Menu

Criadores de arte: mensagem universal de que o amor redentor de Cristo está ao alcance de todos

“Within Our Grasp” [Ao nosso alcance], de Jay Bryant Ward. Culley Davis
Culley Davis, à esquerda, encomendou uma pintura recente de Cristo chamada “Within Our Grasp” [Ao nosso alcance], do artista Jay Bryant Ward. Os dois são fotografados em South Jordan, Utah, na quarta-feira, 31 de março de 2021. Crédito: Jeffrey D. Allred, Deseret News
Nesta sequência de três imagens de um videoclipe, o artista Jay Bryant Ward trabalha em uma peça intitulada “Within Our Grasp” [Ao nosso alcance]. O vídeo que mostra a criação da pintura fez parte do devocional missionário de Élder Dieter F. Uchtdorf, em Crédito: Culley Davis
O artista Jay Bryant Ward trabalha em uma peça intitulada “Within Our Grasp” [Ao nosso alcance]. Um vídeo que mostra a criação da pintura fez parte do devocional missionário de Élder Dieter F. Uchtdorf, em 25 de fevereiro de 2021. Crédito: Culley Davis
O artista Jay Bryant Ward trabalha em uma peça intitulada “Within Our Grasp” [Ao nosso alcance]. Um vídeo que mostra a criação da pintura fez parte do devocional missionário de Élder Dieter F. Uchtdorf, em 25 de fevereiro de 2021. Crédito: Culley Davis
O artista Jay Bryant Ward trabalha em uma peça intitulada “Within Our Grasp” [Ao nosso alcance]. Um vídeo que mostra a criação da pintura fez parte do devocional missionário de Élder Dieter F. Uchtdorf, em 25 de fevereiro de 2021. Crédito: Culley Davis
Culley Davis fala sobre seus esforços em projetos de livros e filmes sem fins lucrativos que levaram à pintura de “Within Our Grasp” [Ao nosso alcance]. Ele fala de sua casa em South Jordan, Utah, na quarta-feira, 31 de março de 2021. Crédito: Jeffrey D. Allred, Deseret News
Culley Davis fala sobre seus esforços em projetos de livros e filmes sem fins lucrativos que levaram à pintura de “Within Our Grasp” [Ao nosso alcance]. Ele fala de sua casa em South Jordan, Utah, na quarta-feira, 31 de março de 2021. Crédito: Jeffrey D. Allred, Deseret News
O artista Jay Bryant Ward fala sobre sua recente pintura de Cristo chamada “Within Our Grasp” [Ao nosso alcance] em South Jordan, Utah, na quarta-feira, 31 de março de 2021. Crédito: Jeffrey D. Allred, Deseret News
“Grace of God” [Graça de Deus], de Jay Bryant Ward. Crédito: Jay Bryant Ward
Culley Davis, à direita, encomendou uma pintura recente de Cristo chamada “Within Our Grasp” [Ao nosso alcance], do artista Jay Bryant Ward. Os dois se encontraram na residência de Davis em South Jordan, Utah, na quarta-feira, 31 de março de 2021, com rep Crédito: Jeffrey D. Allred, Deseret News

Culley Davis se lembra de andar de bicicleta nas estradas secundárias a oeste do Lago Utah em um sábado, quatro anos atrás, refletindo sobre como seria uma ilustração em destaque para projetos planejados com foco na Expiação de Jesus Cristo e na vida e ensinamentos do Salvador.

A esperança: uma imagem que cria uma impressão do Salvador e Seu amor profundo e duradouro oferecida a cada indivíduo, e uma ilustração pessoal e convidativa. Ele havia contratado o artista Jay Bryant Ward, de Utah, e os dois estavam ajustando os títulos dos projetos e se afastando das imagens de dor e sofrimento da Crucificação.

De repente veio à mente, e ele visualizou uma imagem da mão estendida do Salvador e outra mão estendendo-se para agarrar a Dele. “A imagem era clara e poderosa — esse sou eu, é todo mundo”, lembrou ele do ponto de vista implícito. “Tive que parar e descer da bicicleta. Eu caí de joelhos na beira da estrada e apenas chorei. Levei cinco, seis minutos para me recompor.”

Com essa imagem em mente, Davis e Ward trabalharam juntos para produzir uma “pintura” digital chamada “Within Our Grasp” [Ao nosso alcance]. A peça foi usada em ambientes santos dos últimos dias e por entidades de outras religiões; tem sido exibida como um lembrete de esperança e cura, tanto em uma prisão como ao lado do leito dos acamados com enfermidades físicas.

Culley Davis, à esquerda, encomendou uma pintura recente de Cristo chamada “Within Our Grasp” [Ao nosso alcance], do artista Jay Bryant Ward. Os dois são fotografados em South Jordan, Utah, na quarta-feira, 31 de março de 2021.
Culley Davis, à esquerda, encomendou uma pintura recente de Cristo chamada “Within Our Grasp” [Ao nosso alcance], do artista Jay Bryant Ward. Os dois são fotografados em South Jordan, Utah, na quarta-feira, 31 de março de 2021. | Crédito: Jeffrey D. Allred, Deseret News

A mensagem é universal — que o amor redentor de Cristo está ao alcance de qualquer pessoa. “Não importa nossos pecados e erros, eles não podem nos empurrar para fora do alcance do poder do Salvador para nos mudar, redimir, limpar e santificar”, disse Culley. “O que Cristo nos oferece é de graça — se apenas tomarmos Sua mão e O seguirmos.”

