Menu

Renovações do Templo de Salt Lake e da Praça do Templo, compartilhadas pelos supervisores do projeto

President Russell M. Nelson of The Church of Jesus Christ of Latter-day Saints tours the Salt Lake Utah Temple in Salt Lake City on Saturday, May 22, 2021. Crédito: Jeffrey D. Allred, Deseret News
President Russell M. Nelson of The Church of Jesus Christ of Latter-day Saints speaks during a press conference in Salt Lake City on Friday, April 19, 2019 about renovations to the Salt Lake Temple and grounds. Crédito: Jeffrey D. Allred
Brent Roberts, Church of Jesus Christ of Latter-day Saints Special Projects Department managing director, talks about upcoming Salt Lake Temple renovations during a press conference at the Temple Square South Visitors Center in Salt Lake City on Wednesday, Dec. 4, 2019. Crédito: Kristin Murphy, Deseret News
Andy Kirby, Church of Jesus Christ of Latter-day Saints Special Projects Department director of historic temple renovations, shows a rendition of what the Salt Lake Temple world room will look like after future restorations, at the Temple Square South Visitors Center in Salt Lake City on Wednesday, Dec. 4, 2019. Crédito: Kristin Murphy, Deseret News
O Templo de Salt Lake, quase concluído, com uma grande multidão reunida para a cerimônia de assentamento da pedra angular. O templo foi dedicado em abril de 1893. Cortesia da Biblioteca da História da Igreja
Uma ilustração do sistema de isolamento da base do Templo de Salt Lake. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
O Centro de Visitantes Sul da Praça do Templo e partes da parede sul da praça estão sendo demolidos para dar às equipes de construção, espaço para escavarem ao redor do Templo de Salt Lake e uma grande reforma seja realizada, na sexta-feira, dia 17 de jan Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
A view of the Salt Lake Temple from the tunnel underneath North Temple street that will eventually connect the Conference Center parking lot to the temple, Salt Lake City, June 2021. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
Crew members pair existing steel trusses, which are painted in yellow, side by side with new trusses as part of the seismic design of the Salt Lake Temple, Salt Lake City, June 2021 Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
Crews remove the capstone after the Angel Moroni statue is removed from atop the Salt Lake Temple of The Church of Jesus Christ of Latter-day Saints during renovation in Salt Lake City on Monday, May 18, 2020. Crédito: Jeffrey D. Allred, Deseret News
Trabalhadores da Jacobsen Construction removem a estátua do Anjo Morôni do topo do Templo de Salt Lake de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, em Salt Lake City, na segunda-feira, dia 18 de maio de 2020. Atualmente, o templo está em refor Crédito: Scott Abbott, Deseret News
Presidente Russell M. Nelson de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias visita o Templo de Salt Lake em Salt Lake City no sábado, dia 22 de maio de 2021.
President Russell M. Nelson of The Church of Jesus Christ of Latter-day Saints tours the Salt Lake Utah Temple in Salt Lake City on Saturday, May 22, 2021. Crédito: Jeffrey D. Allred, Deseret News
President Russell M. Nelson, president of The Church of Jesus Christ of Latter-day Saints, and his wife Sister Wendy Nelson tour the renovation work at the Salt Lake Temple in Salt Lake City on Saturday, May 22, 2021. Crédito: Jeffrey D. Allred, Deseret News
A construção da década de 1960 de uma sala de selamento adicional, capela e entrada norte são demolidas como parte da atualização sísmica do Templo de Salt Lake. A sala de selamento adicional será reconstruída assim que as atualizações forem concluídas. P Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
A área onde a segunda grande concretagem foi concluída como parte do projeto de reforma da Praça do Templo, em Salt Lake City, Utah, janeiro de 2022. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
Demolição do Centro de Visitantes Norte na Praça do Templo, em 21 de dezembro de 2021. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
Pouco restou do Centro de Visitantes Norte após sua demolição durante o projeto de reforma da Praça do Templo, em Salt Lake City, Utah, janeiro de 2022. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
O processo de remoção e catalogação de pedras para reparo e restauração das torres e paredes do lado leste do templo é visto a partir do Joseph Smith Memorial Building, no centro de Salt Lake City, em dezembro de 2021. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
Uma vista aérea da praça do Edifício de Escritórios da Igreja, a leste do Templo de Salt Lake, onde uma fonte foi removida, o concreto substituído e iniciada a instalação de áreas de jardim e exibição de bandeiras. Foto tirada em Salt Lake City, em novemb Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
Equipes removem a pedra angular, depois da estátua do Anjo Morôni ser removida do topo do Templo de Salt Lake de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias durante a reforma, em Salt Lake City, na segunda-feira, dia 18 de maio de 2020. Crédito: Jeffrey D. Allred, Deseret News
Uma representação de um dos dois batistérios que serão construídos durante a reforma do Templo de Salt Lake. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
Uma representação da sala celestial na reforma do Templo de Salt Lake. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
Uma representação da sala de investiduras na reforma do Templo de Salt Lake. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
Uma representação de uma sala de selamentos na reforma do Templo de Salt Lake. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
Uma representação de um dos dois batistérios que serão construídos durante a reforma do Templo de Salt Lake. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
Presidente Russell M. Nelson, no centro, e seus conselheiros, Presidente Dallin H. Oaks e Presidente Henry B. Eyring, analisam os itens removidos da cápsula do tempo do Templo de Salt Lake em Salt Lake City na quarta-feira, dia 20 de maio de 2020. Crédito: Jeffrey D. Allred, Deseret News
Uma representação artística da renovada sala do jardim no Templo de Salt Lake, dezembro de 2019. Crédito: Intellectual Reserve, Inc.
Uma representação artística da renovada sala da criação no Templo de Salt Lake, dezembro de 2019. Crédito: Intellectual Reserve, Inc.
Uma representação artística do renovado corredor inferior do Templo de Salt Lake, dezembro de 2019. Crédito: Intellectual Reserve, Inc.
Uma representação artística da renovada sala do mundo no Templo de Salt Lake, dezembro de 2019. Crédito: Intellectual Reserve, Inc.
A Praça do Templo e o centro de Salt Lake City são fotografados na quinta-feira, 18 de abril de 2019. Crédito: Steve Griffin, Deseret News

