Menu
Global

Como a Igreja está se esforçando para aumentar a autossuficiência em Fiji

Em colaboração com a ADRA, a Igreja está doando sementes, ferramentas e treinamento para aldeias em Fiji

Uma plantação de mandioca é uma das várias maneiras pelas quais uma colaboração entre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias e a Adventist Development and Relief Agency (ADRA) –[Agência Adventista de Desenvolvimento e Socorro] está ajudando os moradores de Fiji a se tornarem mais autossuficientes, de acordo com a Sala de Imprensa da Igreja no Pacífico [em inglês].

A mandioca é um alimento básico importante em muitas dietas das aldeias de Fiji. A farinha de mandioca, feita a partir da raiz tuberosa de uma planta de mandioca, é isenta de glúten, menos propensa a insetos e pode ser cultivada em fazendas para que os moradores não precisem comprar farinha de trigo.

A Igreja e a ADRA forneceram sementes e implementos agrícolas para plantarem e colherem diferentes vegetais e plantas, incluindo variedades de mandioca. Eles também ofereceram aulas sobre como entender os métodos orgânicos, como cuidar das plantações e como colher, secar e moer a mandioca em farinha.

Em um vídeo publicado na conta do YouTube de A Igreja de Jesus Cristo – Área do Pacífico [em inglês], Aseri Bui mostra como ela e outros moradores de Fiji descascaram a raiz da mandioca, secaram e moeram em farinha para usarem em um bolo de banana. As habilidades que eles aprenderam têm um grande impacto, disse Bui.

“A maioria das famílias aqui não está empregada, mas é agricultora. … Estes tipos de coisas nos ajudam a comermos e plantarmos vegetais. Isto realmente nos ajudou muito”, disse ela.

“Campos de demonstração”, como a plantação de mandioca, foram utilizados para dar treinamento prático às pessoas na produção de uma variedade de vegetais, expandindo assim sua dieta e nutrição.

Os aldeões foram então encorajados a pegarem o que aprenderam e cultivarem sua própria horta em casa. Com pacotes de sementes doados, ferramentas e nova instrução agronômica, as famílias estão cultivando uma variedade de vegetais em seus próprios quintais, como tomate, berinjela, pepino, pimentão, feijão verde e muito mais.

A esperança é que as famílias se tornem competentes o suficiente para iniciarem pequenos negócios, vendendo produtos excedentes e farinha de mandioca. Estima-se que o projeto impactará mais de 250 famílias da aldeia.

NEWSLETTER
Receba destaques do Church News entregues semanalmente na sua caixa de entrada grátis. Digite seu endereço de e-mail abaixo.

Com sua habilidade de entrar em lugares que outros não conseguiam, Marcos ganhou o carinhoso apelido de la Pulga, espanhol para ‘A Pulga’. Sua história é a de se estar no lugar certo na hora certa, observa Lloyd Newell em “Música e Palavras de Inspiração” desta semana com o Coro do Tabernáculo na Praça do Templo.

Professores podem agora registrar a frequência às aulas por meio do aplicativo Ferramentas do Membro.

Estes novos presidentes de missão e respectivas companheiras foram chamados a servir pela Primeira Presidência. Eles começarão seu serviço em julho.

A turnê do Coro do Tabernáculo pelas Filipinas começa com jovens apresentando danças tradicionais. Esta é a segunda parada da turnê “Hope” e a primeira vez do coro nas Filipinas.

Neste vídeo do Church News, “O êxodo de Nauvoo”, líderes e membros na histórica Nauvoo, Illinois, homenagearam os primeiros membros da Igreja, enquanto caminhavam cerca de dois quilômetro pela Parley Street, indo até o rio Mississippi.

Membro da Igreja no Alabama, Mary Helen Allred se sente feliz por poder usar o ServirAgora para continuar um legado de serviço