Menu

Élder Ahmad S. Corbitt: Ouvindo a orientação profética e apostólica

Enquanto servia na presidência geral dos Rapazes, o recém-apoiado Setenta Autoridade Geral, aprendeu a importância da participação dos jovens no trabalho de salvação

Após ministrar ao redor do mundo como conselheiro na presidência geral dos Rapazes, Élder Ahmad S. Corbitt leva para seu chamado como novo Setenta Autoridade Geral “uma maior capacidade de ouvir a orientação e a instrução profética e apostólica com cuidado e fé crescentes.”

“Acho que meu senso de urgência para fortalecer a nova geração jamais diminuirá”, disse ele.

Élder Ahmad S. Corbitt foi apoiado como novo Setenta Autoridade Geral em 1º de abril de 2023.
Élder Ahmad S. Corbitt foi apoiado como novo Setenta Autoridade Geral em 1º de abril de 2023. | A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Élder Corbitt, que foi apoiado para servir na presidência geral dos Rapazes em abril de 2020, passou os últimos três anos trabalhando com outros líderes dos jovens para fortalecer a nova geração e convidá-los a participarem ativamente do trabalho de salvação e exaltação. 

“O programa Crianças e Jovens nos ensina e nos mostra como engajar os membros da nova geração de forma que eles permaneçam ativos e fieis, e eles serão melhores líderes do que nós, porque terão crescido com as oportunidades de realizar o trabalho de salvação e exaltação de maneiras mais elevadas e santas”, disse ele.

Servindo aos jovens 

Na ocasião em que Élder Corbitt foi chamado para servir [em inglês] na presidência geral dos Rapazes, a conferência geral não teve a participação de uma congregação presencial e foi transmitida de um pequeno auditório no Edifício de Escritórios da Igreja na Praça do Templo, devido a medidas contra a pandemia de COVID-19. 

A implementação do novo programa Crianças e Jovens, que abrange desenvolvimento pessoal (incluindo o estabelecimento de metas individuais), serviço, atividades e aprendizado do evangelho, havia sido planejada para 2019. As conferências Para o Vigor da Juventude (FSY) estavam programadas para começar nos Estados Unidos e no Canadá no verão de 2020 [no hemisfério norte]. 

Com o início da pandemia, as reuniões e atividades presenciais da Igreja foram suspensas, e os membros passaram a se reunir em seus lares. 

“Além da pandemia com a qual nos defrontávamos, queríamos ter a certeza de que estávamos muito conscientes da escritura em Mosias 26, na qual a nova geração que era jovem demais para compreender as palavras do rei Benjamim rejeitou (…) o evangelho de Jesus Cristo”, disse Élder Corbitt. 

Os membros das presidências gerais das Moças e dos Rapazes estavam “resolutos para que isso não acontecesse sob nossa supervisão”, disse Élder Corbitt. 

Os membros da presidência geral dos Rapazes (irmão Ahmad Corbitt, primeiro conselheiro; irmão Steven J. Lund, presidente; e irmão Bradley R. Wilcox, segundo conselheiro) riem durante um evento na Semana de Educação da BYU em Provo, na segunda-feira, 15 de agosto de 2022.
Os membros da presidência geral dos Rapazes (irmão Ahmad Corbitt, primeiro conselheiro; irmão Steven J. Lund, presidente; e irmão Bradley R. Wilcox, segundo conselheiro) riem durante um evento na Semana de Educação da BYU em Provo, na segunda-feira, 15 de agosto de 2022. | Scott G Winterton, Deseret News

Ao estudarem as escrituras e se aconselharem mutuamente, houve um discernimento que Bonnie H. Cordon, presidente geral das Moças, ressaltou ao ler sobre outros jovens no Livro de Mórmon, como os jovens guerreiros que lutaram para ajudar a proteger suas famílias, já que seus pais haviam enterrado suas armas de guerra. 

“Um grupo foi chamado para fazer coisas difíceis que salvaram seu povo. Podemos dizer que eles foram chamados para realizar o trabalho de salvação e exaltação”, disse Élder Corbitt. “E quanto ao outro, não há registro de que eles receberam tal chamado.”

Os pais de ambos os grupos das novas gerações — os que ouviram o rei Benjamim e os jovens guerreiros — foram fiéis. 

