Menu

Élder Andersen a alunos da BYU–Pathway: 'Acreditem em si mesmos; confiem no Senhor’

Élder Andersen se dirigiu aos alunos da BYU–Pathway durante a transmissão do devocional de 8 de novembro

Sentado em seu escritório, no Edifício de Administração da Igreja, enquanto filmava um devocional transmitido pela BYU–Pathway Worldwide, Élder Neil L. Andersen, do Quórum dos Doze Apóstolos, mostrou uma pedra que levou para casa depois de ter servido por quatro anos no Brasil, como Setenta Autoridade Geral.

De um lado, parecia ser uma rocha simples e comum, mas ao virá-la, Élder Andersen mostrou que “há muito mais por dentro do que é visível do lado de fora.”

Da mesma forma, a BYU–Pathway permite que homens e mulheres dentro e fora da Igreja “tomem esse poder que eles têm por dentro de si e alterem, até certo ponto, o que acontece no exterior”, disse Élder Andersen durante a transmissão que foi ao ar na terça-feira, 8 de novembro.

Ao falar para os alunos de todo o mundo matriculados no programa de educação on-line da Igreja, o apóstolo estava acompanhado pelo presidente da BYU–Pathway Worldwide, Brian K. Ashton, que leu perguntas feitas por alunos.

O tema que emergiu em suas respostas a essas perguntas, e o título do devocional, foi “Acreditem em si mesmos; confiem no Senhor.”

“Eu os amo e estamos muito, muito orgulhosos de vocês pelo esforço que estão fazendo para atingir algo de sua vida”, disse Élder Andersen, “para construírem (…) o que vocês podem se tornar e, mais importante, para se tornarem filhos ou filhas justos de Deus, mas também alguém com capacidade, habilidade, intelecto.”

Élder Neil L. Andersen, do Quórum dos Doze Apóstolos, se dirigiu aos alunos da BYU–Pathway durante um devocional transmitido na terça-feira, 8 de novembro de 2022. Também estava presente o presidente da BYU–Pathway, Brian K. Ashton, à esquerda.
Élder Neil L. Andersen, do Quórum dos Doze Apóstolos, se dirigiu aos alunos da BYU–Pathway durante um devocional transmitido na terça-feira, 8 de novembro de 2022. Também estava presente o presidente da BYU–Pathway, Brian K. Ashton, à esquerda. | Captura de tela da byupathway.org

A primeira pergunta lida pelo presidente Ashton foi como fortalecer a fé em Jesus Cristo pode levar os alunos a serem mais sérios em suas atividades educacionais.

Em resposta, Élder Andersen fez referência a Mateus 6:38 (da versão da Bíblia revisada por Joseph Smith): “Buscai primeiro edificar o reino de Deus, e estabelecer Sua retidão”, assim como e discurso proferido por Presidente Russell M. Nelson na última conferência geral. O profeta “ajudou a nos mostrar que, tendo fé em Cristo e ao realmente amá-Lo, vocês podem afastar muitas das dificuldades que os afligem no mundo”, disse Élder Andersen.

Aqueles que guardam os convênios feitos com Deus podem, como Presidente Nelson prometeu, “vencer as pragas deste mundo que são espiritual e emocionalmente exaustivas, incluindo a arrogância, o orgulho, a raiva, a imoralidade, o ódio, a ganância, a inveja e o medo” (“Vencer o mundo e encontrar descanso”, conferência geral de outubro de 2022).

Conforme as pessoas exercem fé em Cristo, essas questões negativas do adversário não precisam sobrecarregá-las, disse Élder Andersen, e elas podem se concentrar em tornar sua vida melhor e mais feliz.

O presidente Ashton então perguntou que conselho Élder Andersen daria aos alunos, sobre como aproveitar ao máximo sua educação.

Élder Andersen incentivou os alunos a pensarem primeiro no que fazem bem e no que querem fazer. E, se for útil, aproveitem a oportunidade de aprender inglês por meio do EnglishConnect, o programa de aprendizado de inglês da Igreja.

Em segundo lugar, procurem a oportunidade de “mostrar que realizaram algo.”

