Menu

Presidente Nelson anuncia 20 novos locais para templos, aumentando o total da Igreja para 335 em todo o mundo

Em menos de 6 anos como Presidente da Igreja de Jesus Cristo, o Presidente Nelson anunciou um total de 153 novos templos. Veja quais são os novos locais aqui.

Nota do editor: Este artigo foi atualizado em 2 de outubro de 2023.

No encerramento da sessão da tarde de domingo da conferência geral de outubro de 2023, Presidente Russell M. Nelson anunciou planos para a construção de 20 templos novos em vários locais, aumentando o total de templos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias — dedicados, em construção ou em planejamento – para 335 em todo o mundo.

E com essas 20 novas casas do Senhor anunciadas no domingo, 1º de outubro, Presidente Nelson anunciou um total de 153 novos templos durante os cinco anos e oito meses em que tem servido como Presidente da Igreja.

Os 20 locais recém-anunciados são:

  • Savai’i Samoa
  • Cancún, México
  • Piura, Peru
  • Huancayo, Peru
  • Viña del Mar, Chile
  • Goiânia, Brasil
  • João Pessoa, Brasil
  • Calabar, Nigéria
  • Costa do Cabo, Gana
  • Luanda, Angola
  • Mbuji-Mayi, República Democrática do Congo
  • Laoag, Filipinas
  • Osaka, Japão
  • Kahului, Maui, Havaí
  • Fairbanks, Alasca
  • Vancouver, Washington
  • Colorado Springs, Colorado
  • Tulsa, Oklahoma
  • Roanoke, Virgínia
  • Ulaanbaatar, Mongólia

Esta foi a segunda vez que Presidente Nelson anunciou 20 templos, o maior número já anunciado de uma só vez. Os outros 20 templos foram anunciados durante a conferência geral de abril de 2021.

Presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, compartilha sua mensagem remotamente, no encerramento da 193ª Conferência Geral Semianual, realizada no Centro de Conferências de Salt Lake City, Utah no domingo, 1° de outubro de 2023.
Presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, compartilha sua mensagem remotamente, no encerramento da 193ª Conferência Geral Semianual, realizada no Centro de Conferências de Salt Lake City, Utah no domingo, 1° de outubro de 2023. | Captura de tela de churchofjesuschrist.org

Passar mais tempo no templo edifica a fé, e o serviço e a adoração no templo nos ajudarão a “pensar celestial”, disse Presidente Nelson, destacando o tema da sua mensagem da conferência.

No templo, os santos dos últimos dias “aprendem como progredir em direção a uma vida celestial”, disse ele. “Lá você é atraído para mais perto do Salvador e tem maior acesso ao Seu poder. Lá você é guiado a resolver os problemas da sua vida, até mesmo os problemas mais complexos.”

As ordenanças e convênios do templo “têm significado eterno”, acrescentou. “Continuamos a construir mais templos para tornar estas possibilidades sagradas uma realidade na vida de cada um de vocês.”

Do número total de 153 templos anunciados pelo Presidente Nelson, sete casas do Senhor já foram dedicadas, com quatro agendadas para dedicação antes de meados de janeiro de 2024. Outros 43 templos estão em construção, com dois templos adicionais programados para abertura de terra ainda este mês.

E esses 153 templos anunciados em menos de seis anos representam quase 46% do total de 335 templos da Igreja, dedicados, em construção, passando por uma reforma ou em planejamento e projeto.

Presidente Nelson, de 99 anos, participou remotamente da conferência geral de outubro de 2023, recuperando-se após uma queda há três semanas, que afetou os músculos da parte inferior das costas. Ele assistiu às sessões de casa e pré-gravou seu discurso na sessão da tarde de domingo incluindo o anúncio de 20 novos locais para a construção de templos.

Mais sobre os novos locais dos templos

Os templos de Luanda, Angola, e Ulaanbaatar, Mongólia, serão os primeiros nas respectivas nações.

Um templo em Savai’i, Samoa, será a segunda casa do Senhor daquela nação no Pacífico, juntando-se ao Templo de Apia Samoa, que foi dedicado em 1983, e rededicado em 2005, após reformas. O Templo de Pago Pago Samoa Americana está em construção na ilha vizinha, em território dos EUA. 

Um templo para Cancún será o 24º no México. O país norte-americano tem 13 templos dedicados e em funcionamento. O primeiro deles foi o Templo da Cidade do México, dedicado em 1983, seguido por outros encontrados em Ciudad Juarez, Colonia Juárez, Guadalajara, Hermosillo, Mérida, Monterrey, Oaxaca, Tampico, Tijuana, Tuxtla Gutiérrez, Veracruz e Villahermosa. Os templos em construção estão em Puebla, Querétaro e Torreón. E foram anunciados templos para a Cidade do México Benemérito, Cuernavaca, Culiacán, Pachuca, San Luis Potosí, Toluca e Tula. 

Com o anúncio dos templos de Piura e Huancayo, o Peru terá um total de nove templos. Os templos em funcionamento são o Templo de Lima Peru (1986), Templo de Trujillo Peru (2015) e Templo de Arequipa Peru (2019), com a dedicação do Templo de Lima Peru Los Olivos agendada para 14 de janeiro de 2024. Três outros templos foram anunciados nos últimos 18 meses, em Chiclayo, Cusco e Iquitos. 

Um templo em Viña del Mar será o quinto do Chile. O Templo de Santiago Chile (dedicado em 1983 e rededicado em 2006). O Templo de Concepción Chile (2018) estão funcionando, o Templo de Antofagasta Chile está em construção e um segundo templo em Santiago está na fase de planejamento e projeto.