Durante a construção do Templo de Salt Lake na segunda metade do século XIX, Presidente Brigham Young disse: “Quero ver o templo construído de uma maneira que ele perdure por todo o milênio.”

Presidente Russell M. Nelson de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias fala sobre os planos de renovação para o Templo de Salt Lake e a Praça do Templo durante uma coletiva de imprensa em Salt Lake City na sexta-feira, dia 19 de abril de 2019.
Presidente Russell M. Nelson de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias fala sobre os planos de renovação para o Templo de Salt Lake e a Praça do Templo durante uma coletiva de imprensa em Salt Lake City na sexta-feira, dia 19 de abril de 2019. | Crédito: Jeffrey D. Allred

Essa meta para a duração foi novamente enfatizada pelo Presidente Russell M. Nelson. Brent Roberts, diretor administrativo do Departamento de Projetos Especiais da Igreja, se recorda do encargo dado quando Presidente Nelson anunciou a renovação do Templo de Salt Lake [em inglês] e de grande parte da Praça do Templo em 2019.

“Ele falou sobre (como) este projeto irá melhorar, atualizar e embelezar o templo e seus arredores, substituir sistemas obsoletos e lidar com questões sísmicas e de segurança”, disse Roberts, com o profeta também destacando melhorias nas experiências e na acessibilidade das pessoas que frequentam este edifício sagrado.

“Do ponto de vista de um trabalhador da construção civil e de um indivíduo que é responsável por isso, é realmente uma oportunidade para substituirmos sistemas mecânicos, elétricos e de encanamento ultrapassados, bem como protegê-los até o Milênio, como ele havia dito antes. Presidente Nelson sempre deixou claro que este é um projeto para o Milênio e para algo com que possamos prosseguir no futuro.”

Roberts e Andy Kirby, diretor de renovações de templos históricos, se reuniram com o Church News para um podcast [em inglês], em um episódio da terça-feira, dia 15 de fevereiro, que forneceu uma atualização e uma perspectiva sobre o projeto de renovação da Praça do Templo, que começou em 2020 e deve ser concluído em 2025.

O Templo de Salt Lake, quase concluído, com uma grande multidão reunida para a cerimônia de assentamento da pedra angular. O templo foi dedicado em abril de 1893.
O Templo de Salt Lake, quase concluído, com uma grande multidão reunida para a cerimônia de assentamento da pedra angular. O templo foi dedicado em abril de 1893. | Cortesia da Biblioteca da História da Igreja

Episódio 70: A magnitude do projeto de renovação do Templo de Salt Lake, com Brent Roberts e Andy Kirby [em inglês]

Renovando o templo e muito mais

Desde seus alicerces de granito até seus pináculos celestiais, o histórico Templo de Salt Lake é um marco e um ícone para A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Após um período de construção de quatro décadas, o templo foi dedicado em 1893. Agora, mais de 125 anos depois, o edifício estará fechado por cinco anos para uma extensa renovação, a qual inclui a construção de uma estrutura adicional e atualização sísmica.

