Menu

‘Pais, precisamos estar todos envolvidos’, diz presidência geral das Moças sobre novo guia ‘Força dos Jovens’

‘Espero que escutemos mais alto do que falamos, ao ouvirmos o que eles estão vivenciando’, diz a presidente Cordon.

Conforme jovens ao redor do mundo estudam e vivem os princípios do novo guia “Força dos Jovens”, pais e líderes têm um papel vital a desempenhar, disse a presidência geral das Moças.

“Pais, precisamos estar todos envolvidos”, disse Bonnie H. Cordon, presidente geral das Moças. “Algumas destas decisões serão para toda a vida, portanto, precisamos estar presentes: reunindo-nos em conselho, estudando com eles, nos ajoelhando juntos, observando o que os profetas têm dito e estabelecendo um padrão em nosso lar.”

A mudança para uma abordagem baseada em princípios é uma oportunidade para os jovens escalarem uma montanha metafórica e compreenderem a perspectiva do Salvador de quem eles são e quais são seus padrões, explicou a presidente Cordon. “Às vezes, não vemos a perspectiva completa até que o trabalho esteja terminado. Por isso, o Senhor nos pediu que fizéssemos algum esforço para entendermos como podemos viver estes princípios.”

Jovens escalam o Ensign Peak em Provo, Utah, como parte do evento mundial para jovens “Posso todas as coisas em Cristo”, transmitido em 29 de janeiro de 2023.
Jovens escalam o Ensign Peak em Provo, Utah, como parte do evento mundial para jovens “Posso todas as coisas em Cristo”, transmitido em 29 de janeiro de 2023. | A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

A presidente Cordon, com suas conselheiras, a irmã Michelle D. Craig e irmã Rebecca L. Craven, participou recentemente do podcast do Church News [em inglês] para falar sobre como pais e líderes podem apoiar melhor os jovens, conforme eles utilizam o novo guia “Força dos Jovens” para tomarem decisões. 

‘Não é um relaxamento dos padrões’

Embora o novo guia seja baseado em princípios, “acho importante saber que não é um relaxamento dos padrões”, disse a irmã Craig, primeira conselheira.

Os jovens sempre tiveram arbítrio; eles sempre foram capazes de tomarem suas próprias decisões, ressaltou ela. “Mas agora, esperamos que sejam muito intencionais a respeito de se ajoelharem e orarem para descobrirem, com perguntas do tipo: ‘Como aplico isso em minha vida?’”

A irmã Craven, segunda conselheira, disse que o novo guia não trata apenas de fazer escolhas, mas de fazer a escolha certa. “Durante os últimos anos, temos ouvido nosso Profeta nos pedir, repetidas vezes, que nos conectemos com o céu e saibamos como a voz do Senhor soa em nossa vida, para que possamos fazer boas escolhas e permanecer no caminho do convênio. (…)

“Nossos jovens precisam estar dispostos a ouvirem o que o Pai Celestial quer que eles façam e, às vezes, isso é uma pequena parte do que lhes está faltando”, disse a irmã Craven. “Não se trata do que eu quero fazer. Trata-se de ‘farei o que o Senhor quer que eu faça’. E, portanto, será preciso um pouco de esforço, não é mesmo? Não é tão simples assim. Talvez seja uma luta travada perante o Senhor. Algumas respostas vêm facilmente, outras não. Mas é um processo e será maravilhoso porque, como diz nosso Profeta, não conseguiremos sobreviver espiritualmente sem a companhia constante do Espírito Santo.”

Presidência geral das Moças de 2018-2023: da esquerda para a direita, irmã Michelle D. Craig, primeira conselheira; presidente Bonnie H. Cordon e irmã Becky Craven, segunda conselheira.
Presidência geral das Moças: da esquerda para a direita, irmã Michelle D. Craig, primeira conselheira; presidente Bonnie H. Cordon e irmã Becky Craven, segunda conselheira. | A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

O convite do Profeta aos jovens

Quando Presidente Russell M. Nelson convidou os jovens, em 2018, a se alistarem no batalhão do Senhor para coligar Israel, ele fez cinco convites, sendo um deles o de viver e compartilhar os padrões do livreto “Para o Vigor da Juventude”. 

“Estabeleçam um padrão para o resto do mundo”, declarou Presidente Nelson. “Abracem ser diferentes. O livreto intitulado ‘Para o Vigor da Juventude’ deve ser seu padrão. É o padrão que o Senhor espera que todos os Seus jovens mantenham. 

“Agora, como Seu humilde servo, peço-lhes que estudem este livreto novamente. Em espírito de oração, leiam-no como nunca o fizeram antes. Marquem-no. Falem sobre ele. Discutam os padrões com seus amigos. Decidam como vocês podem viver esses padrões, seus padrões, com ainda mais exatidão.”

Embora Presidente Nelson estivesse se referindo à versão anterior do livreto “Força dos Jovens”, a presidente Cordon disse que seu convite também pode ser aplicado ao novo guia.

