Menu

Comissário de educação da Igreja compartilha 5 ênfases proféticas para se ensinar os jovens da Igreja

Élder Clark G. Gilbert incentiva educadores da Igreja a utilizarem novas ênfases em seu currículo, assim como na maneira como ensinam e ministram os alunos

Quando Élder Clark G. Gilbert, Setenta Autoridade Geral e comissário de educação da Igreja, chegou ao monte Malad Pass em uma viagem de Salt Lake City a Rexburg, Idaho, ele teve a nítida impressão de ouvir novamente o Devocional Mundial para Jovens Adultos de Presidente Russell M. Nelson de maio passado.

Ao chegar ao topo, Élder Gilbert parou o carro para registrar as impressões que levariam ao seu discurso aos instrutores do Seminário e do Instituto em todo o mundo.

Élder Clark G. Gilbert, Setenta Autoridade Geral e comissário de educação da Igreja, fala aos professores e administradores em todo o mundo sobre as atuais ênfases proféticas, durante a transmissão do treinamento anual dos Seminários e Institutos de Religião de 2023.
Élder Clark G. Gilbert, Setenta Autoridade Geral e comissário de educação da Igreja, fala aos professores e administradores em todo o mundo sobre as atuais ênfases proféticas, durante a transmissão do treinamento anual dos Seminários e Institutos de Religião de 2023. | Captura de tela de ChurchofJesusChrist.org

Nessas observações, transmitidas durante o treinamento anual dos Seminários e Institutos de Religião de 27 de janeiro, ele destacou cinco temas proféticos para incentivar os educadores a utilizarem em seu currículo e na maneira como ensinam e ministram os alunos.

As cinco ênfases proféticas para jovens adultos são:

  1. Conheçam sua identidade divina.
  2. Usem o poder de Jesus Cristo e de Sua Expiação.
  3. Permitam que Deus prevaleça e sigam Seu profeta.
  4. Ensinem a verdade com amor.
  5. Assumam a responsabilidade do seu testemunho.

“Vivemos em tempos perigosos”, disse Élder Gilbert aos instrutores. “Mas o Senhor preparou um ‘padrão em todas as coisas’, para que não sejamos enganados. Parte desse padrão é a presença de um ‘profeta na terra’ para nos ensinar a verdade. Estamos ouvindo e isso afeta a forma como ensinamos e ministramos aos nossos alunos?”

Ele foi acompanhado na transmissão pelo Presidente Geral dos Rapazes, Steven J. Lund, e Chad H. Webb, administrador dos Seminários e Institutos de Religião, que também anunciaram mudanças no programa, incluindo atualizações no crédito dos cursos do Seminário.

1. Conheçam sua identidade divina

“Muitos jovens adultos hoje estão com dificuldades porque não entendem sua verdadeira identidade”, disse Élder Gilbert. No devocional mundial, Presidente Nelson pergunta: “Quem é você? Em primeiro lugar, você é um filho de Deus. Em segundo lugar, como membro da Igreja, você é um filho do convênio. E terceiro, você é um discípulo de Jesus Cristo.”

Presidente Nelson ensinou ainda: “Existem vários rótulos que podem ser muito importantes para você, é claro. Por favor não me entenda mal. Não estou dizendo que outras designações e identificadores não sejam significativos. Estou simplesmente dizendo que nenhum identificador deve deslocar, substituir ou ter prioridade sobre essas três designações duradouras: ‘filho de Deus’, ‘filho da aliança’ e ‘discípulo de Jesus Cristo’”.

Élder Gilbert então “recomendou veementemente” o discurso completo de Presidente Nelson como um recurso central para os educadores religiosos que trabalham com os jovens da Igreja.

2. Usem o poder de Jesus Cristo e de Sua Expiação

Ao estudar as palavras do Profeta, Élder Gilbert disse que reconheceu um padrão em muitas de suas declarações. Primeiro, o Profeta reconhece os desafios enfrentados nos últimos dias. Em seguida, ele promete que as pessoas podem superar esses desafios e suas ansiedades quando se voltam para o Salvador e usam Seu poder.