“Uma geração foi perdida e a outra, mantida. A diferença parece ser que os membros da geração que foi mantida estavam engajados no serviço necessário para sua própria salvação e para a de suas famílias”, disse ele. 

E esse tem sido o foco dos líderes gerais conforme treinam, ministram e ensinam. 

“Quanto mais pudermos engajar nossos jovens no trabalho, e especialmente como presidências de quórum e classe, e outras oportunidades de servir, mais os ajudaremos a salvarem uns aos outros e a si mesmos, por meio do evangelho de Jesus Cristo”, disse Élder Cobitt. 

“E eles podem se divertir muito ao fazerem isso, e devem se divertir ao realizarem o trabalho de salvação”, acrescentou ele. 

Pelos últimos três anos, conforme as presidências dos Rapazes e das Moças se reuniam e se aconselhavam, Élder Corbitt disse que eles estavam unidos em apoiar a visão profética da participação dos jovens no trabalho de salvação e exaltação. 

“Sempre houve discussões maravilhosas e acaloradas, mas sempre alcançamos a unanimidade. Nunca em minha vida vi duas presidências tão unificadas como as nossas”, disse Élder Corbitt. E ele presenciou bênçãos conforme os membros das presidências trabalhavam juntos.

Élder Dieter F. Uchtdorf, do Quórum dos Doze Apóstolos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias; Bonnie H. Cordon, presidente geral das Moças; e o irmão Ahmad Corbitt, primeiro conselheiro na Presidência Geral dos Rapazes; ouvem um grito de guerra em uma conferência FSY na Universidade Weber State em Ogden, na quinta-feira, 14 de julho de 2022.
Élder Dieter F. Uchtdorf, do Quórum dos Doze Apóstolos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias; Bonnie H. Cordon, presidente geral das Moças; e o irmão Ahmad Corbitt, primeiro conselheiro na Presidência Geral dos Rapazes; ouvem um grito de guerra em uma conferência FSY na Universidade Weber State em Ogden, na quinta-feira, 14 de julho de 2022. | Jeffrey D. Allred, Deseret News

Também nesta época, o novo guia “Força dos Jovens” foi apresentado por Élder Dieter F. Uchtdorf durante a conferência geral de outubro de 2022, ressaltando que “Jesus Cristo é a força dos jovens”. 

O novo guia “tem como objetivo ajudar famílias e jovens a compreenderem isso e utilizarem a força do Salvador para guiar sua vida”, disse Élder Corbitt. 

Ele viu alguns “indivíduos que estão interpretando a ausência de regras como se elas não devessem existir, em vez de um respeito saudável por parte dos profetas e apóstolos, de nosso arbítrio e nossa capacidade, em nível local, de desenvolvermos e aplicarmos nossas próprias regras.”

E ao usarmos os princípios do guia “Força dos Jovens” para desenvolvermos regras, “Jesus Cristo então será nossa força, bem como a dos jovens”.

Com as conferências Para o Vigor da Juventude, ele viu como há rapazes e moças que contam que não queriam ir, ou não conheciam ninguém, mas ficaram felizes por terem comparecido e sentido o amor do Pai Celestial e Jesus Cristo. 

“Tem sido maravilhoso e poderoso”, disse ele. Os jovens adultos solteiros são conselheiros nas conferências FSY, o que proporciona aos jovens, alguém com alguns anos a mais, que são exemplos de um discípulo de Jesus Cristo. 

Além disso, há um “número crucial de jovens” nas conferências. Os jovens podem ver muitos outros rapazes e moças que são como eles. 

“Eles estão comparecendo e dando uma chance ao FSY, e o Senhor os está abençoando com grandes experiências espirituais”, disse Élder Corbitt. 

Élder Ahmad S. Corbitt, Setenta Autoridade Geral de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, fala durante a sessão da tarde de domingo da 193ª Conferência Geral Anual, em 2 de abril de 2023.
Élder Ahmad S. Corbitt, Setenta Autoridade Geral de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, fala durante a sessão da tarde de domingo da 193ª Conferência Geral Anual, em 2 de abril de 2023. | A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Com as restrições causadas pela pandemia tendo sido removidas, os líderes agora estão ministrando pessoalmente em todo o mundo. 

“O coração e a fé dos membros são simplesmente incríveis”, disse Élder Corbitt. “Fazemos estas viagens internacionais para tentar elevar e inspirar outros, e acabamos sendo mais inspirados e elevados.” 

