Menu

Em Moçambique, santos dos últimos dias e missionários se juntam a centenas de amigos para ouvirem um Apóstolo de Jesus Cristo

Élder Quentin L. Cook compartilha seu amor pelo Salvador, ensina sobre Sua Expiação e presta testemunho dos profetas modernos.

MAPUTO, MOÇAMBIQUE – Cada viagem de ministério realizada pelos membros do Quórum dos Doze inclui oportunidades para que as pessoas os ouçam prestar seu testemunho do Salvador. Mas poucos veem 518 pessoas, que não são membros da Igreja, presentes para ouvirem sua mensagem.

Foi o que aconteceu no domingo, 26 de fevereiro, em Maputo, Moçambique, quando Élder Quentin L. Cook discursou em uma conferência de estaca combinada. Missionários e membros da Igreja convidaram amigos para aprenderem com um Apóstolo moderno, e eles compareceram. Muitos chegaram horas antes para se sentarem na frente do salão do hotel onde a reunião foi realizada.

“Todas as reuniões foram excepcionais e os líderes foram muito impressionantes”, disse Élder Cook. “Como havia muitos que não eram membros de nossa fé na reunião de domingo, adaptamos nossas mensagens para abrangermos os princípios doutrinários, deixarmos uma visão geral do evangelho, apresentarmos a importância dos profetas e edificarmos a fé em Jesus Cristo e em Seus Expiação.”

A conferência da estaca foi uma das muitas reuniões realizadas durante os três dias no país. Jovens adultos, líderes locais e missionários tiveram a oportunidade de aprenderem e participarem em diferentes locais.

Élder Cook foi acompanhado durante os três dias por sua esposa, a irmã Mary Cook; Élder Marcos A. Aidukaitis, Setenta Autoridade Geral e primeiro conselheiro na presidência da Área África Sul, e sua esposa, a irmã Luísa Aidukaitis; e Élder S. Ephraim Msane, Setenta de Área. Eles também tiveram a companhia dos líderes das duas missões em Moçambique: presidente Osvaldo R. Dias e sister Ariane Dias, da Missão Moçambique Maputo, e presidente Nilson J. Moraes e irmã Keila Moraes da Missão Moçambique Beira.

As mensagens durante os três dias abordaram tópicos sobre como edificar a fé no Salvador, o papel dos profetas, ministração, o aprendizado do evangelho no lar e como coligar Israel em ambos os lados do véu.

Élder Quentin L. Cook, do Quórum dos Doze Apóstolos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, e sua esposa, a irmã Mary Cook, com a gravata e a saia que receberam após uma conferência especial de estaca em Maputo, Moçambique, no domingo, 26 de fevereiro de 2023.
Élder Quentin L. Cook, do Quórum dos Doze Apóstolos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, e sua esposa, a irmã Mary Cook, com a gravata e a saia que receberam após uma conferência especial de estaca em Maputo, Moçambique, no domingo, 26 de fevereiro de 2023. | Jeffrey D. Allred, Deseret News

Conferência de estaca combinada

Sabendo que o grande público de domingo era composto por um número significativo de pessoas que não conheciam a Igreja, cada um dos oradores passou algum tempo enfocando nos princípios fundamentais do evangelho restaurado de Jesus Cristo.

Durante a conferência multiestacas, Élder Cook concentrou suas palavras nos profetas e no Salvador.

“Em nossa Igreja, proclamamos o evangelho restaurado de Jesus Cristo”, disse ele. “Pensem em profetas como Abraão, Enoque e Noé. Eles foram profetas em suas dispensações.”

Muitos moçambicanos são bem versados na Bíblia porque ela é ensinada em muitas escolas primárias. Isto permitiu que Élder Cook falasse sobre algumas crenças comuns com os participantes da reunião que não estavam familiarizados com a Igreja.

“Nesta dispensação, o Salvador restaurou o evangelho por meio de Seu profeta, Joseph Smith”, disse ele.

Élder Cook continuou dizendo que o Senhor ensinou, por meio de Joseph Smith, que haveria guerras e rumores de guerras nestes últimos dias. Mas isso não foi motivo para que as gerações passadas, ou atuais, se desesperassem, disse ele. Algumas profecias foram seguidas pelo mesmo conselho encorajador do Senhor.

