Menu

Presidente Nelson convida todos a terem uma perspectiva eterna e ‘pensarem celestial’

‘Suas escolhas de hoje determinarão três coisas: onde viverão por toda a eternidade, o tipo de corpo com o qual ressuscitarão e as pessoas com quem viverão para sempre. Portanto, pensem celestial’

Nos momentos finais da 193ª Conferência Geral Semestral de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, no domingo, 1º de outubro, Presidente Russell M. Nelson compartilhou o que aprendeu em quase um século de vida.

“Aprendi que o plano do Pai Celestial é fabuloso, que aquilo que fazemos nesta vida realmente importa e que a Expiação do Salvador é o que torna o plano de nosso Pai possível”, disse ele.

Após uma queda recente que afetou a região lombar, Presidente Nelson, de 99 anos, participou remotamente da conferência. Seu discurso foi pré-gravado e, devido à lesão, ele proferiu sentado. Durante a mensagem ele também anunciou 20 novos locais para templos.

Com a dor causada pela lesão recente, Presidente Nelson disse que “sentiu um apreço ainda mais profundo por Jesus Cristo e pela incompreensível dádiva de Sua Expiação. … Durante meu período de cura, o Senhor tem manifestado Seu poder divino de maneiras pacíficas e inconfundíveis.”

Presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, compartilha sua mensagem por meio de um vídeo pré-gravado, durante a 193ª Conferência Geral Semestral de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, realizada no Centro de Conferências em Salt Lake City no domingo, 1° de outubro de 2023.
Presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, compartilha sua mensagem por meio de um vídeo pré-gravado, durante a 193ª Conferência Geral Semestral de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, realizada no Centro de Conferências em Salt Lake City no domingo, 1° de outubro de 2023. | Jeffrey D. Allred, Deseret News

A compreensão do “plano fabuloso de Deus” afasta “de nossa vida o mistério, e de nosso futuro, a incerteza. Ele permite que cada um de nós decida como viveremos aqui na terra e onde viveremos para sempre.”

Presidente Nelson compartilhou as boas novas do plano de Deus: “As mesmas coisas que tornarão sua vida mortal a melhor que ela pode ser, são exatamente as mesmas coisas que tornarão sua vida por toda a eternidade a melhor que ela pode ser”, disse ele. “Hoje, para ajudá-los a se qualificarem para receber as ricas bênçãos que o Pai Celestial tem para vocês, eu os convido a adotarem a prática de ‘pensar celestial’. Pensar celestial significa ter uma mente espiritual, disse ele.

“A mortalidade é um curso de mestrado em que aprendemos a escolher as coisas de maior importância eterna”, disse Presidente Nelson. “Um número enorme de pessoas vive como se não existisse nada além desta vida. Contudo, suas escolhas de hoje determinarão três coisas: onde viverão por toda a eternidade, o tipo de corpo com o qual ressuscitarão e as pessoas com quem viverão para sempre. Portanto, pensem celestial.

Presidente Nelson observou que, em sua primeira mensagem como Presidente da Igreja, compartilhada em 16 de janeiro de 2018, no anexo do Templo de Salt Lake, ele incentivou os ouvintes a “começarem com o fim em mente. Isto significa tornar do reino celestial sua meta eterna, e depois ponderar cuidadosamente onde cada uma de suas decisões aqui na Terra os colocarão no mundo vindouro.”

Ao fazerem escolhas, Presidente Nelson convidou os santos dos últimos dias a “buscarem a perspectiva mais longa, a perspectiva eterna.”

A vida eterna depende da fé em Jesus Cristo e em Sua Expiação, e da obediência a Suas leis, ensinou Presidente Nelson. O profeta Jacó, do Livro de Mórmon, ensinou que “ter mente espiritual é vida eterna” (ver 2 Néfi 9:39).

“A obediência é o que pavimenta a vida para um caminho de alegria hoje e uma grandiosa e eterna recompensa amanhã”, disse ele. “Ao se depararem com um dilema, pensem celestial. Ao serem testados com uma tentação, pensem celestial. Quando a vida ou entes queridos o decepcionarem, pensem celestial. Quando alguém morrer prematuramente, pensem celestial. Quando alguém sofre por um longo tempo com uma doença devastadora, pensem celestial. Quando as pressões da vida o cercarem, pensem celestial. Ao se recuperarem de um acidente ou ferimento, como o que estou passando agora, pensem celestial.”

“À medida que os membros da Igreja se concentram em pensar celestial, saibam que haverá oposição”, ensinou ele.

“Ao pensarem celestial, seu coração mudará gradualmente. Vocês desejarão orar com mais frequência e mais sinceridade”, disse Presidente Nelson. “... a resposta do Senhor às suas orações pode surpreendê-los e ajudá-los a pensarem celestial.”

As orações não deveriam soar como uma lista de compras. “Nossas orações podem, e devem ser, conversas com nosso Pai Celestial”, disse ele.

Pensar celestial nos levará a evitarmos qualquer coisa que roube o arbítrio, tais como o vício, disse Presidente Nelson.

