Menu

Igreja doa US$ 5,1 milhões à Cruz Vermelha Americana, ajudando a impulsionar a iniciativa de células falciformes

Uma funcionária da Cruz Vermelha Americana registra um doador de sangue, em uma capela de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias em Fenton, Missouri, no dia 3 de março de 2021. A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
Kiera McGrotty da Cruz Vermelha Americana coloca um pôster na porta da capela de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias em Fenton, Missouri, no dia 3 de março de 2021. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
Em 2020, em vários estados dos E.U.A. da Área América do Norte Central A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias realizou 200 campanhas de doação de sangue em suas capelas. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias está doando US$ 5,1 milhões para a Cruz Vermelha Americana, para ajudá-la a atender as necessidades de sangue e plasma convalescente para pacientes hospitalizados, sendo parte da doação para auxiliar a iniciativa de células falciformes.

Ao ajudar a Cruz Vermelha Americana a melhor cumprir sua missão de prevenir e aliviar o sofrimento humano, a doação ajudará com novas máquinas e na coleta e manutenção de plaquetas sanguíneas.

A doação foi anunciada na quarta-feira, dia 21 de março de 2022 [em inglês].

A anemia falciforme transforma glóbulos vermelhos macios e arredondados em células duras em forma de meia lua, resultando em dor extrema e sérios desafios à saúde.

A Cruz Vermelha Americana lançou sua iniciativa de células falciformes em setembro de 2021, buscando atrair mais doadores da raça negra, uma vez que a maioria das pessoas com células falciformes são afrodescentes. Portanto, tal doação de sangue é fundamental para ajudar aqueles que sofrem de anemia falciforme.

“Como uma organização dedicada a aliviar o sofrimento, a Cruz Vermelha tem um compromisso com a saúde e bem-estar de todas as comunidades, e possuir um suprimento de sangue diversificado é fundamental para melhorar os resultados de todos os pacientes, especialmente daqueles com anemia falciforme”, disse Gail McGovern, CEO e presidente da Cruz Vermelha. “Apreciamos muito a doação extremamente generosa, assim como a contínua parceria com a Igreja, apoiando nossa missão de salvar vidas.”

Aqueles com anemia falciforme podem precisar de frequentes transfusões de sangue no decorrer de sua vida para tratar complicações, às vezes requerendo até 100 unidades de sangue anualmente. Transfusões frequentes podem dificultar a localização de tipos sanguíneos compatíveis, caso o paciente desenvolva uma resposta imune contra o sangue que não seja exatamente compatível.

Em 2020, em vários estados dos E.U.A. da Área América do Norte Central A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias realizou 200 campanhas de doação de sangue em suas capelas.
Em 2020, em vários estados dos E.U.A. da Área América do Norte Central da Igreja, A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias realizou 200 campanhas de doação de sangue em suas capelas. | Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

“Um produto sanguíneo compatível é fundamental para pacientes com anemia falciforme”, explicou a Dra. Yvette Miller, Diretora Médica Executiva da Cruz Vermelha. “Muitos indivíduos afrodescendentes têm marcadores, ou estruturas, distintas em seus glóbulos vermelhos, que fazem com que suas doações sejam as mais compatíveis para ajudar pacientes com anemia falciforme. Embora a maioria dos pacientes possa receber sangue de um doador de qualquer raça ou etnia, devido à presença de alguns antígenos únicos de glóbulos vermelhos compartilhados por afrodescendentes, doações feitas por indivíduos negros têm uma maior probabilidade de fornecerem melhores resultados àqueles sofrendo de anemia falciforme.”

Bispo Gérald Caussé, bispo presidente de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, disse: “Temos o prazer de contribuir com mais de US$ 5 milhões este ano, mas nossa maior contribuição são os membros de nossa Igreja, milhares deles, que literalmente arregaçaram suas mangas para doar sangue e seu próprio tempo.”

A Igreja de Jesus Cristo e a Cruz Vermelha Americana têm uma parceria de longa data, remontando ao final do século 19.

NEWSLETTER
Receba destaques do Church News entregues semanalmente na sua caixa de entrada grátis. Digite seu endereço de e-mail abaixo.

Com sua habilidade de entrar em lugares que outros não conseguiam, Marcos ganhou o carinhoso apelido de la Pulga, espanhol para ‘A Pulga’. Sua história é a de se estar no lugar certo na hora certa, observa Lloyd Newell em “Música e Palavras de Inspiração” desta semana com o Coro do Tabernáculo na Praça do Templo.

Professores podem agora registrar a frequência às aulas por meio do aplicativo Ferramentas do Membro.

Estes novos presidentes de missão e respectivas companheiras foram chamados a servir pela Primeira Presidência. Eles começarão seu serviço em julho.

A turnê do Coro do Tabernáculo pelas Filipinas começa com jovens apresentando danças tradicionais. Esta é a segunda parada da turnê “Hope” e a primeira vez do coro nas Filipinas.

Neste vídeo do Church News, “O êxodo de Nauvoo”, líderes e membros na histórica Nauvoo, Illinois, homenagearam os primeiros membros da Igreja, enquanto caminhavam cerca de dois quilômetro pela Parley Street, indo até o rio Mississippi.

Membro da Igreja no Alabama, Mary Helen Allred se sente feliz por poder usar o ServirAgora para continuar um legado de serviço