Élder Marcos A. Aidukaitis discursa durante uma conferência especial de estaca, no Centro Internacional de Conferências Joaquim Chissano em Maputo, Moçambique, no domingo, 26 de fevereiro de 2023.
Élder Marcos A. Aidukaitis discursa durante uma conferência especial de estaca, no Centro Internacional de Conferências Joaquim Chissano em Maputo, Moçambique, no domingo, 26 de fevereiro de 2023. | Jeffrey D. Allred, Deseret News

Três vezes em Doutrina e Convênios (nas seções 61, 68 e 78), o Senhor disse a Joseph Smith para “ter bom ânimo”, ensinou Élder Cook.

“Jesus Cristo é o autor da salvação eterna”, disse ele.

Desde Joseph Smith, no início do século XIX até agora, há uma linha ininterrupta de profetas que receberam revelação para abençoarem os membros da Igreja. Ele falou sobre a ênfase de Presidente Russell M. Nelson no caminho do convênio, as revelações que ele tem recebido e sua boa saúde.

“Presidente Nelson ensinou que entrar no caminho do convênio começa com o batismo por imersão e o recebimento do Espírito Santo”, disse Élder Cook. Ele também falou sobre as circunstâncias imprevistas que são mitigadas pela obediência de um profeta à orientação do Senhor.

“Uma das coisas notáveis… antes da chegada da COVID-19, é que ele introduziu um currículo centrado no lar e apoiado pela Igreja.” Foi uma bênção que Élder Cook diz que continuará a beneficiar famílias e indivíduos por muito tempo, não apenas durante a recente pandemia.

“Tudo o que estava sendo ensinado na Igreja poderia ser ensinado em casa, e o currículo estava disponível para os pais e seus filhos”, disse ele. “E eles poderiam fazer de seu lar um santuário de fé.”

Élder Cook disse que o Salvador venceu a morte por todas as pessoas que viriam a esta Terra e possibilitou sua ressurreição. Ele disse que a Expiação do Salvador permite que cada pessoa escolha se arrepender e retornar para seu lar celestial, adicionando que o Senhor também ajuda a aliviar qualquer injustiça sofrida na mortalidade.

Élder Quentin L. Cook, do Quórum dos Doze Apóstolos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, discursa durante uma conferência especial de estaca, realizada no Centro Internacional de Conferências Joaquim Chissano em Maputo, Moçambique, no domingo, 26 de fevereiro de 2023 .
Élder Quentin L. Cook, do Quórum dos Doze Apóstolos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, discursa durante uma conferência especial de estaca, realizada no Centro Internacional de Conferências Joaquim Chissano em Maputo, Moçambique, no domingo, 26 de fevereiro de 2023 . | Jeffrey D. Allred, Deseret News

Citando o manual "Pregar Meu Evangelho", Élder Cook disse: “Se confiarmos na Expiação de Jesus Cristo, Ele pode nos ajudar a suportar nossas provações, doenças e dores. Podemos ter uma vida cheia de alegria, paz e consolo. Tudo o que é injusto na vida pode ser corrigido por meio da Expiação de Jesus Cristo.”

A irmã Mary Cook prestou testemunho das escrituras e das bênçãos do programa “Vem, e Segue-Me” para estudo pessoal e familiar.

Como exemplo, ela compartilhou ideias da lição desta semana, sobre o homem sábio e o homem tolo, incluindo a leitura de partes de Mateus 7:24-27, e o incentivo às famílias para envolverem seus jovens e crianças em idade da Primária, a usarem as músicas sugeridas nas lições do “Vem, e Segue-Me”.

“Quando seus filhos participam em casa desde cedo, eles aprenderão a edificarem seu testemunho por toda a vida”, disse ela.

Élder Marcos A. Aidukaitis, primeiro conselheiro na Área África Sul e Setenta Autoridade Geral, falou sobre este mesmo princípio ao ensinar a lei da colheita.

“Esta lei diz que você colhe daquilo que planta”, disse ele. “Mas isso não é tudo. Você colhe o que é importante, não apenas o que você planta.”

Ele então compartilhou Mosias 2:17 e 41, e falou sobre a felicidade que advém de servirmos ao próximo e das bênçãos por sermos obedientes aos mandamentos do Senhor. “Obedecer os mandamentos não é apenas uma coisa boa para nós; é o caminho à felicidade”, disse Élder Aidukaitis.

