Menu

Templo de Phnom Penh Camboja, uma bênção pela qual Presidente Hinckley orou no sudeste asiático

Líderes e membros da Igreja participam da cerimônia de abertura de terra do Templo de Phnom Penh Camboja no dia 18 de setembro de 2021. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
Uma ilustração do exterior do Templo de Phnom Penh Camboja. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
Presidente Veasna Kuonno Neang da Missão Camboja Phnom Penh preside a cerimônia de abertura de terra do Templo de Phnom Penh Camboja no dia 18 de setembro de 2021. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
A irmã Yos Srey Nouch, uma jovem adulta solteira da ala Stung Meanchey 2 no Camboja, compartilhou seu testemunho na cerimônia de abertura de terra do Templo de Phnom Penh Camboja no dia 18 de setembro de 2021. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
Participantes acenam durante a cerimônia de abertura de terra do Templo de Phnom Penh Camboja no dia 18 de setembro de 2021. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
Da esquerda para a direita: Ul Phorn, Presidente da Estaca Phnom Penh Sul; Vichit Ith, Coordenador da Cerimônia de Abertura de Terra do Templo; Eng Bunhouch, Presidente da Estaca Phnom Penh Norte; e Neang Kuonno Veasna, Presidente da Missão Camboja Phnom Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
Presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, mostra uma ilustração do exterior do Templo de Phnom Penh Camboja durante um devocional em Phnom Penh, Camboja, no dia 19 de novembro de 2019. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
Localização do Templo de Phnom Penh Camboja.

Bunhouch Eng, presidente da estaca Phnom Penh Norte, estava entre os quase 450 indivíduos presentes em 1996, quando Presidente Gordon B. Hinckley dedicou o Camboja para o trabalho missionário. Apenas a metade dos participantes eram santos dos últimos dias. 

Ele falou sobre como um pequeno grupo de membros poderia se tornar uma grande multidão de conversos à Igreja, “com centenas, milhares e dezenas de milhares com o passar dos anos”, recordou presidente Eng. 

“Sinto que a construção de um templo neste local é outro exemplo das bênçãos do Senhor pelas quais Presidente Hinckley orou.” 

Atualmente, o país no Sudeste Asiático abriga mais de 15 mil santos dos últimos dias — e em breve, um novo templo. A abertura de terra do Templo de Phnom Penh Camboja foi realizada no sábado, dia 18 de setembro, conforme relatado pela Sala de Imprensa [artigo em inglês]. 

Uma ilustração do exterior do Templo de Phnom Penh Camboja.
Uma ilustração do exterior do Templo de Phnom Penh Camboja. | Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

“Estou muito animado”, disse presidente Eng durante a cerimônia de abertura de terra. “Sei que não somos os únicos que estão animados, mas muitos de nossos antepassados estão assistindo, se alegrando e se entusiasmando conosco a respeito desta obra sagrada, porque anseiam pela salvação de suas almas.”

Presidente Veasna Kuonno Neang, da Missão Camboja Phnom Penh, presidiu o evento e ofereceu a oração dedicatória. 

“Este é um dia no qual o céu está sorrindo para nós”, disse presidente Neang. “Este é um dia de luz e alegria. A luz de Cristo brilhará aqui quando a construção do templo estiver concluída. …

“Hoje, o alicerce de um templo sagrado de Deus começará a ser erguido, representando a fidelidade, o amor e a alegria dos santos no Camboja. Sabemos que, quando frequentamos o templo, podemos nos sentir mais próximos do Senhor Jesus Cristo. Será uma grande bênção frequentarmos o templo sempre que possível.”

Embora a participação tenha sido limitada devido à pandemia de COVID-19, membros e amigos em todo o Camboja e países vizinhos assistiram à abertura de terra por transmissão on-line. Os santos dos últimos dias no Camboja tinham que viajar para Hong Kong ou para as Filipinas para frequentar um templo. 

