Menu

8 discursos de conferências sobre maternidade para se inspirar neste Dia das Mães

Líderes da Igreja falam sobre a influência das mães e figuras maternas, e o poder das mulheres justas

Presidente Russell M. Nelson compartilhou fotos de sua família em homenagem ao Dia das Mães no domingo, dia 10 de maio de 2020. Da esquerda para a direita, a irmã Dantzel Nelson, Wendy, Marsha e Presidente Nelson. Foto tirada em 1951, em Washington D.C. Facebook de Presidente Russell M. Nelson
Mothers and children are waiting for their turn to be vaccinated at the health center of Ambatta, a suburban of Ndjamena, the capital of Chad. Immunization is free in Chad for children bellow 59 months, and is one of UNICEF's country office key results for children. For every child, health. Frank Dejo, UNICEF
Uma mãe estuda as escrituras com sua filha. A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
Voahina Alvarez recebe um beijo e uma flor pelo Dia das Mães de Mataunui Vasthi na A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias em Papeete, Taiti, no dia 26 de maio, 2019. Jeffrey D. Allred, Deseret News
Uma mãe com sua filha pequena no nordeste de Uganda, em março de 2023. A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
20180902 President Russell M. Nelson greets a young mother and her child following a member devotional in San Juan, Puerto Rico, on Sept. 2, 2018. Arquivo do Church News
Mães e crianças esperam em fila pela comida, no Campo de Refugiados de Ifo, no Condado de Garissa, Quênia, em 8 de dezembro de 2022. Leslie Nilsson, A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
Uma jovem mãe e seu filho aproveitam a fonte fora do Templo de Arequipa Peru no dia 15 de dezembro, 2019. A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
Uma mãe carrega seu bebê nas costas, em Serra Leoa. Pesquisadores da BYU entrevistaram mulheres que disseram que os ensinamentos da Igreja sobre as famílias as ajudaram a terem uma imagem corporal mais positiva durante a gravidez e pós-parto. A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
Emma Salerno, 7 anos, prepara seu discurso da Primária em casa com sua mãe, Norma, e irmã, Alice, em Roma, Itália, no domingo de manhã, dia 18 de novembro, 2018. Kristin Murphy, Deseret News

Ao longo dos anos, muitos líderes da Igreja falaram durante as conferências gerais, sobre a influência das mães e figuras maternas, assim como o poder das mulheres justas.

Na sessão das mulheres da conferência geral de outubro de 2018 em um discurso intitulado “A participação das irmãs na coligação de Israel”, Presidente Russell M. Nelson disse às irmãs adultas da Igreja que elas são de vital importância no trabalho de salvação do Pai Celestial.

Frequentemente questionado sobre por que se tornou médico, Presidente Nelson disse que sua resposta sempre foi a mesma: “Porque não pude escolher ser mãe.”

Logo depois, ele esclareceu isso em sua mensagem: “Ninguém pode fazer o que uma mulher virtuosa pode fazer. Nada se assemelha à influência de uma mãe.”

Na conferência geral de outubro de 2015, Élder Jeffrey R. Holland, do Quórum dos Doze Apóstolos, falou sobre o papel divino da maternidade em seu discurso intitulado “Eis aí Tua Mãe”.

“Elas não apenas nos carregaram no ventre, mas continuam nos ajudando a carregar os nossos fardos. Não são apenas os nove meses da gestação, mas, sim, uma vida inteira de carinhosa atenção que torna a maternidade um feito tão impressionante", disse Élder Holland.

A irmã Julie B. Beck, na época a primeira conselheira na presidência geral da Sociedade de Socorro, ao discursar na conferência geral de abril de 2004, destacou como toda mulher pode desenvolver um “coração de mãe”, um termo usado em Provérbios para descrever a devoção justa ao progresso e à preparação para a missão divina e eterna da maternidade.

“Toda menina ou mulher, que faz e cumpre os convênios sagrados, pode ter um ‘coração de mãe’”, disse ela. “Não existem limites para o que uma mulher com ‘coração de mãe’ pode realizar.”

E em seu discurso na conferência geral de outubro de 2007, intitulado “Mães Que Sabem”, a irmã Beck, então presidente geral da Sociedade de Socorro, compartilhou como cada mãe pode usar sua influência e poder para ser uma força para o bem.

A irmã Sheri L. Dew, na época segunda conselheira na presidência geral da Sociedade de Socorro, fez um discurso intitulado “Não somos todas mães?” na Conferência Geral de outubro de 2001. Ela encorajou as mulheres na igreja a serem firmes e perseverantes em um mundo tumultuado.

“A maternidade é mais do que dar à luz um filho, embora isso certamente esteja incluído. É a essência de quem somos como mulheres. Ela define nossa própria identidade, nossa condição e natureza divinas, e as características especiais que nosso Pai nos concedeu.”

Na conferência geral de abril de 2010, o então Élder M. Russell Ballard, do Quórum dos Doze Apóstolos, disse às irmãs como elas são essenciais no trabalho de salvação, em seu discurso intitulado “Mães e Filhas”.

“Nada há neste mundo que seja tão pessoal, inspirador e capaz de mudar vidas quanto a influência de uma mulher justa”, disse ele.

Em seu discurso “Seu Maior Desafio, Mãena conferência geral de outubro de 2000, Presidente Gordon B. Hinckley aconselhou as irmãs da Igreja a ensinarem seus filhos nos caminhos do Senhor. 

“Não conheço resposta melhor [às] práticas nocivas, do que confrontar nossos jovens com os ensinamentos da mãe, transmitidos com amor e um claro tom de advertência.”

NEWSLETTER
Receba destaques do Church News entregues semanalmente na sua caixa de entrada grátis. Digite seu endereço de e-mail abaixo.