Menu

‘Vem, e Segue-Me’ de 12 a 18 de fevereiro: O que líderes da Igreja disseram sobre 2 Néfi 3-5?

O guia de estudo desta semana inclui os escritos de Néfi sobre deleitar-se nas escrituras e seu lamento sobre suas fraquezas

O guia “Vem, e Segue-Me” desta semana abrange 2 Néfi 3-5, que inclui os escritos de Néfi sobre deleitar-se nas escrituras e seu lamento por suas fraquezas.

O Church News pesquisou os arquivos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias para saber o que líderes disseram sobre estes capítulos.

2 Néfi 3

“No início da Restauração, por meio de tradução e revelação, inúmeras verdades claras e preciosas apareceram em uma sucessão bastante rápida. Isto ocorreu através de Joseph Smith, o ‘vidente escolhido’ (2 Néfi 3:6). Como quando os convidados do jantar chegam quase todos de uma vez, Joseph, como anfitrião, recebeu, acolheu e anotou devidamente cada verdade. Só mais tarde houve tempo e percepção madura para ver as suas relações e a antiguidade de suas credenciais.”

— Élder Neal A. Maxwell, conferência geral de outubro de 1985, “Pré-mortalidade, uma realidade gloriosa” [em inglês]

“Lemos no Livro de Mórmon que quando Leí estava no deserto, ele disse a seu filho José que o Senhor havia prometido a José, que fora vendido ao Egito, que nos últimos dias Ele levantaria de seus lombos um profeta semelhante a Moisés (ver 2 Néfi 3:6-9) ... Ele disse que seu nome seria José e que o nome de seu pai seria José; e ele disse: ‘a ele darei poder para revelar minha palavra’ (2 Néfi 3:11, 15). ...

“E o Senhor disse: ‘Não somente para revelar minha palavra, … mas para convencê-los da minha palavra, que já lhes terá sido declarada’ (2 Néfi 3:11). O que ele quis dizer com isso? Que no meio destas centenas de igrejas de homens... o Senhor daria a este novo profeta a capacidade de compreender as escrituras que já haviam sido enviadas entre eles. ...

“Então Ele acrescenta: ‘E fá-lo-ei grande a meus olhos’ (2 Néfi 3:8). Independentemente do que o mundo possa pensar do Profeta Joseph Smith, há a declaração do Senhor de que ele seria grande aos Seus olhos.”

— Élder LeGrand Richards, conferência geral de abril de 1981, “Chamado dos profetas” [em inglês]

Néfi cria as placas de ouro nesta cena dos Vídeos do Livro de Mórmon.
Néfi cria as placas de ouro nesta cena dos Vídeos do Livro de Mórmon. | A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

2 Néfi 4

“Parece-me que Néfi era um aluno dedicado às escrituras. Lemos que Néfi se deleitava com as escrituras, meditava sobre elas em seu coração e as escrevia para instrução e proveito de seus filhos (ver 2 Néfi 4:15-16). ...

“Deleitar-se nas escrituras é mais do que ter fome e sede de conhecimento. Néfi sentiu grande alegria durante sua vida. No entanto, ele também enfrentou dificuldades e tristezas (ver 2 Néfi 4:12–13). ‘Não obstante’, disse ele, ‘sei em quem confiei’ (2 Néfi 4:19). Ao estudarmos as escrituras, entenderemos melhor o plano de salvação e exaltação estabelecido por Deus e confiaremos nas promessas que Ele nos fez nas escrituras, bem como nas promessas e bênçãos dos profetas atuais.”

— Élder Arnulfo Valenzuela, conferência geral de outubro de 2021, “Aprofundar nossa conversão a Jesus Cristo

“No Livro de Mórmon, Néfi menciona frequentemente o deleite. Ele se deleitava ‘nas coisas do Senhor’, nas escrituras e no ‘grande e eterno plano’ de nosso Pai Celestial (ver 2 Néfi 4:15-16 ; 11:2-8). De modo notável, Néfi sempre lembrava da fonte de seu deleite em meio às aflições, o que elevava seu espírito e o fazia concentrar-se nas bênçãos eternas.