“Vocês notam como ele coloca a escolha em suas palavras? (...) Eu amo a confiança que ele tem nos jovens de realmente fazerem deste guia seu padrão e vivê-lo com exatidão”, disse ela.

No mesmo devocional, Presidente Nelson disse aos jovens que eles têm “a capacidade de ser mais inteligentes e sábios e causar mais impacto no mundo do que qualquer geração anterior.”

Presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, fala durante o devocional mundial para jovens no Centro de Conferências em Salt Lake City no domingo, 3 de junho de 2018.
Presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, fala durante o devocional mundial para jovens no Centro de Conferências em Salt Lake City no domingo, 3 de junho de 2018. | Arquivo do Deseret News

“Precisamos que estes jovens intensifiquem [seus esforços]”, disse a presidente Cordon, expressando a mesma confiança que Presidente Nelson tem neles. “Existem muitas famílias que estão tendo dificuldades, e estes jovens têm a capacidade de ajudar a trazer luz e verdade a seu próprio lar.”

Acima de tudo, acrescentou ela, “estamos sendo preparados, como povo, para recebermos o Salvador em Sua Segunda Vinda. Precisamos de um povo que esteja preparado (...) e acredito que estes jovens estão muito mais preparados. (…) 

“A oportunidade de aprender a nadar contra a correnteza é muito importante para eles. (...) Eles precisam aprender como manter seus padrões nesta sociedade por toda a vida.”

O que pais e líderes podem fazer

A irmã Craig compartilhou o trecho de um discurso proferido por uma jovem em uma conferência de estaca sobre o novo guia “Força dos Jovens”: 

“Tenho dificuldade em sentir coisas espirituais e ainda mais dificuldade em falar sobre sentimentos espirituais. Fico envergonhada e insegura, e me preocupo quando sou colocada no centro das atenções para falar sobre isto. Então, o que os líderes podem fazer? Eles talvez possam nos ajudar a aprendermos a sentirmos o Espírito Santo. Conversem conosco sobre isso e nos contem histórias específicas sobre o assunto. 

“Não é que eu não queira sentir o Espírito Santo, apenas não sei como fazê-lo. Acho que o objetivo de “Força dos Jovens” é nos ensinar esta lição para que possamos fazer escolhas baseadas no que o Espírito Santo está nos dizendo. Ajudem-nos a compreendermos algo misterioso como o Espírito Santo e vê-lo como algo real.” 

A irmã Craig encorajou pais e líderes a ajudarem os jovens a reconhecerem quando estão sentindo o Espírito Santo, e quando não o estão sentindo. “Eles provavelmente o estão sentindo com mais frequência do que pensam”, disse ela. 

Jovens da Estaca Herriman Utah Pioneer com suas cópias do guia “Para o Vigor da Juventude” revisado.
Jovens da Estaca Herriman Utah Pioneer com suas cópias do guia “Para o Vigor da Juventude” revisado. | A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Outra coisa que pais e líderes podem fazer, disse a presidente Cordon, é ajudar os jovens a “descompactarem”, ou processarem, sua decisão, após ela ter sido tomada.

“Espero que, uma semana depois, ou um mês ou dois mais tarde, vocês voltem a refletir sobre esta decisão e perguntem: ‘Como isto me impactou?’ ‘Isto me aproximou, como discípulo de Cristo, do Salvador?’ ‘O que senti?’ ‘Que poder obtive desta escolha?’ (...)

“E espero que escutemos mais alto do que falamos ao ouvirmos o que eles estão vivenciando.”

A irmã Craven acrescentou: “Esperamos que ... à medida que aprenderem a tomar decisões e se aproximarem do Pai Celestial, a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, a Igreja restaurada de Jesus Cristo, se torne sua igreja e não apenas a igreja de seus pais, pois eles procuraram as respostas que são prometidas no Livro de Mórmon: se buscarmos, encontraremos. Eles podem saber que isto é verdade.”

NEWSLETTER
Receba destaques do Church News entregues semanalmente na sua caixa de entrada grátis. Digite seu endereço de e-mail abaixo.

Anúncios de estacas novas e reorganizadas ao redor do mundo

Durante o concerto de música sacra do Coro e Orquestra do Tabernáculo, em uma universidade católica centenária nas Filipinas, quatro jovens de diferentes origens religiosas compartilharam como a oração os ajuda.

Membros do Coro e Orquestra do Tabernáculo aprendem sobre os laços entre os E.U.A. e as Filipinas no Cemitério e Memorial Americano de Manila, entre apresentações e ensaios, durante sua turnê pelas Filipinas. Veja também fotos do ensaio para o concerto de música sacra.

Saiba mais sobre as recentes doações da Igreja para hospitais e organizações de saúde no Camboja, Guam, Mongólia e Filipinas.

O então élder Rendell N. Mabey batizou no mar o fiel pioneiro Billy Johnson, em 1978. Agora, seus respectivos bisneto e neto estão servindo juntos na Missão Acra Gana

Primeira Presidência divulga ilustrações do exterior dos templos de Lone Mountain Nevada, McKinney Texas e Birmingham Inglaterra