Élder Marcos A. Aidukaitis e sua esposa, a irmã Luísa Aidukaitis, riem enquanto discursam, durante um devocional para jovens adultos em Maputo, Moçambique, na sexta-feira, 24 de fevereiro de 2023.
Élder Marcos A. Aidukaitis e sua esposa, a irmã Luísa Aidukaitis, riem enquanto discursam, durante um devocional para jovens adultos em Maputo, Moçambique, na sexta-feira, 24 de fevereiro de 2023. | Jeffrey D. Allred, Deseret News

A irmã Aidukaitis falou a todas as mulheres presentes, “àquelas que podem estar segurando um ‘bebezinho’, ou àquelas que têm 114 anos.” Ela continuou: “Temos uma voz muito poderosa. Podemos usá-la para falarmos sobre Jesus Cristo e sobre como segui-Lo.”

Élder S. Ephraim Msane, Setenta de Área, disse aos membros para desenvolverem um forte testemunho pessoal de Jesus Cristo. “Tudo o que as escrituras dizem sobre o Salvador é verdade”, disse ele. A maneira de como aprendermos sobre isto é seguindo os mandamentos e nos arrependendo. Esses [princípios] podem ajudar a edificarmos nossa fé e fortalecermos nossa conversão. “Devemos saber que o evangelho é verdadeiro e ser fiéis ao evangelho”, disse ele.

O presidente Osvaldo Dias e sua esposa, sister Ariane Dias, líderes da Missão Moçambique Maputo, prestaram testemunho de Jesus Cristo e da Restauração de Sua Igreja. “Ele é o Salvador. Ele é o Messias”, disse o presidente Dias. “…Ele lidera esta Igreja.”

Sister Dias também testificou do Salvador liderando Sua Igreja. “Eu O seguirei porque Ele é meu Salvador”, disse ela.

O presidente Jaime Massango, presidente da Estaca Matola, incentivou os membros a tomarem coragem depois de sua decisão de serem batizados, e seguirem em frente no caminho do convênio.

Citando Presidente Nelson, o presidente Massango disse: “[N]os dias que estão por vir, não será possível sobreviver espiritualmente sem a orientação, a direção, o consolo e a influência constante do Espírito Santo.”

Após a conferência, enquanto a chuva caía do lado de fora do salão do hotel onde a conferência multiestacas havia sido realizada, os membros se reuniram com entusiasmo para encherem os ônibus que os levariam de volta para casa. Todos estavam conversando sobre o que aprenderam e sentiram.

Circy Ouana, da Ala Magoanine, Estaca Maputo, disse que a conferência foi inspiradora para ela. “Foi bom aprender como é importante estarmos unidos com o Senhor porque, nos momentos de adversidade, já estaremos perto Dele para nos fortalecermos”, disse ela.

Dulcidonio dos Santos Jr., da Ala Mogal, Estaca Matola, disse que a conferência foi boa para ele por causa dos lembretes de Élder Cook sobre o conselho de Presidente Nelson. “Esta conferência me ajudou a lembrar como é importante seguirmos o conselho do profeta”, disse ele. “Quando Élder Cook falou sobre todas as coisas que Presidente Nelson compartilhou desde que se tornou profeta, percebi que cada uma delas foi boa.”

Santos também falou sobre como ficou emocionado com os ensinamentos de Élder Cook sobre a Expiação do Salvador. “Ele deu a vida por nós e precisamos Lhe oferecer tempo em nossa vida”, disse ele. “E eu realmente pude sentir o Espírito Santo quando Élder Cook compartilhou seu testemunho do Salvador e de Sua Expiação.”

O coro canta durante um devocional para jovens adultos em Maputo, Moçambique, na sexta-feira, 24 de fevereiro de 2023.
O coro canta durante um devocional para jovens adultos em Maputo, Moçambique, na sexta-feira, 24 de fevereiro de 2023. | Jeffrey D. Allred, Deseret News

Jovens adultos

Como parte das reuniões do fim de semana, Élder Cook e outros líderes também se reuniram com os jovens adultos em Moçambique. Aqueles da região de Maputo assistiram presencialmente, com o evento sendo transmitido on-line para as demais regiões do país.

Élder Cook disse aos jovens adultos que ele e a irmã Cook comemoraram seu 60º aniversário de casamento, em novembro de 2022. Ele observou que nenhum relacionamento é perfeito. “Todo mundo tem desafios”, disse ele. “Mas não se rotulem quando cometerem um erro.”

Ele continuou dizendo que obter o perdão e seguir em frente faz parte do papel da Expiação do Salvador. Ao mesmo tempo, ele os incentivou a se arrependerem quando necessário. “Não deem desculpas. Não racionalizem.”

Élder Cook prestou seu testemunho do Salvador e de Sua capacidade de perdoar e aliviar fardos: “A Expiação de Jesus Cristo é real.”

