Menu

O que Presidente Nelson ensinou durante a conferência geral de abril de 2023?

Presidente Nelson falou sobre a necessidade de pacificadores na conflituosa sociedade atual

Nota do editor: No final de semana da conferência geral, o Church News mais uma vez proporcionou traduções próprias em português para ajudar os membros a acompanharem o evento. Tais traduções podem ou não coincidir com as traduções encontradas nos sites da Igreja, sendo que seu conteúdo é o mesmo. 

Anos atrás, durante uma residência cirúrgica, Presidente Russell M. Nelson ajudou um cirurgião a amputar uma perna repleta de gangrena infecciosa. 

Em certo momento da delicada operação, o cirurgião explodiu de raiva contra alguém da equipe, e jogou seu bisturi, o qual caiu no antebraço de Presidente Nelson.

Felizmente, Presidente Nelson não foi infectado, mas a experiência deixou uma impressão duradoura.

“Naquele momento, prometi a mim mesmo que, independentemente do que acontecesse em minha sala de cirurgia, eu nunca perderia o controle de minhas emoções. Naquele dia, também prometi a mim mesmo que jamais lançaria qualquer coisa em um momento de raiva, fossem bisturis ou palavras”, relatou Presidente Nelson em seu discurso na manhã de domingo, durante a conferência geral de abril de 2023.

Observando a contenda venenosa que infecta o diálogo cívico e muitos relacionamentos pessoais atualmente, Presidente Nelson falou sobre a necessidade de pacificadores no mundo, e convidou os ouvintes a examinarem seu discipulado dentro do contexto da maneira como tratam outras pessoas.

“Hoje é Domingo de Ramos. “Estamos nos preparando para comemorar o evento mais importante e extraordinário já registrado na Terra, que é a Expiação e a Ressurreição do Senhor Jesus Cristo. Uma das melhores maneiras de honrarmos o Salvador é nos tornarmos pacificadores”, disse ele.

Presidente Russell M. Nelson discursa durante a sessão da manhã de domingo, da 193ª Conferência Geral Anual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, em 2 de abril de 2023.
Presidente Russell M. Nelson discursa durante a sessão da manhã de domingo, da 193ª Conferência Geral Anual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, em 2 de abril de 2023. | A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

A necessidade de pacificadores

A vulgaridade, o julgamento e a difamação são muito comuns hoje em dia, disse Presidente Nelson. “Fico extremamente preocupado com o fato de que tantas pessoas parecem crer que é completamente aceitável condenar, caluniar e difamar qualquer pessoa que não concorde com elas.”

A ira, a hostilidade e a contenda nunca levam a soluções inspiradas, disse ele. Lamentavelmente, o comportamento contencioso é, às vezes, encontrado entre os santos dos últimos dias.

Alguns humilham cônjuges e filhos, usam explosões de raiva para controlar terceiros, punem indivíduos com o “tratamento silencioso” ou os intimidam.

“Meus queridos irmãos e irmãs, isso não deveria acontecer”, declarou Presidente Nelson. “Como discípulos de Jesus Cristo, devemos ser um exemplo de como interagir com o próximo, especialmente quando nossas opiniões divergem. Uma das maneiras mais fáceis de se identificar um verdadeiro seguidor de Jesus Cristo é ver quão compassiva essa pessoa é com os outros.”

Os verdadeiros discípulos são pacificadores

O Salvador deixou claro para seguidores em ambos os hemisférios: “Bem-aventurados os pacificadores” (Mateus 5:9, 3 Néfi 12:9). “Ele também disse: Amai vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem” (Mateus 5:44, 3 Néfi 12:44).

Antes de Sua morte, o Salvador ordenou a Seus apóstolos: “Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros” (João 13:35).

Presidente Nelson disse: “A mensagem do Salvador é clara: Seus verdadeiros discípulos edificam, elevam, incentivam, persuadem e inspiram — não importa quão difícil seja a situação. Os verdadeiros discípulos de Jesus Cristo são pacificadores.”

Presidente Russell M. Nelson discursa durante a sessão da manhã de domingo, da 193ª Conferência Geral Anual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, em 2 de abril de 2023.
Presidente Russell M. Nelson discursa durante a sessão da manhã de domingo, da 193ª Conferência Geral Anual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, em 2 de abril de 2023. | A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

A Expiação do Salvador nos possibilitou vencer todo o mal, inclusive a contenda. “Aqueles que promovem contendas seguem exatamente as regras do jogo de Satanás, quer percebam ou não. (...) Não podemos apoiar Satanás com nossos ataques verbais e depois acharmos que ainda podemos servir a Deus.” 

A maneira como tratamos uns aos outros realmente importa, disse Presidente Nelson. “A maneira como falamos com e sobre outras pessoas em casa, na igreja, no trabalho e na internet realmente importa. Hoje, peço que interajamos com os outros de uma maneira mais elevada e sagrada.”

Ao dizer aos ouvintes “ouçam com atenção”, Presidente Nelson declarou: “’Se houver algo virtuoso, amável, de boa fama, ou louvável’ que possamos falar sobre outra pessoa, seja na frente dela ou pelas costas esse deve ser nosso padrão de comunicação.”