O templo é apenas uma parte do grande projeto de renovação no centro de Salt Lake City. Os dois centros de visitantes adjacentes ao templo — o norte e o sul — foram demolidos, e apenas um deles será reconstruído.

O Centro de Visitantes Sul da Praça do Templo e partes da parede sul da praça estão sendo demolidos para dar às equipes de construção, espaço para escavarem ao redor do Templo de Salt Lake e uma grande reforma seja realizada, na sexta-feira, dia 17 de janeiro de 2020.
O Centro de Visitantes Sul da Praça do Templo e partes da parede sul da praça estão sendo demolidos para dar às equipes de construção, espaço para escavarem ao redor do Templo de Salt Lake e uma grande reforma seja realizada, na sexta-feira, dia 17 de janeiro de 2020. | Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Grande parte do espaço anteriormente ocupado pelo Centro de Visitantes Norte será destinado a áreas verdes e jardins. Além disso, a praça do Edifício dos Escritórios da Igreja está sendo reparada, impermeabilizada e revitalizada, incluindo novas áreas verdes.

Além das mudanças estruturais, o projeto melhorará a acessibilidade dos visitantes — tanto na linguagem quanto na mobilidade, com a substituição de escadas e rampas por elevadores e pisos nivelados. Um túnel que vai da área de estacionamento do Centro de Conferências [em inglês] permitirá que as pessoas acessem o templo com mais facilidade.

Aniversário de dois anos e realizações

Recentemente, o projeto completou seu aniversário de dois anos, com grande parte desse tempo sendo usado para desativar o templo, incluindo a remoção de móveis, luzes e carpetes, bem como a preparação e a conclusão da grande escavação de 20 metros de profundidade no lado norte do templo, onde uma estrutura adicional de três andares será construída.

A construção da década de 1960 de uma sala de selamento adicional, capela e entrada norte são demolidas como parte da atualização sísmica do Templo de Salt Lake. A sala de selamento adicional será reconstruída assim que as atualizações forem concluídas. Projeto de renovação do Templo de Salt Lake, julho de 2020.
A construção da década de 1960 de uma sala de selamento adicional, capela e entrada norte são demolidas como parte da atualização sísmica do Templo de Salt Lake. A sala de selamento adicional será reconstruída assim que as atualizações forem concluídas. Projeto de renovação do Templo de Salt Lake, julho de 2020. | Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

“Tivemos que remover a estrutura original que foi construída na década de 1960 e escavar mais nove metros”, disse Kirby. “Estávamos perfurando solos que nunca haviam sido escavados ao redor do local do templo.”

De certa forma, os dois primeiros anos do projeto foram dedicados à preparação para a nova construção, que está agora começando, disse ele.

O trabalho agora está concentrado na construção das fundações e do alicerce da nova estrutura adicional do templo, e no reforço sísmico de seu alicerce. “Podemos ver o que os pioneiros construíram na década de 1850”, disse Kirby, “e é algo especial ver esse trabalho, porque somos lembrados do sacrifício que fizeram e das dificuldades pelas quais passaram enquanto construíam o templo do Senhor.”

E ele reflete sobre as diferenças entre os processos e os equipamentos das duas épocas. “Eles usavam cordames de sustentação puxados por cavalos para erguer as pedras sobre o templo, e agora fazemos isso com enormes guindastes de torre movidos à eletricidade.”

A área onde a segunda grande concretagem foi concluída como parte do projeto de reforma da Praça do Templo, em Salt Lake City, Utah, janeiro de 2022.
A área onde a segunda grande concretagem foi concluída como parte do projeto de reforma da Praça do Templo, em Salt Lake City, Utah, janeiro de 2022. | Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Ainda por vir no local

A construção da nova estrutura adicional do lado norte fornecerá (listados de baixo para cima), o alicerce, as paredes, as colunas e os pisos, enquanto o trabalho continua dentro e ao redor da base do templo para fortalecê-la com reforços sísmicos.

“Esse trabalho sísmico tem sido inovador e de ordem mundial em engenharia estrutural, engenharia sísmica e construção ao longo de vários anos”, disse Kirby.