Após o anúncio dos templos em Goiânia e João Pessoa, o Brasil contará com um total de 22 templos, . A nação sul-americana tem 10 templos em funcionamento em Belém, Brasília, Campinas, Curitiba, Fortaleza, Manaus, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo, com dois em construção em Belo Horizonte e Salvador. Templos em fase de planejamento estão localizados em Londrina, Maceió, Natal, Ribeirão Preto, Santos, São Paulo Leste, Teresina e Vitória.

Com um templo anunciado em Calabar, a Nigéria agora têm cinco templos, tendo sido o Templo de Aba Nigéria, dedicado em 2005, o primeiro deles. Os três templos anunciados e que estão em planejamento estão localizados em Benin City, Lagos e Eket. 

O templo anunciado em Cabo da Costa, Gana, será o terceiro no país da África ocidental. O Templo de Acra Gana, dedicado em 2004, foi o primeiro de Gana e o segundo no continente africano. Um templo em Kumasi foi anunciado em 2021.

A República Democrática do Congo agora têm quatro casas do Senhor, incluindo o Templo de Kinshasa República Democrática do Congo em funcionamento, dedicado em 2019. O Templo de Lubumbashi República Democrática do Congo está em construção e um templo está em planejamento para Kanganga. 

Um templo em Laoag, Filipinas, será o 13º na nação insular do sudeste asiático. Duas casas do Senhor, o Templo de Manila Filipinas (1984) e o Templo de Cebu City Filipinas (2010), estão atualmente em funcionamento, com quatro outros templos em construção, localizados em Alabang, Bacolod, Davao e Urdaneta. Templos também estão planejados para Cagayan de Oro, Iloilo, Naga, Santiago, cidade de Tacloban e cidade de Tuguegarao.

O Japão abrigará cinco templos, com o anúncio de uma nova casa do Senhor em Osaka. Em operação estão o Templo de Tóquio Japão (dedicado em 1980 e rededicado em 2022), o Templo de Fukuoka Japão (2000) e o Templo de Sapporo Japão (2016). O Templo de Okinawa Japão será dedicado no próximo mês.

Uma casa do Senhor em Kahului, no Havaí, será na ilha de Maui. Tanto a ilha como a cidade específica foram notícia no mês passado, após incêndios florestais que resultaram na destruição massiva e na morte de quase 100 pessoas, incluindo cinco santos dos últimos dias. O Templo de Laie Havaí está em seu segundo século de dedicação, tendo sido dedicado em 1919. O Templo de Kona Havaí (dedicado em 2000) acabou de fechar para reformas.

 Com um templo anunciado em Fairbanks, Alasca, aquela estaca terá seu segundo templo e uma segunda casa do Senhor em construção. Isso se deve ao recente anúncio da reconstrução do Templo de Anchorage Alasca, que foi dedicado em 1999. Este templo permanecerá em funcionamento, enquanto um novo templo for construído adjacente ao terreno do templo.

Um templo em Vancouver, Washington, significa que a área metropolitana de Portland, Oregon, terá uma segunda casa do Senhor, com Vancouver a apenas 32 quilômetros ao norte do Templo de Portland Oregon, que foi dedicado em 1989. Uma casa do Senhor em Vancouver será o sexto do estado de Washington, que têm quatro templos em funcionamento: o Templo de Seattle Washington (dedicado em 1980), o Templo de Spokane Washington (1999), o Templo de Columbia River Washington (2001) e o recentemente dedicado Templo de Moses Lake Washington. (2023). Um templo em Tacoma foi anunciado em 2022.

O estado do Colorado terá quatro templos, após o anúncio de uma nova casa do Senhor em Colorado Springs. Atualmente em operação estão o Templo de Denver Colorado (1986) e o Templo de Fort Collins Colorado (2016), com o Templo de Grand Junction Colorado em construção.

Um templo em Tulsa será o segundo no estado, sendo o primeiro o Templo de Oklahoma City Oklahoma, dedicado em 2000 e rededicado em 2019.

Com Roanoke identificado como local para uma nova casa do Senhor, o ano de 2023 será lembrado como um ano de “templo” no estado da Virgínia, dada a rededicação no início deste ano do Templo de Richmond Virgínia e o anúncio do novo templo em Winchester, durante a conferência geral de abril de 2023.

NEWSLETTER
Receba destaques do Church News entregues semanalmente na sua caixa de entrada grátis. Digite seu endereço de e-mail abaixo.

Novos conversos, crianças de 11 anos e membros que retornam à atividade podem ‘ter outra experiência espiritual e outra conexão’, diz Élder Andersen

“Eles podem ajudar de alguma forma e, quando fazem uma descoberta, esse entusiasmo é contagiante”, dizem palestrantes da RootsTech 2024

“Nossa paixão é ajudá-los a encontrarem as peças que faltam”, diz Steve Rockwood no início da RootsTech 2024

Da Mongólia ao Quênia e ao País de Gales, veja como líderes e membros da Igreja estão construindo relacionamentos inter-religiosos

Não importa o que as pessoas tenham realizado no passado, a vida é uma contínua busca para sermos melhores, incluindo melhor espiritualmente para serem mais gentil, mais esperançosos e mais amorosos, compartilha Lloyd Newell esta semana em “Música e Palavras de Inspiração”.

Em um mundo definido pela polarização política, tensões raciais e divisões culturais, o evangelho de Jesus Cristo pode promover a união