A BYU–Pathway oferece certificados para obter um diploma. Um certificado pode significar muito para destacar as habilidades dos alunos, disse ele.

À pergunta, “parece que muitas vezes o sucesso vem de se fazer as coisas de forma diferente. Como alguém descobre o que fazer diferente e depois tem a coragem de seguir esse caminho?” O presidente Ashton incentivou os alunos a orarem e pedirem a ajuda do Senhor.

Quando ele faz isso em sua própria carreira, o presidente Ashton disse: “Eu sou muito mais capaz de criar coisas que agregarão valor e realmente farão a diferença. E então, é claro, se eu sinto que isso vem do Senhor, isso me dá muita coragem para seguir em frente.”

“Sejam persistentes”, acrescentou Élder Andersen. “Vocês precisam definir seu curso”, disse ele, e permanecerem determinados a continuarem seguindo.

Presidente Brian K. Ashton, presidente da BYU–Pathway Worlwide, conversa com Élder Neil L. Andersen, do Quórum dos Doze Apóstolos, durante o devocional transmitido na terça-feira, 8 de novembro de 2022.
Presidente Brian K. Ashton, presidente da BYU–Pathway Worlwide, conversa com Élder Neil L. Andersen, do Quórum dos Doze Apóstolos, durante o devocional transmitido na terça-feira, 8 de novembro de 2022. | Captura de tela da byupathway.org

O presidente Ashton observou que muitos alunos da BYU–Pathway enfrentaram desafios em sua educação, quando as coisas não saíram conforme o planejado. Se eles persistirem em fazer um pouco, ou às vezes muito, de esforço, “a ajuda do Senhor vem e vocês serão bem-sucedidos.”

A última pergunta foi como a fé em Jesus Cristo guia os indivíduos em tudo o que fazem.

“A fé é algo que cresce, se vocês permitirem”, disse Élder Andersen. “Ou, se vocês não permitirem, ela diminuirá.”

Portanto, aumentem sua fé, disse o apóstolo. Se as pessoas sentirem que estão recebendo respostas às orações, que estão se tornando mais altruístas, fazendo o bem e cuidando de outras pessoas, então “todas estas coisas lhes dão a chance de receberem a aprovação de nosso Pai Celestial. Vocês sentem Seu amor e Seu terno sentimento de que ‘Estou orgulhoso de você. Eu sei que você não é perfeito. Eu sei que você ainda está aprendendo, ... mas você está no caminho certo.’”

A fé no Senhor Jesus Cristo, sabendo que todas as coisas serão corrigidas, qualquer injustiça, qualquer desigualdade, qualquer dificuldade, permite que as pessoas pensem além de suas circunstâncias atuais e que se tornem quem esperam se tornar, testificou Élder Andersen.

 

NEWSLETTER
Receba destaques do Church News entregues semanalmente na sua caixa de entrada grátis. Digite seu endereço de e-mail abaixo.

Com sua habilidade de entrar em lugares que outros não conseguiam, Marcos ganhou o carinhoso apelido de la Pulga, espanhol para ‘A Pulga’. Sua história é a de se estar no lugar certo na hora certa, observa Lloyd Newell em “Música e Palavras de Inspiração” desta semana com o Coro do Tabernáculo na Praça do Templo.

Professores podem agora registrar a frequência às aulas por meio do aplicativo Ferramentas do Membro.

Estes novos presidentes de missão e respectivas companheiras foram chamados a servir pela Primeira Presidência. Eles começarão seu serviço em julho.

A turnê do Coro do Tabernáculo pelas Filipinas começa com jovens apresentando danças tradicionais. Esta é a segunda parada da turnê “Hope” e a primeira vez do coro nas Filipinas.

Neste vídeo do Church News, “O êxodo de Nauvoo”, líderes e membros na histórica Nauvoo, Illinois, homenagearam os primeiros membros da Igreja, enquanto caminhavam cerca de dois quilômetro pela Parley Street, indo até o rio Mississippi.

Membro da Igreja no Alabama, Mary Helen Allred se sente feliz por poder usar o ServirAgora para continuar um legado de serviço