A irmã Jayne Corbitt observou: “Os líderes são muito humildes e estão dispostos a aprender. Quando estamos presentes, eles absorvem tudo o que aprendem conosco. Eles simplesmente querem saber como realizar seu trabalho e são muito humildes quanto a isso.”

Encontrando a Igreja 

Ahmad Saleem Corbitt, de 60 anos, nasceu no dia 16 de agosto de 1962, filho de James Earl Corbitt e Amelia Corbitt, na Filadélfia, Pensilvânia.

Ele foi criado em conjuntos habitacionais e pequenas residências urbanas na Filadélfia, e atribui principalmente às impressões espirituais de sua mãe e à forte e constante influência na orientação de sua família.

O jovem Ahmad e sua família adoravam com a Nação do Islã e, posteriormente, ele foi batizado protestante. Após a família se mudar para Nova Jersey, sua mãe convidou os missionários de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias para virem à sua casa. 

Élder Corbitt se lembra de duas coisas a respeito de entrar na capela santo dos últimos dias: uma irmã branca, de idade mais avançada, os cumprimentou com um sorriso carinhoso e sincero na porta de entrada e, ao sentar-se na capela, ele foi tomado por uma “sentimento de estar voltando para casa.”

O então irmão Ahmad S. Corbitt, primeiro conselheiro na presidência geral dos Rapazes, ouve uma jovem chamada Delaney contar a respeito de sua experiência com as aulas de liderança, no site para Crianças e Jovens, durante a Semana de Educação da BYU, no dia 18 de agosto de 2021, no Marriott Center em Provo, Utah.
O então irmão Ahmad S. Corbitt, primeiro conselheiro na presidência geral dos Rapazes, ouve uma jovem chamada Delaney contar a respeito de sua experiência com as aulas de liderança, no site para Crianças e Jovens, durante a Semana de Educação da BYU, no dia 18 de agosto de 2021, no Marriott Center em Provo, Utah. | Nate Edwards, BYU Photo

Em seu aniversário de 18 anos, Ahmad se filiou à Igreja, seguindo sua mãe e alguns irmãos nas águas do batismo. Seu padrasto foi batizado no ano seguinte.

Após frequentar a Ricks College em Rexburg, Idaho, e servir na Missão Porto Rico San Juan de 1982 a 1984, ele conheceu Jayne Joslin durante uma caravana de jovens adultos solteiros ao templo. 

Ela foi criada em Nova Jersey, em uma família de três filhas. Ela conheceu A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias enquanto estudava na Glassboro State College, agora Universidade Rowan, onde estudava Educação Especial.

Sua irmã mais velha havia se filiado à Igreja dez anos antes e se mudado para a Califórnia após ser batizada. “Ela foi um grande exemplo”, disse ela. 

Jayne e um amigo começaram a se reunir com os missionários e se filiaram à Igreja quatro meses depois. Mais tarde, ela foi morar com essa irmã na Califórnia.

“E, então, decidi servir missão e voltei para o leste, para a Missão Washington D.C.”, disse ela. Sua mãe, que mais tarde se filiou à Igreja, ainda morava em Nova Jersey, e Jayne foi para lá após ser desobrigada.

Foi naquela caravana ao Templo de Washington D.C. [em inglês] que eles se conheceram e se tornaram amigos — passando várias horas juntos em um carro.

Élder Ahmad S. Corbitt, Setenta Autoridade Geral, e sua esposa, a irmã Jayne Corbitt, posam para fotos no Edifício de Escritórios da Igreja em Salt Lake City na segunda-feira, 3 de abril de 2023.
Élder Ahmad S. Corbitt, Setenta Autoridade Geral, e sua esposa, a irmã Jayne Corbitt, posam para fotos no Edifício de Escritórios da Igreja em Salt Lake City na segunda-feira, 3 de abril de 2023. | Scott G Winterton, Deseret News

Eles se casaram no dia 24 de agosto de 1985, nesse mesmo templo, e são pais de seis filhos, os quais foram criados em Nova Jersey. 

“Presenciei 40 anos de preparação”, disse a irmã Corbitt sobre o marido e seu novo chamado. 

