Menu

Centenas comemoram o êxodo dos pioneiros de Nauvoo, reencenando seus passos até o rio Mississippi

O desfile da Comemoração do Êxodo na Parley Street, na histórica Nauvoo, Illinois, é liderado por porta-bandeiras escoteiros locais, homens marchando em homenagem à Legião de Nauvoo e pessoas segurando as bandeiras que representam as nacionalidades dos pr Crédito: David Price
O rio Mississippi congelado e coberto de neve durante a Comemoração do Êxodo na histórica Nauvoo, Illinois, no sábado, 5 de fevereiro de 2022. A comemoração anual no primeiro sábado de fevereiro homenageia a época quando os membros de A Igreja de Jesus Cr Crédito: Susan Sims
Pessoas segurando bandeiras representando as nacionalidades dos moradores de Nauvoo, Illinois, na década de 1840, na Parley Street, enquanto os participantes da comemoração do êxodo descem a Parley Street, na histórica Nauvoo, no sábado, 5 de fevereiro de Crédito: David Price
Craig Lee Dalton, presidente dos locais históricos de Nauvoo, à direita, e a irmã Sandra Dalton falam no Exodus Memorial no final da Parley Street durante a Comemoração do Êxodo, na histórica Nauvoo, Illinois, no sábado, 5 de fevereiro de 2022. A comemora Crédito: Susan Sims
O desfile da Comemoração do Êxodo na Parley Street, na histórica Nauvoo, Illinois, é liderado por porta-bandeiras escoteiros locais, homens marchando em homenagem à Legião de Nauvoo e pessoas segurando bandeiras representando as nacionalidades dos residen Crédito: Susan Sims
Pessoas dirigem carroções pela Parley Street até o congelado rio Mississippi durante a Comemoração do Êxodo na histórica Nauvoo, Illinois, no sábado, 5 de fevereiro de 2022. A comemoração anual no primeiro sábado de fevereiro homenageia a época quando os Crédito: Susan Sims
Rachel e Ben Hubbard, atrás, e suas filhas Audrey, Elise e Bailey, de Cedar Falls, Iowa, posam para uma foto durante a Comemoração do Êxodo na histórica Nauvoo, Illinois, no sábado, 5 de fevereiro de 2022. A comemoração anual no primeiro sábado de feverei Crédito: Susan Sims
Craig Lee Dalton, presidente dos locais históricos de Nauvoo, à direita, e a irmã Sandra Dalton posam para uma foto durante a Comemoração do Êxodo na histórica Nauvoo, Illinois, no sábado, 5 de fevereiro de 2022. A comemoração anual no primeiro sábado de Crédito: Susan Sims
Pessoas dirigem carroções pela Parley Street até o congelado rio Mississippi durante a Comemoração do Êxodo na histórica Nauvoo, Illinois, no sábado, 5 de fevereiro de 2022. A comemoração anual no primeiro sábado de fevereiro homenageia a época quando os Crédito: Susan Sims

NAUVOO, Illinois — Enfrentando temperaturas de -12°C e ventos gelados no sábado, 5 de fevereiro, mais de 300 pessoas se reuniram na histórica Nauvoo com missionários servindo nos locais históricos de Illinois, para comemorar o êxodo de 1846 dos santos dos últimos dias do local. O rio Mississippi estava congelado e coberto de neve — assim como em 1846. Vários visitantes comentaram sobre as condições climáticas semelhantes enquanto tentavam se manter aquecidos ou se aventuravam no gelo do rio.

Craig Lee Dalton, presidente dos locais históricos de Nauvoo, à direita, e a irmã Sandra Dalton falam no Exodus Memorial no final da Parley Street durante a Comemoração do Êxodo, na histórica Nauvoo, Illinois, no sábado, 5 de fevereiro de 2022. A comemoração anual acontece no primeiro sábado de fevereiro, celebrando quando os membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias começaram a deixar Nauvoo em 1846.
Craig Lee Dalton, presidente dos locais históricos de Nauvoo, à direita, e a irmã Sandra Dalton falam no Exodus Memorial no final da Parley Street durante a Comemoração do Êxodo, na histórica Nauvoo, Illinois, no sábado, 5 de fevereiro de 2022. A comemoração anual acontece no primeiro sábado de fevereiro, celebrando quando os membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias começaram a deixar Nauvoo em 1846. | Crédito: Susan Sims

Falando no Exodus Memorial [Memorial do Êxodo], no final da Parley Street, perto do rio, o presidente Craig Lee Dalton descreveu seus sentimentos enquanto ele e a sister Sandra Dalton dirigiram seu carro até Nauvoo em janeiro, para começar sua mais nova missão como líderes dos locais históricos. “Rapidamente me dei conta de que estávamos viajando por aquela trilha que muitas das pessoas que vocês estão representando aqui hoje trilharam”, disse ele.

Depois de realizar paradas em Wyoming e Iowa, ele continuou: “Eu refleti sobre suas lutas em 1846. E então, quando chegamos ao rio Mississippi e vi que estava congelado, lembrei-me de que alguns daqueles santos foram capazes de atravessar este grande rio caminhando sobre o gelo.” A diferença na jornada dos Daltons não foi porque feita ao contrário, mais confortavelmente, ou em um prazo muito menor, mas sim pelo fato de que foi feita com a garantia de um destino. Os primeiros santos não tinham tal conhecimento, apenas fé para guiá-los.

