios pessoais e familiares. “Saber que o Salvador está conosco, nos apoiando e, muitas vezes, nos carregando, simplesmente me torna mais forte”, disse Ruth Shepard.

Seu relacionamento com o Salvador, o relacionamento entre eles e suas amizades com outras pessoas são mais fortes por causa do tempo despendido no templo. E eles também incentivam todos as pessoas a passarem o máximo de tempo possível no templo.

“Continuem frequentando o templo”, disse Nathan Shepard. “Antes da pandemia de COVID-19, frequentávamos o templo semanalmente.”

Ruth Shepard entende que isso pode ser difícil. “Simplesmente temos que fazer com que isso se torne uma prioridade. Façam um compromisso. “Nunca estamos ocupados demais para irmos ao templo”, disse ela. “Isso é verdade”, repetiu Nathan Shepard imediatamente.

Templo de Mesa Arizona é retratado em Mesa, Arizona, no domingo, 12 de dezembro de 2021.
Templo de Mesa Arizona é retratado em Mesa, Arizona, no domingo, 12 de dezembro de 2021. | Crédito: Kristin Murphy, Deseret News

Rededicar mais do que um templo

O templo em Mesa é um dos poucos a serem rededicados duas vezes.

Os templos de Laie Havaí, Cardston Alberta, Cidade do México, Boise Idaho e Freiberg Alemanha estão entre os que foram rededicados duas vezes. Os templos de St. George Utah e Manti Utah também terão sua segunda rededicação em breve.

A rededicação de um templo proporciona uma experiência especial para aqueles que já haviam frequentado o edifício. A irmã Oaks disse que experiência das pessoas que estiveram em um templo como o de Mesa, antes de uma rededicação, é realmente comovente.

“Adoramos as rededicações porque as pessoas já estiveram aqui e vivenciaram milagres”, disse ela. “Este templo tem uma história para essas pessoas e, por isso, elas se sentem muito emocionalmente vinculadas ao local antes de entrarem.”

Presidente Oaks disse que o templo e seu propósito ajudam os santos dos últimos dias a se dedicarem uns aos outros como parte de uma família eterna.

Presidente Dallin H. Oaks, primeiro conselheiro na Primeira Presidência, acena ao partir após a rededicação do Templo de Mesa Arizona em Mesa, Arizona, no domingo, 12 de dezembro de 2021.
Presidente Dallin H. Oaks, primeiro conselheiro na Primeira Presidência, acena ao partir após a rededicação do Templo de Mesa Arizona em Mesa, Arizona, no domingo, 12 de dezembro de 2021. | Crédito: Kristin Murphy, Deseret News

“O templo fala a nós, em contraste ao individualismo da época”, disse ele. “Ele fala a nós por meio de suas cerimônias e seus convênios, em termos das responsabilidades que temos uns para com os outros e como nos encaixamos no plano do Pai Celestial, como parte de Sua família e de Sua cultura.”

Os dois grandes mandamentos de amar a Deus e de amar ao próximo ajudam Seus seguidores a compreenderem e se sentirem à vontade ao fazerem parte de “Sua família e Sua cultura”.

“Ele nos criou para nos associarmos uns com os outros, para servirmos uns aos outros e para sermos criados por famílias, e não individualmente”, disse Presidente Oaks.

NEWSLETTER
Receba destaques do Church News entregues semanalmente na sua caixa de entrada grátis. Digite seu endereço de e-mail abaixo.

Com sua habilidade de entrar em lugares que outros não conseguiam, Marcos ganhou o carinhoso apelido de la Pulga, espanhol para ‘A Pulga’. Sua história é a de se estar no lugar certo na hora certa, observa Lloyd Newell em “Música e Palavras de Inspiração” desta semana com o Coro do Tabernáculo na Praça do Templo.

Professores podem agora registrar a frequência às aulas por meio do aplicativo Ferramentas do Membro.

Estes novos presidentes de missão e respectivas companheiras foram chamados a servir pela Primeira Presidência. Eles começarão seu serviço em julho.

A turnê do Coro do Tabernáculo pelas Filipinas começa com jovens apresentando danças tradicionais. Esta é a segunda parada da turnê “Hope” e a primeira vez do coro nas Filipinas.

Neste vídeo do Church News, “O êxodo de Nauvoo”, líderes e membros na histórica Nauvoo, Illinois, homenagearam os primeiros membros da Igreja, enquanto caminhavam cerca de dois quilômetro pela Parley Street, indo até o rio Mississippi.

Membro da Igreja no Alabama, Mary Helen Allred se sente feliz por poder usar o ServirAgora para continuar um legado de serviço