Uma ilustração do sistema de isolamento da base do Templo de Salt Lake.
Uma ilustração do sistema de isolamento da base do Templo de Salt Lake. | Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Para a estabilidade da estrutura, os pioneiros contaram com a gravidade e o peso de cerca de 84 milhões de quilos do templo histórico.

Para as atualizações sísmicas, o templo é primeiramente amarrado — pedras, torres e treliças do telhado. “O templo também será tensionado, de cima para baixo”, disse Kirby, “então basicamente estamos comprimindo-o para que ele funcione como uma unidade. Quando houver um terremoto no futuro, o solo se moverá ao redor do templo e o edifício sagrado permanecerá firme.”

O isolamento da base então separa a estrutura do solo, “o que permite que a terra se mova, ao passo que o edifício permanece imóvel”, disse ele.

‘Circunstâncias imprevistas’

Renovar uma grande estrutura de quase 130 anos tentando seguir os desenhos originais e a documentação do arquiteto do templo, Truman Angel, resultou no que Roberts chamou de ‘circunstâncias imprevistas’. Os construtores nem sempre acompanharam os detalhes dos desenhos, e os renovadores muitas vezes se deparam com pequena, e não tão pequenas, surpresas.

“Encontramos muitas dessas coisas porque simplesmente não sabemos — não sabemos o que está por trás das paredes até mexermos nelas”, disse Roberts.

Brent Roberts, diretor administrativo do Departamento de Projetos Especiais de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, fala sobre as futuras reformas do Templo de Salt Lake, durante uma coletiva de imprensa no Centro de Visitantes Sul da Praça do Templo em Salt Lake City, na quarta-feira, dia 4 de dezembro de 2019.
Brent Roberts, diretor administrativo do Departamento de Projetos Especiais de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, fala sobre as futuras reformas do Templo de Salt Lake, durante uma coletiva de imprensa no Centro de Visitantes Sul da Praça do Templo em Salt Lake City, na quarta-feira, dia 4 de dezembro de 2019. | Crédito: Kristin Murphy, Deseret News

E isso além de encontrarmos algumas ferramentas entre as paredes ou atrás das vigas, ou anotações deixadas pelos trabalhadores da construção da era pioneira, disse Kirby.

Os dois listaram outras condições inesperadas: amianto na estrutura adicional da década de 1960 que foi demolida, um grande vendaval, protestos e tumultos no centro da cidade, lençóis freáticos imprevistos durante a escavação, ausências e medidas de proteção causadas pela pandemia de COVID-19, escassez de mão de obra, inflação econômica, desafios na cadeia de suprimentos e, ironicamente, um terremoto em março de 2020.

“Isso nos ajudou a entender um pouco como o templo se moveria”, disse Kirby, “e validou algumas de nossas suposições a respeito do que aconteceria em um terremoto.”

A compra antecipada de muitos dos materiais necessários ajudou a mitigar algumas das dificuldades da cadeia de suprimentos, mas os prazos de entrega aumentaram drasticamente, disse Roberts, acrescentando que o projeto de renovação da Praça do Templo não está enfrentando grandes desafios de fornecimento como outros projetos.

Presidente Russell M. Nelson, na frente à esquerda, visita o Templo de Salt Lake em Utah no dia 22 de maio de 2021, com Brent Roberts, na frente ao centro, diretor administrativo do Departamento de Projetos Especiais da Igreja, e Andy Kirby, na frente à direita, diretor de renovações de templos históricos.
Presidente Russell M. Nelson, na frente à esquerda, visita o Templo de Salt Lake em Utah no dia 22 de maio de 2021, com Brent Roberts, na frente ao centro, diretor administrativo do Departamento de Projetos Especiais da Igreja, e Andy Kirby, na frente à direita, diretor de renovações de templos históricos. | Crédito: Jeffrey D. Allred, Deseret News

O que os membros em todo o mundo devem saber

Roberts se reúne com a Primeira Presidência e os Bispos Presidentes pelo menos várias vezes por mês, fornecendo atualizações e respondendo a perguntas.

“Os membros da Igreja podem ter a confiança de que este projeto está em ótimas mãos porque é liderado por um profeta”, disse ele, explicando que Presidente Nelson sempre pede um relatório. “Ele faz perguntas específicas a respeito das coisas que deseja compreender e, naturalmente, ele compreende, e então compartilha pensamentos, sentimentos e orientação como só um profeta poderia fazer.”

