Menu

No Juneteenth, em Memphis, a Igreja e a NAACP anunciam mais ajuda para mães e bebês

A doação de US$ 500.000 da Igreja ajudará a renovar a Filial NAACP Memphis para reuniões do MyBaby4Me e outras ações da comunidade

Nota do editor: Juneteenth, dia 19 de junho, é a data de comemoração do fim da escravidão nos E.U.A. Ela tem sido comemorada desde 1866 no Texas e em 2021 se tornou feriado nacional no país, graças a esforços de organizações de direitos civis, tais como a Associação Nacional para o Progresso de Pessoas de Cor (NAACP, na sigla em inglês).

MEMPHIS, Tennessee — Em um código postal com uma das maiores taxas de mortalidade infantil dos Estados Unidos, o programa MyBaby4Me [em inglês], oferece esperança a dezenas de mulheres grávidas, assim como novas mães e suas famílias, desde novembro de 2022.

Na filial de Memphis da Associação Nacional para o Progresso de Pessoas de Cor na segunda-feira, 19 de junho, feriado do Juneteenth, que comemora o fim da escravidão nos E.U.A., a NAACP e A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias anunciaram esforços para garantirem a longevidade e o sucesso do MyBaby4Me.

A Igreja está doando US$ 500.000 para ajudar a reformar a filial da NAACP em Memphis, onde são realizadas as aulas do MyBaby4Me.

“Feliz Juneteenth e Freedom Day [Dia da Liberdade]. Nós acolhemos, prezamos e acreditamos na veracidade do princípio da liberdade em A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, e é com esse espírito que nos unimos a vocês hoje”, disse Élder Matthew S. Holland, Setenta Autoridade Geral e primeiro conselheiro na presidência da Área América do Norte Sudeste da Igreja, durante uma coletiva de imprensa.

MyBaby4Me é uma das várias iniciativas educacionais e humanitárias da Igreja e da NAACP, para beneficiar a comunidade negra e promover a autossuficiência. Em junho de 2021, a Igreja prometeu US$ 2 milhões por ano durante três anos para ajudar a financiar estes tipos de projetos.

Élder Holland disse que o envolvimento da Igreja no programa reflete os dois grandes mandamentos do Salvador: amar a Deus e amar o próximo. “Estamos honrados, como Igreja, por podermos fazer isto, e é um sinal de nossa confiança nestes grandes líderes e no que eles estão fazendo, além do MyBaby4Me, um programa comprovado”, disse ele. 

Élder Matthew S. Holland, Setenta Autoridade Geral (segundo a partir da direita), com Vickie Terry (centro), diretora executiva da Filial NAACP Memphis e outros, na manhã do Juneteenth, segunda-feira, 19 de junho de 2023. A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias está doando US$ 500.000 para ajudar a reformar a filial.
Élder Matthew S. Holland, Setenta Autoridade Geral (segundo a partir da direita), com Vickie Terry (centro), diretora executiva da Filial NAACP Memphis e outros, na manhã do Juneteenth, segunda-feira, 19 de junho de 2023. A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias está doando US$ 500.000 para ajudar a reformar a filial. Esta reforma criará um ponto de encontro comunitário convidativo para reuniões do MyBaby4Me e outras ações da comunidade e da NAACP. Os trabalhadores também instalarão uma cozinha comercial para alimentar os participantes do programa. | A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

O objetivo da reforma é ajudar a criar um ponto de encontro comunitário convidativo, para reuniões do MyBaby4Me e outras ações comunitárias e da NAACP. Os trabalhadores também instalarão uma cozinha comercial, para alimentar as mulheres e crianças participantes do programa.

“Estou muito animada com este dia”, disse Vickie Terry, diretora executiva da Filial NAACP Memphis, que contou pela primeira vez a Élder Holland sobre sua preocupação com a mortalidade infantil em sua área, durante uma reunião há um ano. “Que dia melhor para se fazer isto do que no Juneteenth, quando estamos todos juntos, trabalhando juntos, para garantirmos que este seja um lugar para mulheres grávidas e que já tiveram bebês.”

Outros participantes da coletiva de imprensa incluíram Vann Turner, presidente da Filial NAACP Memphis; Ann Marie Wallace, da Baptist Memorial Health Care; Michael V. Beheshti, coordenador humanitário e de serviço da Área América do Norte Sudeste da Igreja; e outros membros da NAACP e da comunidade.

Como o MyBaby4Me está fazendo a diferença

Ashley Martin, moradora de Memphis, estava grávida de oito semanas de seu primeiro filho, quando viu um anúncio na TV sobre o MyBaby4Me. “Eu estava com medo e não sabia o que fazer. … Liguei para o número, e o sr. e a sra. Archibald atenderam e disseram: ‘Não se preocupe, tudo ficará bem.’”

Joell e Lynn Archibald, missionários de serviço de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias com o programa MyBaby4Me, a convidaram para participar de uma aula. Agora, com 25 semanas de gravidez, Martin frequenta as aulas todas as semanas e aprendeu sobre nutrição durante a gravidez, como utilizar com segurança a cadeirinha de bebê do carro, e como dormir em segurança, entre outros tópicos.

“Eu estaria perdida. Sempre que venho à aula aprendo alguma coisa. … Qualquer gestante, por favor, venham. É muito útil”, disse ela.