A ilustração digital original levou vários meses para ser produzida, com Ward usando a fotografia para compor e mover os elementos visuais, e o Photoshop para produzir a imagem final, semelhante a uma pintura. Os usos até agora variam de uma ilustração de página inteira que acompanha um artigo do presidente Russell M. Nelson na revista Ensign de abril de 2020 a uma exibição de uma semana em uma estação de televisão cristã na Romênia, no início deste ano.

Davis e Ward mais tarde colaboraram em uma pintura tradicional de “Within Our Grasp”, bem como em um vídeo de dois minutos mostrando Ward em diferentes estágios de pintura da peça. “Eu tinha a imagem digital para olhar e queria fazer algumas melhorias e refinamentos”, disse Ward sobre a versão tradicional.

No mesmo fim de semana em que o vídeo foi concluído, Élder Dieter F. Uchtdorf, do Quórum dos Doze Apóstolos — que ouviu falar da pintura por meio de um amigo em comum — pediu para usar a imagem e o vídeo na transmissão de um devocional missionário que iria gravar na segunda-feira seguinte. Posteriormente, Élder Uchtdorf adicionou em um post no Facebook o vídeo da criação da pintura tradicional.

Nesta sequência de três imagens de um videoclipe, o artista Jay Bryant Ward trabalha em uma peça intitulada “Within Our Grasp” [Ao nosso alcance]. O vídeo que mostra a criação da pintura fez parte do devocional missionário de Élder Dieter F. Uchtdorf, em 25 de fevereiro de 2021.
Nesta sequência de três imagens de um videoclipe, o artista Jay Bryant Ward trabalha em uma peça intitulada “Within Our Grasp” [Ao nosso alcance]. O vídeo que mostra a criação da pintura fez parte do devocional missionário de Élder Dieter F. Uchtdorf, em 25 de fevereiro de 2021. | Crédito: Culley Davis

Davis embalou uma reimpressão em tela para levar consigo para a Prisão Estadual de Utah em Draper, Utah. Ele a usa em suas aulas de Doutrina do Evangelho, tendo sido voluntário lá por vários anos, e distribui pequenos cartões e marcadores com a imagem para os presidiários.

“Tive homens em minha classe de 85 a 19 anos”, disse Davis. “Foi quando eu vi a Expiação de Jesus Cristo com todo o poder.”

Os dois homens têm ampla experiência em negócios e empreendedorismo — Davis em marketing, patentes e abertura de capital de várias empresas, e Ward inventou um novo tipo de estrutura, além de seu trabalho de arte e instrução artística. Mas o ganho financeiro não é a motivação por trás de “Within Our Grasp”.

Em vez disso, a peça é a ilustração da capa de um livro e um elemento visual em destaque para um filme sem fins lucrativos sobre a Expiação e o ministério do Salvador, todos com o mesmo nome, “Within Our Grasp”. Os rendimentos do livro e as vendas públicas das reproduções das pinturas ajudarão a financiar o filme, uma compilação de 23 cenas da vida de Cristo, com cada cena abrindo com uma ilustração semelhante à atual.

“Isso não é para ganhar dinheiro — é um projeto de paixão pelo Senhor. Este é o projeto da paixão de Culley”, disse Ward sobre Davis, que foi fundamental na arrecadação de fundos para o projeto de restauração da Igreja em Kirtland, Ohio, duas décadas atrás.

Ward disse que “é um equilíbrio delicado” de usar os talentos profissionais de alguém e produzir materiais que ressoam com os da fé dos santos dos últimos dias — permanecer “fiel ao meu testemunho”, embora não seja visto como alguém que tenta tirar vantagem financeira do mercado.

“Cada uma das minhas pinturas me ensinou uma lição na minha vida.”

Ele dá as boas-vindas ao fluxo de artistas santos dos últimos dias, pois havia apenas três ou quatro nomes proeminentes no mercado quando ele começou profissionalmente, com dezenas agora fornecendo uma ampla gama de “belas, belas obras de arte (…) uma celebração da obra do Senhor.”

Um desafio que admitiu, é tentar retratar Cristo — e outros — sem saber a aparência do Salvador. “Within Our Grasp” não mostra muito de Cristo além de uma mão e um pulso, mas ele fez outros trabalhos com representações faciais e semelhantes.

“Grace of God” [Graça de Deus], de Jay Bryant Ward.
“Grace of God” [Graça de Deus], de Jay Bryant Ward. | Crédito: Jay Bryant Ward

Ward uma vez perguntou ao seu pai: “O que vou fazer quando O encontrar e Ele não se parecer nada como O que eu pintei?”

Seu pai respondeu: “Bem, você costumava fazer desenhos meus quando era pequeno, e eu não gostava muito do que você fazia. Mas, na verdade, eu realmente gostava. Você acha que realmente vai se sentir desapontado e, como o Senhor vai se sentir quando você passou sua vida tentando trazer reverência, para emular a terna misericórdia por Seus filhos de diferentes maneiras?”

Davis disse que a mensagem da pintura de Ward — e a imagem que ele imaginou pela primeira vez — é que “o maior atributo que Jesus Cristo possui é o amor perfeito. Ele é o epítome da misericórdia, compaixão, ternura e bondade.”

NEWSLETTER
Receba destaques do Church News entregues semanalmente na sua caixa de entrada grátis. Digite seu endereço de e-mail abaixo.