Menu

Nove momentos patrióticos com o Coro do Tabernáculo

The Mormon Tabernacle Choir performs during the Salt Lake 2002 Olympic Winter Games Opening Ceremony at Rice-Eccles Stadium, Friday, Feb 8, 2002. JEFFREY D. ALLRED/DESERET NEWS Crédito: Jeffrey D. Allred, Deseret News
20170120 The Mormon Tabernacle Choir prepares to sing "America the Beautiful" at the inauguration of Donald Trump, January 20, 2017. Intellectual Reserve, Inc. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
Mulheres colocam as mãos sobre o coração durante o Star Spangled Banner (hino nacional dos Estados Unidos) no Sunrise Service, apresentado pelo Pioneer Chapter of the Sons of Utah Pioneers, no Tabernáculo na Praça do Templo em Salt Lake City na terça-feir Crédito: Kristin Murphy, Deseret News
O diretor de música, Mack Wilberg, rege o Coro e a Orquestra do Tabernáculo Mórmon na Praça do Templo, na apresentação de Star Spangled Banner, no Concerto do Dia da Constituição, no Tabernáculo de Salt Lake patrocinado pelo Utah Chapter, Freedoms Foundat Crédito: R. Scott Lloyd
Apresentando-se em Spokane, Washington, o Coro do Tabernáculo apresenta uma variedade de músicas folclóricas e patrióticas. Abaixo à direita, James R. Ellis, um líder cívico local rege o coro cantando “This Land is Your Land”, no Paramount Theatre em Seat Crédito: Marene Foulger
O Coro do Tabernáculo Mórmon canta na Convenção Nacional de Serviços Religiosos Patrióticos para a convenção da Legião Americana, em 28 de agosto de 2006, no Centro de Conferências em Salt Lake City. Crédito: Jeffrey D. Allred, Deseret News
No Concerto Comemorativo do Dia dos Pioneiros no Centro de Conferências, o Coro do Tabernáculo e a Orquestra da Praça do Templo apresentam “God Bless America”, parte de uma seleção com tema patriótico em um repertório diversificado. Crédito: R. Scott Lloyd
Milhares se reuniram no Tabernáculo de Salt Lake em 27 de outubro para a Conferência de Escoteiros da Igreja e para prestar homenagem à bandeira norte-americana. Um membro dos Eagle Scouts conduziu a cerimônia da bandeira. Crédito: Tom Smart, Deseret News
Uma multidão de 600.000 pessoas aplaude a Oquestra Pops de Boston e o Coro do Tabernáculo, cantando músicas sobre a América na celebração do Dia da Independência da nação em Boston, Massachusetts. Crédito: Gerrit Avant
O novo CD do Coro do Tabernáculo contém músicas patrióticas.
O Coro do Tabernáculo e a Orquestra da Praça do Templo apresentaram o concerto “9/11 Coming Together”, em 11 de setembro de 2021. Crédito: Captura de tela do YouTube
Tabernacle choir perform for the Today Show at the Tabernacle, Temple square. 9/11/02 (Submission date: 09/11/2002) Crédito: Michael Brandy, Deseret News
The Mormon Tabernacle Choir sings the National Anthem during the Opening Ceremonies of the Salt Lake 2002 Winter Olympic Games at Rice-Eccles Stadium Friday, February 8, 2002. Photo by Johanna Workman Crédito: Johanna Kirk, Deseret News

Conhecido como o Coro da América, o Coro do Tabernáculo na Praça do Templo [em inglês] foi reconhecido e homenageado por colegas e críticos, líderes de países e audiências entusiasmadas em todo o mundo. Algumas de suas canções mais conhecidas e amadas são números musicais patrióticos dos Estados Unidos da América, e o coro tem sido frequentemente convidado a cantar essas canções em eventos de reflexão, comemoração ou celebração.

Abaixo estão alguns desses destaques dos arquivos do Church News.

