Menu

Todos os locais históricos da Igreja estão novamente abertos ao público

Carthage Jail in Nauvoo, Illinois. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
Rock Creek Hollow in Wyoming is one of the historic places associated with the 1856 handcart company led by James Willie. It was there that those pioneers rested after traveling through a blizzard over Rocky Ridge, one of the highest points on the trail to the Salt Lake Valley. After fighting the extreme conditions for up to 30 hours, a number of the Saints in the company, perhaps as many as 13, died and were buried here. Crédito: Kenneth Mays
The rebuilt home of Isaac and Elizabeth Hale, the parents of Emma Hale Smith, at the Priesthood Restoration Site, in Oakland Township (previously Harmony), Pennsylvania. It's shown here in 2019. Crédito: Kenneth Mays
Each year, about 150,000 people visit the Sacred Grove in Palmyra, N.Y., where Joseph Smith had the First Vision. Photo by Kenneth Mays Crédito: Kenneth Mays
Quatro novas pinturas representando os primeiros eventos da Restauração estão em exibição no Sacred Grove Welcome Center em Palmyra, Nova York, desde março de 2020. Crédito: Terry Spallino
The Mormon Trail Center at Winter Quarters in Omaha, Nebraska. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Todos os locais históricos da Igreja estão agora novamente abertos ao público, conforme divulgação pela Igreja em 1º de março.

A Igreja fechou os locais em março de 2020 para visitas presenciais devido à pandemia de COVID-19 e, em seguida, iniciou um plano de reabertura em fases em maio de 2021, com várias precauções. Apresentações, como os Espetáculos Nauvoo e Britânico em Nauvoo, Illinios, foram suspensas.

Agora, pela primeira vez em dois anos, todos os pontos de referência, centros de visitantes, museus e outros locais de propriedade e operados pela Igreja, de Vermont a Nova York, Missouri, Wyoming e Califórnia, estão retornando às operações normais para visitar presenciais.

Leia mais: Os últimos 2 anos foram ‘sem precedentes’, ‘imprevisíveis’ e ‘inspiradores’ nos locais históricos da Igreja

A síster Karly Robison e a síster Meg Taylor, missionárias que servem nos locais históricos de Nauvoo, fazem um tour virtual em frente ao Templo de Nauvoo Illinois. Devido à pandemia de COVID-19, os locais históricos da Igreja foram fechados desde março de 2020.
A síster Karly Robison e a síster Meg Taylor, missionárias que servem nos locais históricos de Nauvoo, fazem um tour virtual em frente ao Templo de Nauvoo Illinois. Devido à pandemia de COVID-19, os locais históricos da Igreja foram fechados desde março de 2020. | Crédito: Cortesia de Nauvoo Historic Sites [Lugares Históricos de Nauvoo]

Quando os locais fecharam em março de 2020, muitos missionários foram desobrigados ou transferidos. Mas os líderes locais e missionários também inovaram e responderam aos desafios oferecendo visitas virtuais a esses espaços sagrados. Muitos desses passeios virtuais continuarão. Horários disponíveis podem ser encontrados pesquisando cada local no site da Igreja [em inglês].

Embora todos os locais se encontrem nos Estados Unidos, eles têm significado para os membros da Igreja em todo o mundo, explicou Gary Boatright, gerente de operações de locais históricos do Departamento de História da Igreja, em entrevista ao Church News em janeiro de 2021 [em inglês].

“Há poder nesses lugares”, disse Boatright.

O curador de locais históricos da Igreja, Benjamin Pykles, disse ao Chuch News [em inglês] que o objetivo de qualquer visita é fornecer uma compreensão do significado e da santidade do lugar – e é evidente que o Espírito pode testemunhar, tanto pessoalmente quanto virtualmente.

“Tivemos pessoas conectadas com os locais e os missionários nos locais e recebemos visitas de todas as partes do mundo”, disse Pykles. “Foi notável ver o impacto que um tour virtual teve na fé dos membros e nos testemunhos da Restauração de maneiras muito semelhantes aos que são privilegiados e afortunados o suficiente para poder vir pessoalmente.”

Ao mesmo tempo, disse ele, ainda há muito trabalho a fazer para continuar alcançando o público global, por meio de tours pré-gravados, mais opções virtuais, idiomas adicionais e melhor conectividade ou acesso.

Podcast Church News, Episódio 42: Por que os locais históricos da Igreja são importantes para todos os filhos de Deus [em inglês]

A casa de toras restaurada de Ira N. Hinckley, onde ele e sua família moravam em Coalville quando foram chamados para construir o forte. A casa foi desmontada, levada para Cove Fort e reconstruída na década de 1990.
A casa de toras restaurada de Ira N. Hinckley, onde ele e sua família moravam em Coalville quando foram chamados para construir o forte. A casa foi desmontada, levada para Cove Fort e reconstruída na década de 1990. | Crédito: Sydney Walker

Boatright falou novamente com o Church News em janeiro de 2022 sobre o futuro dos locais históricos da Igreja e o que ele espera para os visitantes.

Os locais de história da Igreja devem ser experienciados, não apenas vistos e riscados de uma lista, disse Boatright.

“Esses lugares foram sagrados pela fé e dedicação dos primeiros santos e também pelos eventos milagrosos que ocorreram nesses lugares”, disse ele. “Eles são sagrados agora por várias coisas: Pelo sacrifício e dedicação dos missionários, que são chamados para servir nesses lugares; (…) pelas vidas que são transformadas, pelos membros da Igreja que vão para lá e sua fé e testemunho são fortalecidos; por aqueles de outras religiões que vêm e aprendem mais sobre a história e saem com um sentimento e uma compreensão de que, o que acabaram de visitar, é um lugar sagrado.”

Consulte o site dos Locais Históricos da Igreja [em inglês] para obter links para cada local, informações sobre visitas presenciais e passeios virtuais.

NEWSLETTER
Receba destaques do Church News entregues semanalmente na sua caixa de entrada grátis. Digite seu endereço de e-mail abaixo.

Com sua habilidade de entrar em lugares que outros não conseguiam, Marcos ganhou o carinhoso apelido de la Pulga, espanhol para ‘A Pulga’. Sua história é a de se estar no lugar certo na hora certa, observa Lloyd Newell em “Música e Palavras de Inspiração” desta semana com o Coro do Tabernáculo na Praça do Templo.

Professores podem agora registrar a frequência às aulas por meio do aplicativo Ferramentas do Membro.

Estes novos presidentes de missão e respectivas companheiras foram chamados a servir pela Primeira Presidência. Eles começarão seu serviço em julho.

A turnê do Coro do Tabernáculo pelas Filipinas começa com jovens apresentando danças tradicionais. Esta é a segunda parada da turnê “Hope” e a primeira vez do coro nas Filipinas.

Neste vídeo do Church News, “O êxodo de Nauvoo”, líderes e membros na histórica Nauvoo, Illinois, homenagearam os primeiros membros da Igreja, enquanto caminhavam cerca de dois quilômetro pela Parley Street, indo até o rio Mississippi.

Membro da Igreja no Alabama, Mary Helen Allred se sente feliz por poder usar o ServirAgora para continuar um legado de serviço