A contenda afasta o Espírito e nunca é a melhor maneira de resolvermos as diferenças, ensinou ele. “A contenda é uma escolha. Ser um pacificador é uma escolha. Você tem o arbítrio para escolher a contenda ou a reconciliação. Eu os exorto a escolherem ser pacificadores, hoje e sempre.”

Os santos dos últimos dias podem mudar o mundo, “uma pessoa e uma interação por vez. Como? Buscando maneiras de lidar com as diferenças sinceras de opinião, com respeito mútuo e um diálogo cordial”, disse Presidente Nelson.

A caridade é o antídoto

Diferenças de opinião fazem parte da vida. Presidente Nelson disse que quer ouvir ideias e opiniões sinceras das pessoas com quem trabalha diariamente, especialmente a respeito de temas delicados.

Seus conselheiros, Presidente Dallin H. Oaks e Presidente Henry B. Eyring, são exemplares no modo como se expressam, mesmo quando têm opiniões diferentes. “Eles o fazem com puro amor de um pelo outro. (...) Porque cada um deles é repleto de caridade, ‘o puro amor de Cristo’, nossas deliberações podem ser guiadas pelo Espírito do Senhor”, explicou Presidente Nelson.  

Presidente Russell M. Nelson discursa durante a sessão da tarde de domingo da 193ª Conferência Geral Anual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias em 2 de abril de 2023.
Presidente Russell M. Nelson discursa durante a sessão da tarde de domingo da 193ª Conferência Geral Anual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias em 2 de abril de 2023. | A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

A caridade é o antídoto para a contenda, disse ele. “A caridade é o dom espiritual que nos ajuda a abandonarmos o homem natural, que é egoísta, defensivo, orgulhoso e invejoso. A caridade é a principal característica de um verdadeiro seguidor de Jesus Cristo. A caridade define um pacificador.”

É preciso humildade para orarmos “com toda a energia de [n]osso coração” (Morôni 7:48), pelo dom da caridade, disse Presidente Nelson, mas aqueles abençoados “com esse dom celestial” são longânimes e bondosos, não se irritam facilmente e não pensam mal dos outros.

Presidente Nelson disse que não está falando sobre “paz a qualquer preço”, mas a respeito de tratarmos os outros de acordo com o convênio feito ao tomarmos o sacramento, de sempre nos lembrarmos do Salvador. 

“Em situações extremamente tensas e repletas de contenda, eu os convido a se lembrarem de Jesus Cristo. Orem para que tenham a coragem e a sabedoria de dizer ou fazer o que Ele diria ou faria. Ao seguirmos o Príncipe da Paz, nos tornaremos Seus pacificadores”, prometeu ele.

Presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, cumprimenta os participantes da conferência geral no Centro de Conferências em Salt Lake City, antes da sessão da tarde de domingo, 2 de abril de 2023.
Presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, cumprimenta os participantes da conferência geral no Centro de Conferências em Salt Lake City, antes da sessão da tarde de domingo, 2 de abril de 2023. | A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

‘Examine profundamente seu coração’

Presidente Nelson expressou sua esperança de que as pessoas examinem profundamente seu próprio coração, para verem se há farpas de orgulho ou inveja, que as impeçam de se tornarem pacificadoras.

“Agora é o momento de deixar de insistir que o único jeito certo é o seu. Agora é o momento de deixar de fazer com que os outros sintam como se estivessem pisando em ovos, temendo aborrecê-lo. (...) Se seu arsenal verbal está repleto de insultos e acusações, agora é o momento de abandoná-los. Vocês se erguerão como homens ou mulheres de Cristo espiritualmente fortes”, disse Presidente Nelson.

Os convênios do templo conferem às pessoas o poder de Deus e a capacidade de vencerem Satanás, o instigador de toda contenda. “Expulsem-no de seus relacionamentos...”, declarou Presidente Nelson. “Os pacificadores atrapalham o adversário.”

O Profeta abençoou os ouvintes para que “substituam a agressividade pela súplica, a animosidade pela compreensão e a contenda pela paz. (...) [Cristo] nos ajudará a nos tornarmos Seus pacificadores.”

NEWSLETTER
Receba destaques do Church News entregues semanalmente na sua caixa de entrada grátis. Digite seu endereço de e-mail abaixo.

Membros do Coro e Orquestra do Tabernáculo aprendem sobre os laços entre os E.U.A. e as Filipinas no Cemitério e Memorial Americano de Manila, entre apresentações e ensaios, durante sua turnê pelas Filipinas. Veja também fotos do ensaio para o concerto de música sacra.

Saiba mais sobre as recentes doações da Igreja para hospitais e organizações de saúde no Camboja, Guam, Mongólia e Filipinas.

O então élder Rendell N. Mabey batizou no mar o fiel pioneiro Billy Johnson, em 1978. Agora, seus respectivos bisneto e neto estão servindo juntos na Missão Acra Gana

Primeira Presidência divulga ilustrações do exterior dos templos de Lone Mountain Nevada, McKinney Texas e Birmingham Inglaterra

A localização do Templo de Vancouver Washington foi divulgada há menos de 5 meses depois que a nova casa do Senhor foi anunciada.

Veja projetos humanitários recentemente realizados na Romênia, Itália, Rússia, Cazaquistão, Belarus e Portugal