Da esquerda para a direita: Ul Phorn, Presidente da Estaca Phnom Penh Sul; Vichit Ith, Coordenador da Cerimônia de Abertura de Terra do Templo; Eng Bunhouch, Presidente da Estaca Phnom Penh Norte; e Neang Kuonno Veasna, Presidente da Missão Camboja Phnom Penh, na abertura de terra realizada no dia 18 de setembro de 2021.
Da esquerda para a direita: Ul Phorn, Presidente da Estaca Phnom Penh Sul; Vichit Ith, Coordenador da Cerimônia de Abertura de Terra do Templo; Eng Bunhouch, Presidente da Estaca Phnom Penh Norte; e Neang Kuonno Veasna, Presidente da Missão Camboja Phnom Penh, na abertura de terra realizada no dia 18 de setembro de 2021. | Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

O templo de um andar, de aproximadamente 929 m2, será construído em um terreno de 128 hectares, localizado na rua Russian Confederation, entre o Instituto de Tecnologia do Camboja e o Instituto de Línguas Estrangeiras, próximo à Universidade Real de Phnom Penh. Um prédio complementar também será construído no local.

Além do presidente Neang e presidente Eng, os discursantes durante a cerimônia de abertura de terra incluíram a irmã Hong Channy e a irmã Yos Srey Nouch, que expressaram entusiasmo por um templo em seu país e gratidão pela restauração do evangelho de Jesus Cristo. 

Presidente Neang encorajou todos os santos dos últimos dias no Camboja a obterem uma recomendação para o templo e, mais importante ainda, a viverem uma vida digna, a qual os qualificará para entrarem na casa do Senhor.

Na oração dedicatória, ele orou para que o templo fosse “um farol de luz e esperança”, e que Deus santificasse o local e o protegesse, “para que pudesse ser protegido e abençoado para permanecer um ambiente e alicerce totalmente adequados para uma casa sagrada do Senhor.”

A irmã Yos Srey Nouch, uma jovem adulta solteira da ala Stung Meanchey 2 no Camboja, compartilhou seu testemunho na cerimônia de abertura de terra do Templo de Phnom Penh Camboja no dia 18 de setembro de 2021.
A irmã Yos Srey Nouch, uma jovem adulta solteira da ala Stung Meanchey 2 no Camboja, compartilhou seu testemunho na cerimônia de abertura de terra do Templo de Phnom Penh Camboja no dia 18 de setembro de 2021. | Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Presidente Russell M. Nelson anunciou um templo para a capital do Camboja no dia 7 de outubro de 2018, um dos 12 locais para templos identificados por ele durante a conferência geral de outubro de 2018. Ele revelou a ilustração do exterior do Templo de Phnom Penh Camboja e anunciou seu local 13 meses mais tarde, durante uma visita de ministração no dia 19 de novembro de 2019. 

Milhares de santos dos últimos dias ficaram em silêncio enquanto o Presidente da Igreja apresentava a ilustração. O silêncio, no entanto, foi rapidamente substituído por uma onda de alegria que tomou conta do Premier Centre Sen Sok, um salão de exposições e centro de recepção em Phnom Penh.

“É assim que vai ser — não é lindo?” perguntou Presidente Nelson, reconhecendo o trabalho sagrado realizado em um templo antes de acrescentar as seguintes palavras: “A preparação para o templo é um trabalho sagrado.”

O edifício sagrado é uma prova de que “Deus conhece e ama” os membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias no Camboja, disse ele.

NEWSLETTER
Receba destaques do Church News entregues semanalmente na sua caixa de entrada grátis. Digite seu endereço de e-mail abaixo.

Milhões de registros adicionais de todos os continentes estarão disponíveis ao público este ano.

As novas lápides, adquiridas pela Ala Barrhead em parceria com os Family Community Support Services, preservarão permanentemente a memória dos pioneiros afrodescendentes em Campsie, estado de Alberta, Canadá. Os santos dos últimos dias locais começaram a restauração deste local em 1997, em homenagem ao Dia de Serviço do Legado Pioneiro.

O novo recurso Árvores de Grupo Familiar permite que parentes vivos adicionem fotos, registrem datas e realizem outras tarefas em árvores genealógicas compartilhadas

Estes novos presidentes e diretoras de templo foram chamados pela Primeira Presidência. Eles começarão seu serviço em setembro, ou quando os novos templos forem dedicados.

Durante a reunião sacramental para os membros do Coro e Orquestra do Tabernáculo durante sua turnê pelas Filipinas, Élder Neil L. Andersen falou sobre talentos e seu serviço no crescimento da Igreja.

US$ 10,4 milhões doados através das Máquinas de Doações em 61 locais, em sete países