Sua outra irmã nunca se filiou à Igreja. No entanto, a irmã Corbitt e sua irmã mais velha estão se preparando para realizar o trabalho vicário para ela e para serem seladas como família. O selamento será o primeiro a ser realizado por Élder Corbitt. 

Élder Corbitt é formado pela Universidade Richard Stockton de Nova Jersey e pela Faculdade de Direito da Universidade Rutgers. Ele serviu como sumo conselheiro, conselheiro em duas presidências de estaca, presidente de estaca e presidente da Missão República Dominicana Santo Domingo Leste.

Seguindo o Profeta

Élder Corbitt trabalhou como advogado em processos judiciais, em relações públicas e governamentais, como diretor do Escritório de Assuntos Públicos e Internacionais da Igreja em Nova York e como especialista de missão de área para ajudar líderes de missão.

Durante seu tempo como funcionário da Igreja, ele também foi designado para ajudar a organizar o que se tornou o evento “Ser Um” — a comemoração patrocinada pela Primeira Presidência em junho de 2018, para marcar o 40º aniversário da revelação de 1978, a qual permitiu que homens de todas as raças fossem ordenados ao sacerdócio.

“O evento se tornou uma incrível comemoração de união e harmonia, guiada por visão e espírito proféticos, e o Senhor simplesmente abençoou e ajudou a unificar a Igreja de maneiras significativas”, disse Élder Corbitt. 

Presidente Russell M. Nelson de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias se dirige a uma coletiva de imprensa com Leon Russell, presidente nacional do conselho da NAACP, no Edifício de Administração da Igreja em Salt Lake City, na quinta-feira, 17 de maio de 2018 .
Presidente Russell M. Nelson de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias se dirige a uma coletiva de imprensa com Leon Russell, presidente nacional do conselho da NAACP, no Edifício de Administração da Igreja em Salt Lake City, na quinta-feira, 17 de maio de 2018 . | Ravell Call, Deseret News

Élder Corbitt também auxiliou os líderes da Igreja durante uma reunião com líderes da NAACP em maio de 2018. Os líderes então exortaram “as pessoas desta nação e, de fato, do mundo inteiro, a demonstrarem maior civilidade, harmonia racial e étnica, e respeito mútuo.”

Élder Corbitt disse: “O que começou é um reflexo maravilhoso do tipo de irmandade e união que a Primeira Presidência tem em mente para todos os filhos de Deus.” 

Élder Corbitt viu como seguir o Profeta resulta em bênçãos maiores. Ele também viu, alguns anos mais tarde conforme tensões raciais ocasionavam violência, os resultados de se ignorar as palavras e advertências do Profeta.

“Se nós, como povo do convênio, seguirmos seu conselho [o conselho de Presidente Nelson de sermos pacificadores proferido na sessão da manhã de domingo da conferência geral], poderemos liderar a nação e o mundo em como sermos irmãos e irmãs e cumprirmos essa visão profética que o Senhor acabou de pronunciar ao mundo, por meio de seu porta-voz, Presidente Russell M. Nelson”, disse Élder Corbitt. 

Sobre Élder Ahmad S. Corbitt 

Família: Ahmad S. Corbitt nasceu no dia 16 de agosto de 1962, filho de James Earl Corbitt e Amelia Corbitt, na Filadélfia, Pensilvânia; sua mãe mais tarde se casou com Henry Branford Campbell. Élder Corbitt se casou com Jayne Joslin no dia 24 de agosto de 1985, no Templo de Washington D.C. O casal tem seis filhos. 

Formação acadêmica: Ele se formou em Sociologia pela Universidade Richard Stockton de Nova Jersey, e em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade Rutgers.

Vida profissional: Ele trabalhou como advogado, em relações públicas e governamentais, como diretor do Escritório de Assuntos Públicos e Internacionais da Igreja em Nova York, e como especialista em missões de área.

Serviço na igreja: Ele serviu como presidente de estaca e conselheiro, sumo conselheiro, presidente da Missão República Dominicana Santo Domingo Leste (de 2014 a 2017) e missionário de tempo integral na Missão Porto Rico San Juan (de 1982 a 1984). Ele estava servindo como primeiro conselheiro na presidência geral dos Rapazes quando recebeu seu chamado.

NEWSLETTER
Receba destaques do Church News entregues semanalmente na sua caixa de entrada grátis. Digite seu endereço de e-mail abaixo.