Presidente Russell M. Nelson de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, fala por meio de uma mensagem em vídeo, durante a 193ª Conferência Geral Semianual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias no Centro de Conferências em Salt Lake City no domingo, 1 ° de outubro de 2023.
Presidente Russell M. Nelson de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, fala por meio de uma mensagem em vídeo, durante a 193ª Conferência Geral Semianual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias no Centro de Conferências em Salt Lake City no domingo, 1 ° de outubro de 2023. | Jeffrey D. Allred, Deseret News

“Qualquer vício, seja videogames, jogos de azar, dívidas, drogas, álcool, raiva, pornografia, sexo ou até mesmo comida, ofende o Senhor. Por quê? Porque sua obsessão se torna seu deus. Vocês buscam sua obsessão, e não a Deus, em busca de consolo. Se vocês sofrem com um vício, busquem a ajuda espiritual e profissional de que precisam. Por favor, não permitam que uma obsessão roube sua liberdade de seguir o fabuloso plano de Deus.”

Pensar celestial também ajudará os membros a obedecerem à lei da castidade, disse ele. “Poucas coisas complicarão mais sua vida do que violar esta lei divina. Para vocês que fizeram convênios com Deus, a imoralidade é um dos meios mais rápidos de se perder um testemunho.”

Muitas das tentações mais implacáveis do adversário envolvem a violação da pureza moral, disse Presidente Nelson. “O poder de criar vida é o único privilégio da divindade que o Pai Celestial permite que Seus filhos mortais exerçam. Por esse motivo, Deus determinou diretrizes claras para o uso deste poder divino. A intimidade física é exclusiva para um homem e uma mulher que são casados um com o outro.”

Grande parte do mundo não crê nisso, “mas a opinião pública não é o árbitro da verdade”, disse ele. “O Senhor declarou que nenhuma pessoa impura alcançará o reino celestial. Portanto, ao tomarem decisões quanto à moralidade, por favor, pensem celestial.”

Pensar celestial permitirá que os indivíduos vejam as provações e a oposição sob uma nova luz e sua fé aumentará. “Quando alguém que vocês amam atacar a verdade, pensem celestial e não questionem seu próprio testemunho”, ensinou ele.

Presidente Nelson incentivou os ouvintes a estarem preparados para as mentiras do adversário.

“Busquem a orientação de vozes em que possam confiar: de profetas, videntes e reveladores e dos sussurros do Espírito Santo, que ‘vos mostrará todas as coisas que deveis fazer’ (2 Néfi 32:5). Por favor, façam o esforço espiritual que aumentará sua capacidade de receberem revelação pessoal.”

Presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, compartilha sua mensagem por meio de um vídeo pré-gravado, durante a 193ª Conferência Geral Semestral de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, realizada no Centro de Conferências em Salt Lake City no domingo, 1° de outubro de 2023.
Presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, compartilha sua mensagem por meio de um vídeo pré-gravado, durante a 193ª Conferência Geral Semestral de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, realizada no Centro de Conferências em Salt Lake City no domingo, 1° de outubro de 2023. | Jeffrey D. Allred, Deseret News

Presidente Nelson prometeu que a fé daqueles que pensam celestial aumentará.

“Quando eu era um jovem residente, eu ganhava US$ 15 por mês. Certa noite, minha esposa Dantzel me perguntou se eu estava pagando o dízimo daquele mísero salário. Eu não estava. Rapidamente me arrependi e comecei a pagar US$ 1,50 a mais de dízimo por mês. Fez alguma diferença para a Igreja termos aumentamos nosso dízimo? Claro que não. Contudo, ser um dizimista integral mudou a mim. Foi então que aprendi que pagar o dízimo está relacionado à fé, e não ao dinheiro. Como dizimista integral, as janelas do céu começaram a se abrir para mim. Atribuo as várias subsequentes oportunidades profissionais ao nosso fiel pagamento do dízimo.”

Pagar o dízimo exige fé e também edifica a fé em Deus e em Seu Filho, disse Presidente Nelson. “Escolher viver uma vida virtuosa em um mundo sexualizado e politizado edifica a fé. Passar mais tempo no templo edifica a fé. E seu serviço e adoração no templo os ajudarão a pensar celestial.”

“O templo é um lugar de revelação, ensinou Presidente Nelson. “No templo lhes é mostrado como progredirem em direção a uma vida celestial”, disse ele. “Lá vocês são atraídos para mais perto do Salvador e lhes é dado mais acesso ao Seu poder. Lá vocês serão guiados a solucioarem os problemas de sua vida, mesmo os problemas mais perturbadores.

“As ordenanças e convênios do templo têm significado eterno.”

NEWSLETTER
Receba destaques do Church News entregues semanalmente na sua caixa de entrada grátis. Digite seu endereço de e-mail abaixo.

Novos conversos, crianças de 11 anos e membros que retornam à atividade podem ‘ter outra experiência espiritual e outra conexão’, diz Élder Andersen

“Eles podem ajudar de alguma forma e, quando fazem uma descoberta, esse entusiasmo é contagiante”, dizem palestrantes da RootsTech 2024

“Nossa paixão é ajudá-los a encontrarem as peças que faltam”, diz Steve Rockwood no início da RootsTech 2024

Da Mongólia ao Quênia e ao País de Gales, veja como líderes e membros da Igreja estão construindo relacionamentos inter-religiosos

Não importa o que as pessoas tenham realizado no passado, a vida é uma contínua busca para sermos melhores, incluindo melhor espiritualmente para serem mais gentil, mais esperançosos e mais amorosos, compartilha Lloyd Newell esta semana em “Música e Palavras de Inspiração”.

Em um mundo definido pela polarização política, tensões raciais e divisões culturais, o evangelho de Jesus Cristo pode promover a união