“Quando reconheci esse padrão pela primeira vez, pensei que a referência a Jesus Cristo significava que, se eu ancorasse meu testemunho no Salvador, poderia suportar as provações que viriam nos últimos dias. Mas, cada vez mais, também acredito que Presidente Nelson está nos chamando para sermos como o Salvador”, disse Élder Gilbert.

Élder Clark G. Gilbert, Setenta Autoridade Geral e comissário de educação da Igreja, fala aos professores e administradores em todo o mundo sobre as atuais ênfases proféticas na transmissão do treinamento anual dos Seminários e Institutos de Religião de 2023.
Élder Clark G. Gilbert, Setenta Autoridade Geral e comissário de educação da Igreja, fala aos professores e administradores em todo o mundo sobre as atuais ênfases proféticas na transmissão do treinamento anual dos Seminários e Institutos de Religião de 2023. | Captura de tela de ChurchofJesusChrist.org

3. Permitam que Deus prevaleça e sigam Seu profeta

Para ajudar os jovens adultos a conhecerem sua identidade divina e recorrer ao poder de Jesus Cristo, os educadores devem ensiná-los a colocar Deus em primeiro lugar e aseguir Seu profeta.

“Em nenhum lugar esta mensagem foi ensinada com mais força do que no encargo de Presidente Nelson de deixar Deus prevalecer”, disse Élder Gilbert. “Como se estivesse conduzindo uma entrevista com toda a Igreja, o profeta nos faz as seguintes perguntas:

  • “Vocês estão dispostos a permitir que Deus prevaleça em sua vida?
  • “Vocês estão dispostos a permitir que Deus seja a maior influência em sua vida?
  • “Vão permitir que Suas palavras, Seus mandamentos e Seus convênios influenciem o que vocês fazem todos os dias?
  • “Vão permitir que Sua voz tenha prioridade acima de todas as outras?
  • “Estão dispostos a permitir que qualquer coisa que Ele precise que vocês façam tenha precedência sobre quaisquer outras ambições?
  • “Estão dispostos a ter sua vontade absorvida pela vontade Dele?”

Élder Gilbert falou sobre uma lição que aprendeu durante um treinamento de liderança da estaca, quando lamentou ter deixado a carreira acadêmica para seguir um caminho diferente que o Senhor estava preparando para ele em Rexburg, Idaho. “Toda vez que deixamos Deus prevalecer em nossa vida, estamos abrindo mão de nosso ‘eu’ natural por algo melhor em Jesus Cristo.”

O padrão de deixar Deus prevalecer também requer buscar e receber revelação pessoal, conforme ensinado por Presidente Nelson em “Revelação para a Igreja, revelação para nossa vida.”

“Aprender este padrão de receber revelação pessoal é o primeiro passo para permitir que Deus prevaleça em nossa vida. Isto ajudará nossos jovens adultos a encontrarem e receberem revelações que os abençoarão nesta fase crítica de sua vida”, disse Élder Gilbert.

4. Ensinem a verdade com amor

Aqueles que prestam atenção à maneira como os profetas e apóstolos ensinam perceberão um padrão de ensino da verdade, mesmo diante de críticas, observou Élder Gilbert. “Eles fazem isso com amor, empatia e preocupação cristã pelos outros, mas ainda assim ensinam as verdades que foram ordenados a ensinar.”

Presidente Nelson incorporou isto ao ensinar sobre a identidade eterna em sua mensagem mundial aos jovens adultos, e ao ensinar sobre a relação entre o amor e as leis de Deus. Presidente Dallin H. Oaks, primeiro conselheiro na Primeira Presidência, também ensinou isto em um discurso na Ensign College no ano passado, disse Élder Gilbert.