HISTÓRIA RELACIONADA
O que a Igreja e a NAACP estão fazendo para ajudarem mães e grávidas em Memphis

Os Archibalds, que são de Oregon e têm experiência em assistência médica, trabalham com a NAACP, organizações de saúde e parceiros comunitários em Memphis para oferecerem aulas e fornecerem recursos para novas mães e suas famílias.

“A mortalidade infantil é definida como a sobrevivência até a idade de um ano”, explicou Lynn Archibald, “então nosso foco realmente é a gravidez e o primeiro ano de vida.”

As aulas são realizadas na filial da NAACP em Memphis, todas as terças e quintas-feiras, e uma vez por mês no sábado. As participantes recebem uma refeição quente gratuita e um cartão de supermercado. Os Archibalds disseram que 62 sessões em grupo foram oferecidas desde novembro de 2022, com 42 participantes únicas. 

Joell Archibald, uma missionária de serviço de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, mostra um gráfico em espanhol sobre procedimentos para recém-nascidos, durante uma reunião do MyBaby4Me em Memphis, Tennessee, no sábado, 17 de junho de 2023.
Joell Archibald, uma missionária de serviço de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, mostra um gráfico em espanhol sobre procedimentos para recém-nascidos, durante uma reunião do MyBaby4Me em Memphis, Tennessee, no sábado, 17 de junho de 2023. | A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

“É difícil imaginar como a vida pode ser desafiadora, até que você conheça algumas de suas histórias de vida”, disse Joell Archibald. “Só queremos fazer todo o possível para elevá-las e apoiá-las, ajudá-las a terem um bebê saudável, ajudá-las a terem um ambiente saudável para levarem o bebê para casa, e terem o conhecimento do que precisam para cuidarem desse bebê e oferecerem a melhor chance de vida possível.”

Os esforços humanitários da Igreja e da NAACP

Muito foi feito nos dois anos desde que os líderes da Igreja e da NAACP estiveram lado a lado, no Edifício de Administração da Igreja na Praça do Templo e anunciaram iniciativas educacionais e humanitárias.

A Igreja doou US$ 2 milhões para financiar 116 bolsas de estudo, por meio do United Negro College Fund. No verão passado, um grupo de 43 alunos participou da bolsa de estudos Reverendo Amos C. Brown em Gana, onde vivenciaram a cultura ganense, aprenderam sobre sua herança ancestral e se tornaram embaixadores da harmonia racial.

Presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, e Rev. Amos C. Brown, representante da NAACP [Associação Nacional para o Progresso de Pessoas de Cor], se abraçam com o anúncio de uma nova parceria entre as duas organizações, durante uma coletiva de imprensa no Edifício Administrativo da Igreja em Salt Lake City na segunda-feira, dia 14 de junho de 2021. A parceria fornecerá 6 milhões de dólares em ajuda humanitária, ao longo de três anos.
Presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, e Rev. Amos C. Brown, representante da NAACP [Associação Nacional para o Progresso de Pessoas de Cor], se abraçam com o anúncio de uma nova parceria entre as duas organizações, durante uma coletiva de imprensa no Edifício Administrativo da Igreja em Salt Lake City na segunda-feira, dia 14 de junho de 2021. A parceria fornecerá 6 milhões de dólares em ajuda humanitária, ao longo de três anos. | Scott G Winterton, Deseret News

Em outubro de 2022, voluntários da NAACP e santos dos últimos dias instalaram um novo sistema de irrigação em uma horta comunitária em São Francisco. A horta fornece acesso a alimentos frescos, a mais de 100 famílias em um “deserto alimentar”. Para combater a asma, árvores estão sendo plantadas [em inglês] em 10 bairros historicamente negros em todo o país.

A relação da Igreja com a NAACP remonta a 2017, quando os santos dos últimos dias locais ajudaram a reformar os escritórios da NAACP em Jackson, Mississippi. No ano seguinte, em maio de 2018, a Primeira Presidência e os líderes da NAACP divulgaram uma declaração conjunta [em inglês] pedindo maior civilidade e harmonia racial.

Em 2019, Presidente Russell M. Nelson discursou durante a convenção nacional da NAACP em Detroit, Michigan, sobre a construção de pontes de cooperação, em vez de muros de segregação. “Estamos todos conectados e temos a responsabilidade dada por Deus de ajudarmos a tornar a vida melhor para as pessoas ao nosso redor. Não precisamos ser iguais ou parecidos para termos amor uns pelos outros. Nem precisamos concordar uns com os outros para nos amarmos”, disse ele.

“Se temos alguma esperança de recuperarmos a boa vontade e o senso de humanidade pelos quais ansiamos, devemos começar com cada um de nós, uma pessoa de cada vez.”

Um comunicado de imprensa em ChurchofJesusChrist.org [em inglês] observou outros projetos da Igreja em andamento não relacionados com a NAACP, mas consistentes com o espírito do Juneteenth: a reabilitação da Casa Ella J. Baker, que ajuda jovens sem-teto e restringe a violência de gangues em Boston, bem como a inauguração no final deste mês do Centro de História da Família no Museu Internacional Afro-Americano [em inglês] em Charleston, Carolina do Sul.

NEWSLETTER
Receba destaques do Church News entregues semanalmente na sua caixa de entrada grátis. Digite seu endereço de e-mail abaixo.