“Também devemos deleitar-nos nas coisas do Senhor, porque isso eleva nosso coração e nos dá motivos para alegrar-nos (2 Néfi 11:8). ...

“‘Minha alma se deleita nas coisas do Senhor’ (2 Néfi 4:16) — Sua lei, Sua vida, Seu amor. Deleitar-se Nele significa reconhecer Sua mão em nossa vida. Nossa obrigação cristã é fazer o que é certo, amar e nos deleitarmos no que é certo. Quando nos deleitamos em servi-Lo, nosso Pai Celestial Se deleita em abençoar-nos.”

— Irmã Susan W. Tanner, na época recém-desobrigada como presidente geral das Moças, conferência geral de abril de 2008, “Minha alma se deleita nas coisas do Senhor

“[2 Néfi 4:15] nos ensina a ler o Livro de Mórmon. Ela menciona três ideias importantes.

“Primeiro: ‘Minha alma se deleita’. ... Meu coração se enche de alegria ao receber estímulo, orientação, conforto, força e respostas para minhas necessidades. A vida parece ter mais luz e os caminhos se abrem diante de mim. ...

“Segunda: ‘Meu coração nelas medita’. ... O espírito do que li permanece aqui para trazer-me paz e conforto. O conhecimento que adquiri me orienta e dirige. Sinto a confiança advinda da obediência. ...

“[Terceiro], meu coração ‘escreve-as para instrução e proveito de meus filhos’.

“Obviamente não escrevo escrituras como fez Néfi, mas quando leio as escrituras e vivo os princípios ensinados, essas escrituras ficam indeléveis em minha vida. Elas governam minhas ações, onde estão escritas para que meus filhos as vejam e sigam. Posso construir um legado, uma tradição de viver em retidão, baseado nos princípios que aprendo nas escrituras.”

— Irmã Cheryl C. Lant, na época presidente geral da Primária, conferência geral de outubro de 2005, “Minha alma se deleita nas escrituras

“Não existe zona neutra entre o bem e o mal. Se estiverem no lado do diabo, saiam o mais rápido que puderem. Forte como era Néfi, nunca me esqueço de sua humilde oração: ‘Ó Senhor … far-me-ás tremer à vista do pecado?’ (2 Néfi 4:31).”

— Élder W. Eugene Hansen, conferência geral de abril de 1996, “Pastores espirituais

Néfi se ajoelha para orar nesta cena dos Vídeos do Livro de Mórmon.
Néfi se ajoelha para orar nesta cena dos Vídeos do Livro de Mórmon. | A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

“Por sermos mortais, apesar de toda a nossa determinação e esforços, não alcançaremos a perfeição. Entretanto, como o antigo profeta Néfi, cônscios de nossa fraqueza, tentações e erros passados, podemos dizer: ‘Não obstante, sei em quem confiei” (2 Néfi 4:19). Surge assim a resolução natural de renovarmos nossos esforços.

— Élder Ronald E. Poelman, conferência geral de outubro de 1993, “O perdão divino

“Como nos sentimos a respeito das escrituras? Temos o mesmo amor às escrituras que foi expresso por Néfi quando disse: ‘Porque minha alma se deleita nas escrituras e meu coração nelas medita. …

“‘Eis que minha alma se deleita nas coisas do Senhor; e meu coração medita continuamente nas coisas que vi e ouvi’ (2 Néfi 4:15-16).

“Devemos mostrar grande respeito e reverência por essas revelações sagradas. Devemos ser gratos àqueles que registraram e preservaram estas revelações para nossa consulta.”