1. ‘Um dia trágico, solene e sombrio’, em 11 de setembro de 2001

Presidente Gordon B. Hinckley discursa na cerimônia em homenagem àqueles que morreram no ataque terrorista aos Estados Unidos, em 11 de setembro de 2001.
Presidente Gordon B. Hinckley discursa na cerimônia em homenagem àqueles que morreram no ataque terrorista aos Estados Unidos, em 11 de setembro de 2001. | Crédito: Tom Smart, Deseret News

“Em um dia obscurecido pela feia face do ódio, através de nuvens espessas de medo e raiva, brilha a imagem solene e maravilhosa do Filho de Deus, o Salvador do mundo, o Príncipe da Paz, o Exemplo do amor universal, e é Nele em quem confiamos nestas circunstâncias”, disse Presidente Gordon B. Hinckley, durante um serviço memorial em 11 de setembro, realizado na noite do dia em que terroristas derrubaram aviões no World Trade Center em Nova York e no Pentágono em Washington, D.C.

Leia mais sobre as mensagens de Presidente Hinckley

2. A cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno de Salt Lake de 2002, em 8 de fevereiro de 2002

Havia 55.000 pessoas presentes e cerca de 3,5 bilhões de telespectadores em todo o mundo, que sintonizaram na cerimônia de abertura das Olimpíadas em 8 de fevereiro de 2002. O Coro do Tabernáculo na Praça do Templo [em inglês], na época conhecido como Coro do Tabernáculo Mórmon, fez parte dessa cerimônia, quando o presidente dos E.U.A., George W. Bush, abriu os Jogos.

Veja a cobertura do evento e conheça algumas das memórias dos integrantes do coro [em inglês]

3. Cantando com a Orquestra Boston Pops, em Boston, Massachusetts, em 4 de julho de 2003

Uma multidão de 600.000 pessoas aplaude a Oquestra Pops de Boston e o Coro do Tabernáculo, cantando músicas sobre a América na celebração do Dia da Independência da nação em Boston, Massachusetts.
Uma multidão de 600.000 pessoas aplaude a Oquestra Pops de Boston e o Coro do Tabernáculo, cantando músicas sobre a América na celebração do Dia da Independência da nação em Boston, Massachusetts. | Crédito: Gerrit Avant

Mais de 600.000 pessoas lotaram a Esplanada de Boston, à beira do rio Charles, para um concerto durante a turnê de verão em 2003. O coro se apresentou na celebração anual de 4 de julho na Esplanada, conhecida como a principal celebração do Dia da Independência dos Estados Unidos.

Keith Lockhart, diretor da Orquestra Boston Pops e da Utah Symphony, disse em suas palavras de abertura: “Se a Boston Pops é a sinfonia da América, então o Coro do Tabernáculo Mórmon é o Coro da América.”

Veja como a vasta multidão respondeu e se juntou a um canto patriótico [em inglês]

4. Ênfase espiritual na cerimônia patriótica, em 27 de agosto de 2006

O Coro do Tabernáculo Mórmon canta na Convenção Nacional de Serviços Religiosos Patrióticos para a convenção da Legião Americana, em 28 de agosto de 2006, no Centro de Conferências em Salt Lake City.
O Coro do Tabernáculo Mórmon canta na Convenção Nacional de Serviços Religiosos Patrióticos para a convenção da Legião Americana, em 28 de agosto de 2006, no Centro de Conferências em Salt Lake City. | Crédito: Jeffrey D. Allred, Deseret News

Desde a colocação da bandeira americana, com o Coro do Tabernáculo Mórmon e a Orquestra da Praça do Templo tocando o Hino Nacional no início, até o soar das trombetas no final, o programa foi exatamente o que foi preparado para ser: uma cerimônia patriótica com uma ênfase espiritual. O Juramento de Fidelidade [à bandeira dos Estados Unidos] quase pareceu uma oração; muitos lutaram para controlar suas lágrimas.

Saiba mais sobre o Serviço Religioso Patriótico da Legião Americana [em inglês]

5. Apresentação especial em memória do Dia 11 de setembro, em 11 de setembro de 2011

O coro do Tabernáculo, bem como Presidente Thomas S. Monson e Presidente James E. Faust, participam de um serviço em memória de 11 de setembro de 2001.
O coro do Tabernáculo, bem como Presidente Thomas S. Monson e Presidente James E. Faust, participam de um serviço em memória de 11 de setembro de 2001. | Crédito: Foto de Michael Brandy

Mack Wilberg, diretor de música do coro, disse: “O 11 de setembro trouxe muita tristeza e pesar, mas também trouxe coisas positivas. Neste programa, queríamos mostrar como o indomável espírito americano transformou uma tragédia em um triunfo de se unir, cuidar e servir. A mensagem deste concerto é que, como indivíduos e como nação, podemos encontrar cura e força na adversidade e literalmente superar todos os desafios.”