O presidente Dalton falou sobre sua própria ancestral e pioneira, Abigail Mead McBride, que era uma viúva idosa quando entrou no Vale do Lago Salgado em 1847. Sua fé não vacilou diante da incerteza e do desafio. Este é o padrão, disse o presidente Dalton, para qualquer um dos pioneiros de hoje que enfrentam o desconhecido, ou são os únicos membros da Igreja em suas famílias, como é o caso da sister Dalton.

Rachel e Ben Hubbard, atrás, e suas filhas Audrey, Elise e Bailey, de Cedar Falls, Iowa, posam para uma foto durante a Comemoração do Êxodo na histórica Nauvoo, Illinois, no sábado, 5 de fevereiro de 2022. A comemoração anual no primeiro sábado de fevereiro homenageia a época quando os membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias começaram a deixar Nauvoo em 1846.
Rachel e Ben Hubbard, atrás, e suas filhas Audrey, Elise e Bailey, de Cedar Falls, Iowa, posam para uma foto durante a Comemoração do Êxodo na histórica Nauvoo, Illinois, no sábado, 5 de fevereiro de 2022. A comemoração anual no primeiro sábado de fevereiro homenageia a época quando os membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias começaram a deixar Nauvoo em 1846. | Crédito: Susan Sims

Muitos participantes tinham suas próprias histórias para compartilhar. Uma jovem família caminhava em homenagem a um avô que estava sendo enterrado naquele dia na Califórnia. Rachel e Ben Hubbard, de Cedar Falls, Iowa, disseram que não puderam ir ao funeral do avô de Rachel, então decidiram levar seus três filhos pequenos para a Comemoração do Êxodo, e caminharem em nome de seus ancestrais de Nauvoo.

“Pensamos que seria uma boa experiência de aprendizado para eles”, disse Rachel Hubbard. “Adoramos vir a Nauvoo em família, mas geralmente não em um inverno rigoroso como este.”

Leia mais e explore fotos de lugares na histórica Nauvoo, Illinois

Ao contrário de muitos que participaram pela primeira vez, Barbra Barrus tem ido à comemoração do êxodo há 17 anos. Já no início, ela encontrou cada vez mais ancestrais para homenagear “seguindo seus passos”, o tema da comemoração deste ano.

“Viemos em todos os tipos de clima. Nós vimos e fazemos disso uma tradição de família. Sentimos o Espírito do Senhor aqui, realmente o Espírito está aqui, e é forte”, disse Barrus.

O evento foi realizado em sua maior parte ao ar livre devido às restrições contínuas para reuniões em lugares fechados em Illinois. As pessoas puderam entrar brevemente no Centro de Convivência Familiar para pegar crachás e usá-los em homenagem a seus antepassados, e também pegar um presente e se agasalhar para o resto do evento, que durou duas horas.

Pessoas dirigem carroções pela Parley Street até o congelado rio Mississippi durante a Comemoração do Êxodo na histórica Nauvoo, Illinois, no sábado, 5 de fevereiro de 2022. A comemoração anual no primeiro sábado de fevereiro homenageia a época quando os membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias começaram a deixar Nauvoo em 1846.
Pessoas dirigem carroções pela Parley Street até o congelado rio Mississippi durante a Comemoração do Êxodo na histórica Nauvoo, Illinois, no sábado, 5 de fevereiro de 2022. A comemoração anual no primeiro sábado de fevereiro homenageia a época quando os membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias começaram a deixar Nauvoo em 1846. | Crédito: Susan Sims

A sister Dalton compartilhou seu discurso de abertura nos degraus do Salão Cultural antes do início da caminhada. Pessoas segurando bandeiras, representando as nacionalidades dos presentes em Nauvoo na década de 1840, se alinharam ao longo da multidão para a caminhada ao sul pela Main Street, antes de virarem para o oeste na Parley Street e caminhar até a beira do rio. O desfile foi liderado por porta-bandeiras escoteiros do local e um grupo de homens marchando em homenagem à Legião de Nauvoo.

Na parte final do desfile havia uma fila de carroções conduzidas pelos carroceiros da Historic Nauvoo que fornecem passeios a cavalo e bois de Nauvoo pelos locais históricos. Indivíduos incapazes de andar a distância total poderiam andar em um dos carroções. Muitos dos jovens presentes pela manhã passaram a tarde realizando batismos pelos mortos no Templo de Nauvoo.

Em 2021, a comemoração foi realizada de forma virtual com um vídeo marcando os 175 anos do êxodo em inglês e espanhol.

A histórica Nauvoo está aberta o ano todo. Para mais informações, visite nauvoohistoricsites.org [em inglês].

NEWSLETTER
Receba destaques do Church News entregues semanalmente na sua caixa de entrada grátis. Digite seu endereço de e-mail abaixo.

Membros do Coro e Orquestra do Tabernáculo aprendem sobre os laços entre os E.U.A. e as Filipinas no Cemitério e Memorial Americano de Manila, entre apresentações e ensaios, durante sua turnê pelas Filipinas. Veja também fotos do ensaio para o concerto de música sacra.

Saiba mais sobre as recentes doações da Igreja para hospitais e organizações de saúde no Camboja, Guam, Mongólia e Filipinas.

O então élder Rendell N. Mabey batizou no mar o fiel pioneiro Billy Johnson, em 1978. Agora, seus respectivos bisneto e neto estão servindo juntos na Missão Acra Gana

Primeira Presidência divulga ilustrações do exterior dos templos de Lone Mountain Nevada, McKinney Texas e Birmingham Inglaterra

A localização do Templo de Vancouver Washington foi divulgada há menos de 5 meses depois que a nova casa do Senhor foi anunciada.

Veja projetos humanitários recentemente realizados na Romênia, Itália, Rússia, Cazaquistão, Belarus e Portugal