A irmã Cook compartilhou que uma das coisas que aprendeu é que “não desistimos das pessoas.” Mesmo quando há exemplos positivos limitados na vida de alguém, isso não significa que ela não possa aprender com o que vê. “Vocês podem aprender com um mau exemplo, assim como com um bom”, disse ela.

Participantes riem ao ouvirem histórias sobre namoro, durante um devocional para jovens adultos em Maputo, Moçambique, na sexta-feira, 24 de fevereiro de 2023.
Participantes riem ao ouvirem histórias sobre namoro, durante um devocional para jovens adultos em Maputo, Moçambique, na sexta-feira, 24 de fevereiro de 2023. | Jeffrey D. Allred, Deseret News

Liderança

No sábado, 25 de fevereiro, Élder Cook presidiu as reuniões de treinamento de liderança em Maputo.

Élder Aidukaitis falou com os líderes locais da Igreja sobre como ministrarem e guiarem os membros recém-conversos. “Precisamos colocar tudo o que temos em nossos esforços de ministração”, disse ele. “… Devemos usar todos os recursos disponíveis” para ajudarmos os necessitados.

Élder Cook disse que reconheceu o desafio de crescimento rápido no número de membros da Igreja, enfrentado por muitos líderes locais no continente africano, já que muitas pessoas estão escolhendo ser batizadas todos os meses.

“Por favor, usem este conselho … para ministrarem e ajudá-los a permanecerem”, disse Élder Cook sobre apoiar os novos membros da Igreja. “Que época para estarmos a serviço do Senhor. Especialmente quando tão poucos ao redor do mundo O encontram”, disse ele

Élder Msane falou sobre a ministração como parte do cumprimento dos convênios feitos com Deus: “É fazendo isto que nos tornamos mais semelhantes ao Salvador.”

Élder Quentin L. Cook, do Quórum dos Doze Apóstolos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, discursa durante uma reunião de liderança do sacerdócio em Maputo, Moçambique, no sábado, 25 de fevereiro de 2023.
Élder Quentin L. Cook, do Quórum dos Doze Apóstolos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, discursa durante uma reunião de liderança do sacerdócio em Maputo, Moçambique, no sábado, 25 de fevereiro de 2023. | Jeffrey D. Allred, Deseret News

A irmã Edna Baptista Cardoso, presidente da Sociedade de Socorro do Ramo Trevo, também discursou em uma das sessões de liderança. Ela falou sobre o aprendizado do evangelho centralizado no lar, como uma forma de se encher o coração das pessoas com o amor do Salvador, que as capacita a servirem e ministrarem como Ele faria.

“Quando temos Seu amor em nosso coração, podemos oferecer este amor a quem precisa”, disse ela. “Não podemos dar algo que não temos.”

Baptista disse que aprender o evangelho e se encher do amor do Salvador foi o primeiro passo para ser capaz de ministrar outras pessoas. Ela disse que outro passo é buscar a ajuda do Senhor para saber quem precisa desse mesmo amor.

“Ao vivermos nossos convênios, pedimos ajuda ao Senhor porque não podemos fazer isso sozinhos”, disse ela.

Da mesma forma, Élder Aidukaitis disse que o arrependimento é algo que não podemos fazer por nós mesmos. Ele requer que busquemos o Senhor. “Mas alguns acreditam que foram longe demais para serem elegíveis para a salvação”, disse ele. “Eu tenho boas notícias para vocês. Nunca é tarde demais para se arrepender.”

Nelia Tualufo segura sua filha, Taylor, durante uma reunião de liderança em Maputo, Moçambique, no sábado, 25 de fevereiro de 2023.
Nelia Tualufo segura sua filha, Taylor, durante uma reunião de liderança em Maputo, Moçambique, no sábado, 25 de fevereiro de 2023. | Jeffrey D. Allred, Deseret News

A Igreja em Moçambique

A Igreja foi oficialmente reconhecida em Moçambique no início de 1996, com a criação de um ramo na capital do país, Maputo. A cidade que se tornou sede do segundo ramo do país, Beira, será também a sede do primeiro templo em Moçambique.

Localizada na costa leste de Moçambique, no Oceano Índico, Beira foi um dos 20 locais anunciados para a construção de um templo por Presidente M. Russell Nelson, na conferência geral de abril de 2021.

Quase 16.000 membros da Igreja residem em Moçambique atualmente.

NEWSLETTER
Receba destaques do Church News entregues semanalmente na sua caixa de entrada grátis. Digite seu endereço de e-mail abaixo.