— Élder L. Lionel Kendrick, conferência geral de abril de 1993, “Examinai as escrituras

“Um modelo de retidão pessoal, que inclui a oração, o estudo das escrituras e o serviço, é a resposta para evitar os perigos mencionados no Livro de Mórmon. Néfi sabia disto quando pediu ao Senhor: ‘Ó Senhor, rodeia-me com o manto da tua retidão!’ (2 Néfi 4:33)”

— Irmã Janette C. Hales, na época segunda conselheira na presidência geral das Moças, conferência geral de abril de 1991, “Um modelo de retidão

“Confiem no Senhor. Como disse Néfi certa vez:

“‘Ó Senhor, confiei em ti e em ti confiarei sempre. Não porei minha confiança no braço de carne, pois sei que aquele que confia no braço de carne é maldito. Sim, maldito é aquele que confia no homem, ou seja, que faz da carne o seu braço.

“‘Sim, sei que Deus dará com liberalidade ao que pedir’ (2 Néfi 4:34-35).

“Voltar-se ao Senhor e confiar Nele é aprender com Suas revelações. A segurança espiritual vem da revelação da verdadeira natureza da Deidade. O Deus em quem acreditamos geralmente determina o tipo de pessoas que somos e nos tornaremos.”

— Élder Charles Didier, conferência geral de abril de 1987, “Segurança espiritual” [em inglês]

“Talvez a expressão mais pessoal e encorajadora de todas, para mim, venha de Néfi, um sincero servo de Deus, que, prestando seu testemunho de gratidão e deleite no Senhor, é honesto o suficiente para dizer: ‘Não obstante, apesar da grande bondade do Senhor, mostrando-me suas grandes e maravilhosas obras, meu coração exclama: Oh! Que homem miserável sou! Sim, meu coração se entristece por causa de minha carne; minha alma se angustia por causa de minhas iniquidades.

“‘Estou cercado por causa das tentações e pecados que tão facilmente me envolvem!

“‘E quando desejo alegrar-me, meu coração geme por causa de meus pecados’ (2 Néfi 4:17-19).

“E então ele clamou ao Senhor por ajuda:

“‘Far-me-ás tremer à vista do pecado?

“‘Ó Senhor, confiei em ti e em ti confiarei sempre. Não porei minha confiança no braço de carne’ (2 Néfi 4:31, 34).

“E assim Néfi entregou sua vida ao Senhor.”

— Élder Marion D. Hanks, conferência geral de abril de 1972, “Alegria por meio de Cristo” [em inglês]

Néfi e sua família fogem de Lamã e Lemuel nesta cena dos Vídeos do Livro de Mórmon.
Néfi e sua família fogem de Lamã e Lemuel nesta cena dos Vídeos do Livro de Mórmon. | A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

2 Néfi 5

“Depois que [Néfi e sua família] chegaram à terra prometida, grandes conflitos continuaram a surgir entre as pessoas que centralizavam sua vida em Cristo e os descrentes, que seguiram o exemplo de Lamã e Lemuel. Por fim, o risco de violência entre os dois grupos se tornara tão grande que Néfi e aqueles que seguiam os ensinamentos do Senhor se separaram e fugiram para o deserto para encontrar segurança. Na ocasião, cerca de 30 anos depois de Leí e sua família terem saído de Jerusalém, Néfi faz uma declaração bem documentada e um tanto surpreendente, especialmente depois de registrar nas escrituras as muitas aflições e tribulações que haviam enfrentado por tanto tempo. Estas são as palavras dele: “E aconteceu que vivemos segundo o padrão da felicidade” (2 Néfi 5:27). Apesar de suas dificuldades, eles foram capazes de viver segundo o padrão de felicidade, porque estavam centralizados em Cristo e em Seu evangelho.”

— Élder Richard J. Maynes, conferência geral de outubro de 2015, “A alegria de viver uma vida centralizada em Cristo

“Um casamento no templo para esta vida e para toda a eternidade é algo digno de seus maiores esforços e da mais alta prioridade. Só depois de ter concluído o templo no deserto, foi que Néfi declarou: ‘E vivemos felizes’ (2 Néfi 5:27). A felicidade é encontrada no templo. No cumprimento dos convênios. Não permita que em sua vida ou em sua casa entre qualquer influência que o faça comprometer seus convênios ou sua devoção à... família”.