Nesse discurso, Presidente Oaks descreveu cinco maneiras de se ensinar a verdade com amor:

  • Evitem ambientes excessivamente controversos
  • Amem os outros e encontrem um consenso, mesmo discordando
  • Apeguem-se à verdade, mesmo interagindo com outros
  • Sejam uma luz para o mundo
  • Permaneçam ancorados em Jesus

Élder Jeffrey R. Holland, do Quórum dos Doze Apóstolos, falou aos professores e funcionários da BYU sobre como conseguir o equilíbrio correto: “[D]evemos ter cuidado para que o amor e a empatia não sejam interpretados como tolerância e promoção, ou que a ortodoxia e a lealdade aos princípios não sejam interpretadas como indelicadeza ou deslealdade para com as pessoas. Pelo que posso dizer, Cristo nunca negou Seu amor a ninguém, mas também nunca disse a alguém: ‘Porque te amo, você está isento de guardar meus mandamentos.’ Temos a tarefa de tentarmos alcançar esse mesmo equilíbrio sensível e exigente em nossa vida.”

5. Assumam a responsabilidade por seu testemunho

Prestem atenção quando o profeta repete algo e prestem muita atenção quando ele faz um apelo, disse Élder Gilbert.

Em seu último discurso na conferência geral, Presidente Nelson fez as duas coisas, quando reiterou um apelo feito anteriormente aos jovens adultos no mês maio de 2022. “Peço a vocês para assumirem a responsabilidade por seu próprio testemunho de Jesus Cristo e de Seu evangelho. Esforcem-se para obtê-lo. Cultivem-no para que ele cresça. Alimentem-no com a verdade. Não o poluam com falsas filosofias de homens e mulheres descrentes e depois se perguntem por que seu testemunho está diminuindo.”

Assumir a responsabilidade do próprio testemunho significa encorajar os jovens adultos a responderem fielmente às suas perguntas, disse Élder Gilbert aos educadores. “Um padrão para fazer perguntas é descrito na página de recursos de Domínio Doutrinário, intitulada ‘Adquirir Conhecimento Espiritual’”.

Élder Gilbert fez referência a um discurso feito por Élder Lawrence E. Corbridge, Setenta Autoridade Geral emérito, que falou sobre a diferença entre perguntas primárias e secundárias. “As perguntas primárias estão no cerne de um testemunho. Eles incluem saber que Deus é nosso Pai, Jesus é o Cristo e o Livro de Mórmon é verdadeiro. As perguntas secundárias incluem dúvidas sobre detalhes da história da Igreja, poligamia e autoridade do sacerdócio. Perguntas secundárias podem e devem ser respondidas, mas são intermináveis e raramente levam a um testemunho sem convicção em questões primárias”, explicou Élder Gilbert.

Em conclusão, Élder Gilbert incentivou os educadores religiosos a estudarem os discursos fundamentais mencionados nas cinco ênfases proféticas. “Conheçam-nas. Incorporem-nas em seu ensino e em seu currículo. E mais importante, as integrem à maneira como vocês respondem às perguntas e ministra as necessidades de seus alunos.”

Ele testificou: “Sei que um profeta de Deus nos guia nestes tempos perigosos.”

Presidente Steven J. Lund, presidente geral dos Rapazes, fala a professores e administradores em todo o mundo, sobre o ensino centrado na família e apoiado pela Igreja na transmissão do treinamento anual dos Seminários e Institutos de Religião de 2023.
Presidente Steven J. Lund, presidente geral dos Rapazes, fala a professores e administradores em todo o mundo, sobre o ensino centrado na família e apoiado pela Igreja na transmissão do treinamento anual dos Seminários e Institutos de Religião de 2023. | Captura de tela de ChurchofJesusChrist.org

O que funciona para se criar conexão

A Igreja faz grandes esforços para tentar entender o que funciona e o que não funciona, disse o presidente geral dos Rapazes, Steven J. Lund, aos professores do Seminário e do Instituto durante a transmissão de treinamento anual. “Vocês estão realmente no vórtice de várias das coisas que sabemos que criam conexões duradouras com o Senhor.”