Ao discutir o projeto, Presidente Nelson reitera a Roberts e a outras pessoas que a Praça do Templo precisa estar focalizada no Senhor Jesus Cristo, em Sua missão e em Seu ministério.

“Essa ênfase tem ajudado cada um de nós a enxergar este projeto de construção com outros olhos”, disse Roberts, acrescentando: “É realmente uma obra que acabará sendo um lugar onde as pessoas podem vir e sentir a paz e o Espírito do Senhor em tudo o que fazem.”

O que Roberts e Kirby sabem agora

Andy Kirby, diretor de renovações de templos históricos do Departamento de Projetos Especiais de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, mostra como será a sala do mundo terrestrial do Templo de Salt Lake após futuras restaurações, no Centro de Visitantes Sul da Praça do Templo, em Salt Lake City, na quarta-feira, dia 4 de dezembro de 2019.
Andy Kirby, diretor de renovações de templos históricos do Departamento de Projetos Especiais de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, mostra como será a sala do mundo terrestrial do Templo de Salt Lake após futuras restaurações, no Centro de Visitantes Sul da Praça do Templo, em Salt Lake City, na quarta-feira, dia 4 de dezembro de 2019. | Crédito: Kristin Murphy, Deseret News

Uma lição que Kirby diz ter aprendido com o projeto — e com a vida — é que coisas difíceis podem ser realizadas se nos concentrarmos no Senhor e pedirmos Sua ajuda.

“As provações e as dificuldades estarão aqui, mas se mantermos os olhos fitos no Pai Celestial e buscarmos Sua orientação no que fazemos, Ele nos inspirará, nos dará força e nos ajudará a superar esses obstáculos”, disse ele, acrescentando: “Quando oramos em nossas reuniões com empreiteiros, engenheiros e arquitetos, buscamos Sua orientação e Seu espírito, e inspiração para realizarmos as coisas difíceis, e sei que Ele nos ajuda o tempo todo.”

O projeto concluído refletirá a ênfase de Presidente Nelson nas ordenanças do templo, disse Roberts. “Sim, a casa do Senhor é linda e precisa ser bela, e construída da maneira correta, mas as coisas de verdadeira importância são a beleza das ordenanças e a santidade do que acontece no templo”, disse ele. “Estamos felizes por fazer parte da preparação do caminho, sob a direção do Bispado Presidente, para que essas ordenanças mais elevadas possam ser realizadas no templo.”

Ele acrescentou: “Aprendi a veracidade disso repetidas vezes, à medida que buscamos a orientação Senhor e procuramos nosso Pai Celestial para nos guiar e nos dirigir e para resolver questões e problemas, mas o mais importante, para sentirmos a alegria com os sucessos que tivemos com a construção até agora.”

Uma vista do Templo de Salt Lake a partir do túnel sob a rua North Temple, que conectará o estacionamento do Centro de Conferências ao templo, Salt Lake City, junho de 2021.
Uma vista do Templo de Salt Lake a partir do túnel sob a rua North Temple, que conectará o estacionamento do Centro de Conferências ao templo, Salt Lake City, junho de 2021. | Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

NEWSLETTER
Receba destaques do Church News entregues semanalmente na sua caixa de entrada grátis. Digite seu endereço de e-mail abaixo.

A turnê do Coro do Tabernáculo pelas Filipinas começa com jovens apresentando danças tradicionais. Esta é a segunda parada da turnê “Hope” e a primeira vez do coro nas Filipinas.

Neste vídeo do Church News, “O êxodo de Nauvoo”, líderes e membros na histórica Nauvoo, Illinois, homenagearam os primeiros membros da Igreja, enquanto caminhavam cerca de dois quilômetro pela Parley Street, indo até o rio Mississippi.

Membro da Igreja no Alabama, Mary Helen Allred se sente feliz por poder usar o ServirAgora para continuar um legado de serviço

Estes novos presidentes e diretoras de templo foram chamados para servir pela Primeira Presidência. Eles começarão seu serviço em setembro, ou quando os templos forem dedicados.

“Em um mundo com muitos muros, precisamos continuar construindo pontes”, disse Élder Dieter F. Uchtdorf enquanto estava na fronteira entre os E.U.A. e o México, antes da dedicação do Templo de McAllen Texas.

O Coro e Orquestra do Tabernáculo se apresentarão na Flórida e em Atlanta, Geórgia, em setembro de 2024, como parte da turnê “Hope”.