— Irmã Elaine S. Dalton, na época presidente geral das Moças, conferência geral de outubro de 2011, “Amem a mãe dela

“Quanto mais conhecermos Jesus, mais O amaremos. Quanto mais conhecermos Jesus, mais confiaremos Nele. Quanto mais conhecermos Jesus, mais desejaremos ser como Ele e estar com Ele, tornando-nos o tipo de pessoa que Ele deseja que sejamos, vivendo aqui ‘felizes’” (2 Néfi 5:27).

— Élder Neal A. Maxwell, conferência geral de abril de 2001, “‘Lavrar com esperança’

“Os avanços tecnológicos, as invenções científicas e os milagres da medicina foram maravilhosos e incríveis. Mas precisamos usá-los adequadamente para que nos proporcionem alegria, e isso exige liderança espiritual e moral. A humanidade já está sobre a Terra há muito tempo. Embora os computadores sejam um utensílio maravilhosamente útil para reduzir o nosso trabalho, devemos lembrar-nos de que os nefitas ‘[viveram] felizes’ (2 Néfi 5:27), embora não tivessem computadores.”

— Presidente James E. Faust, conferência geral de abril de 1999, “Este é o nosso dia

“Quando o povo de Leí chegou às Américas vindo do velho mundo, eles sentiram uma grande dependência do Senhor ao estabelecerem seus lares e trabalharem para se sustentarem. Néfi faz esta anotação em seu registro:

“‘E esforçamo-nos por guardar os juízos e os estatutos e os mandamentos do Senhor em todas as coisas. …

“‘E o Senhor estava conosco; e prosperamos muito, porque plantamos sementes e nossas colheitas foram novamente abundantes. E começamos a criar rebanhos e manadas e animais de toda espécie.

“‘E aconteceu que começamos a prosperar muito e a multiplicar-nos na terra.’ (2 Néfi 5:10-11, 13).

“Esse tipo de prosperidade material sempre foi algo delicado. Provou ser um dos maiores testes que um povo pode enfrentar. ...

“Talvez as maiores tragédias de todos os tempos tenham ocorrido quando as pessoas receberam as bênçãos prometidas do Senhor e depois esqueceram a fonte de sua boa vida.”

— Élder Dean L. Larsen, conferência geral de outubro de 1992, “O Senhor fará os justos prosperarem” [em inglês]

Os nefitas trabalham em um campo nesta cena dos Vídeos do Livro de Mórmon.
Os nefitas trabalham em um campo nesta cena dos Vídeos do Livro de Mórmon. | A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
HISTÓRIAS RELACIONADAS
‘Vem, e Segue-Me’ de 5 a 11 de fevereiro: O que líderes da Igreja disseram sobre 2 Néfi 1-2?
‘Vem, e Segue-Me’ de 29 de janeiro a 4 de fevereiro: O que líderes da Igreja disseram sobre 1 Néfi 16-22?
‘Vem, e Segue-Me’ de 22 a 28 de janeiro: O que líderes da Igreja disseram sobre 1 Néfi 11-15?
NEWSLETTER
Receba destaques do Church News entregues semanalmente na sua caixa de entrada grátis. Digite seu endereço de e-mail abaixo.

O guia de estudo desta semana inclui os ensinamentos de Néfi sobre Jesus Cristo e o profeta Isaías

Novos conversos, crianças de 11 anos e membros que retornam à atividade podem ‘ter outra experiência espiritual e outra conexão’, diz Élder Andersen

“Eles podem ajudar de alguma forma e, quando fazem uma descoberta, esse entusiasmo é contagiante”, dizem palestrantes da RootsTech 2024

“Nossa paixão é ajudá-los a encontrarem as peças que faltam”, diz Steve Rockwood no início da RootsTech 2024

Da Mongólia ao Quênia e ao País de Gales, veja como líderes e membros da Igreja estão construindo relacionamentos inter-religiosos

Não importa o que as pessoas tenham realizado no passado, a vida é uma contínua busca para sermos melhores, incluindo melhor espiritualmente para serem mais gentil, mais esperançosos e mais amorosos, compartilha Lloyd Newell esta semana em “Música e Palavras de Inspiração”.