Leia mais sobre o cronograma do evento [em inglês]

6. Apresentação do Hino Nacional no pré-jogo no Yankee Stadium, em 3 de julho de 2015

Na frente de 18.000 fãs, os 320 cantores abriram o jogo entre o New York Yankees e o Tampa Bay Rays apresentando “Cohan’s Big Three”, um medley de músicas com “Yankee Doodle Dandy”, “Give My Regards to Broadway” e “You’re a Grand Old Flag.” O coro concluiu com uma versão do Hino Nacional dos E.U.A., que é tradicionalmente cantado no início dos jogos da liga principal de beisebol.

Descubra a história de como eles chegaram lá e leia sobre as outras paradas da turnê, incluindo o Carnegie Hall de Nova York e o Wang Theatre de Boston [em inglês]

7. O Coro do Tabernáculo se junta a uma banda em West Point, para celebração do Dia da Independência, em 4 de julho de 2015

Além de “Alma Mater”, uma música tradicional de West Point, o coro e a West Point Band, complementados pela seção de cordas da Orquestra da Praça do Templo, apresentaram uma seleção de canções patrióticas, incluindo “Stars and Stripes Forever”, “America the Beautiful”, o Hino Nacional e “Já Refulge a Glória Eterna”, uma canção que virou assinatura do coro.

Aprenda sobre o planejamento secreto para a apresentação surpresa [em inglês]

8. Cantando na sétima posse presidencial, em 20 de janeiro de 2017

O Coro do Tabernáculo Mórmon se prepara para cantar “America the Beautiful” na posse do ex-presidente dos E.U.A. Donald Trump, em 20 de janeiro de 2017. The Mormon Tabernacle Choir prepares to sing “America the Beautiful” at the inauguration of Donald Trump, January 20, 2017. Intellectual Reserve, Inc.
O Coro do Tabernáculo Mórmon se prepara para cantar “America the Beautiful” na posse do ex-presidente dos E.U.A. Donald Trump, em 20 de janeiro de 2017. The Mormon Tabernacle Choir prepares to sing “America the Beautiful” at the inauguration of Donald Trump, January 20, 2017. Intellectual Reserve, Inc. | Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

“É um ato de Estado, não de política”, disse Élder D. Todd Christofferson, do Quórum dos Doze Apóstolos, sobre a cerimônia de posse. “Seu objetivo principal é que o presidente eleito preste o juramento de posse constitucionalmente exigido e que o povo, testemunhando, o obrigue a este juramento.

“É hora de reafirmar coletivamente os princípios duradouros que sustentam este país há mais de 200 anos, incluindo a transferência pacífica de poder, que continua sendo um evento notável mesmo neste mundo moderno.”

Saiba o que aconteceu em cerimônias de posse anteriores e veja a lista completa [em inglês]

9. O especial do Coro do Tabernáculo ‘Coming Together’ comemora o 20º aniversário do Dia 11 de setembro

O Coro do Tabernáculo e a Orquestra da Praça do Templo apresentaram o concerto “9/11 Coming Together”, em 11 de setembro de 2021.
O Coro do Tabernáculo e a Orquestra da Praça do Templo apresentaram o concerto “9/11 Coming Together”, em 11 de setembro de 2021. | Crédito: Captura de tela do YouTube

A jornalista de televisão, Jane Clayson Johnson, apresentou o programa: “Tendo um lugar na primeira fila como comentarista de notícias, é uma honra para mim fazer parte deste especial ‘Coming Together’, comemorando a bondade humana durante a tragédia de 11 de setembro”, ela disse. “De certa forma, este especial se compara aos desafios do mundo de hoje e nos lembra que, abraçarmos uns aos outros com amor e respeito pode ajudar a curar o coração humano.”

Leia sobre o cenário histórico do evento

NEWSLETTER
Receba destaques do Church News entregues semanalmente na sua caixa de entrada grátis. Digite seu endereço de e-mail abaixo.