Ele então compartilhou várias coisas que eles sabem que funcionam para ajudar os jovens a fazerem conexões duradouras com o Senhor. “Assim, vocês podem se apoiar onde for mais importante.”

A primeira é “comparecer”. Em média, os jovens que comparecem ao Seminário acabam tendo melhores resultados ao longo da vida: são mais propensos a receberem a investidura, servirem em uma missão, se casarem no templo. “Aqueles que frequentam quatro anos de Seminário ganham uma conexão com o evangelho que raramente é interrompida”, disse o presidente Lund.

Em segundo lugar, “quando os jovens pagam o dízimo integralmente, eles formam um elo com o Pai Celestial que permanece. Cada pagamento cria um novo vínculo de sacrifício e conexão. Espero que todos os professores do SEI estejam constantemente melhorando a maneira como ensinam o poder de conexão do dízimo.”

Em terceiro lugar, “as conferências FSY funcionam”, disse ele sobre as conferências Para o Vigor da Juventude realizadas anualmente.

Então, qual é o “ingrediente secreto” da FSY?, perguntou o presidente Lund.

“Parte disso é desconectar os participantes de suas distrações do dia a dia por uma semana, o que os coloca em um estado de espírito altamente aberto para o ensino e focado.”

Os professores do evangelho fornecem as ferramentas de que os jovens precisam quando voltam para casa no sábado após a conferência, disse o presidente Lund. “A pesquisa da nossa Igreja confirma que um dos gatilhos mais poderosos do discipulado ao longo da vida tem sido o relacionamento com adultos fiéis como vocês, que descobriram como enfrentar os desafios da vida e encontrar alegria em Cristo.”

A quarta é a oração.

O presidente Lund relatou como quando ele e a presidente Geral das Moças, Bonnie H. Cordon, estavam relatando a Presidente Nelson sobre o lançamento do programa FSY, o profeta se inclinou para a frente em sua cadeira e disse: “Devemos ensiná-los a orar, a Quem eles oram e a linguagem da oração.”

O quinto é “Força dos Jovens: Um Guia para Fazer Escolhas.

Este guia ensina os jovens a trocarem seu foco nas regras, pelo foco no relacionamento com o Salvador e em se tornarem como Ele, disse o presidente Lund. “A velha pergunta, ‘O que Jesus faria?’ Continua sendo uma regra de vida fantástica.”

O presidente Lund observou que os novos requisitos de leitura para o Seminário são consistentes com a abordagem baseada em princípios e guiada pelo Espírito para tomar decisões.

“Obrigado novamente pela força indispensável para a conversão duradoura que vocês são para os jovens, da Igreja do Senhor e de Seu Reino”, disse o presidente Lund aos instrutores.

NEWSLETTER
Receba destaques do Church News entregues semanalmente na sua caixa de entrada grátis. Digite seu endereço de e-mail abaixo.

Anúncios de estacas novas e reorganizadas ao redor do mundo

Durante o concerto de música sacra do Coro e Orquestra do Tabernáculo, em uma universidade católica centenária nas Filipinas, quatro jovens de diferentes origens religiosas compartilharam como a oração os ajuda.

Membros do Coro e Orquestra do Tabernáculo aprendem sobre os laços entre os E.U.A. e as Filipinas no Cemitério e Memorial Americano de Manila, entre apresentações e ensaios, durante sua turnê pelas Filipinas. Veja também fotos do ensaio para o concerto de música sacra.

Saiba mais sobre as recentes doações da Igreja para hospitais e organizações de saúde no Camboja, Guam, Mongólia e Filipinas.

O então élder Rendell N. Mabey batizou no mar o fiel pioneiro Billy Johnson, em 1978. Agora, seus respectivos bisneto e neto estão servindo juntos na Missão Acra Gana

Primeira Presidência divulga ilustrações do exterior dos templos de Lone Mountain Nevada, McKinney Texas e Birmingham Inglaterra