Menu

‘A fé em Cristo dá força e direção’, ensina a presidente Cordon

‘Vocês estão confiando no Senhor, permitindo que Ele guie e dirija’, diz a presidente Bonnie H. Cordon aos missionários

PROVO, Utah — O povo de Jarede já era um povo que construía barcos, de acordo com Éter 2:6, no Livro de Mórmon:

“E aconteceu que viajaram no deserto e construíram barcos, nos quais atravessaram muitas águas, sendo continuamente dirigidos pela mão do Senhor.”

Então, o Senhor instruiu o povo a construir barcos especiais para cruzarem o oceano até a terra prometida. Estes foram feitos com orientações e instruções específicas, conforme descrito em Éter 2:16–18.

O povo confiou no Senhor e não usou seu próprio entendimento para construir os barcos. Porém eles não tinham luz e não podiam dirigir, não tinham ar e não podiam respirar no interior dos barcos (Éter 2:19).

Presidente Bonnie H. Cordon, presidente geral das Moças, discursa durante um devocional no Centro de Treinamento Missionário de Provo, Utah, na terça-feira, 23 de maio de 2023.
Presidente Bonnie H. Cordon, presidente geral das Moças, discursa durante um devocional no Centro de Treinamento Missionário de Provo, Utah, na terça-feira, 23 de maio de 2023. | Adam Fondren, para o Deseret News

O irmão de Jarede foi ao Senhor com essas preocupações, confiando que Ele o ajudaria, explicou a presidente Bonnie H. Cordon, presidente geral das Moças, em um devocional no Centro de Treinamento Missionário de Provo.

“Foi na dificuldade que o irmão de Jarede conheceu Jesus Cristo”, disse a presidente Cordon. “Às vezes, em nossos desafios e lutas, é quando passamos a conhecer o Salvador.”

Através de novos buracos nos barcos e com pedras iluminadas, o povo de Jarede tinha então luz e ar, mas ainda precisava se orientar. Ainda assim, eles seguiram em frente com fé, disse a presidente Cordon.

Éter 6:4 diz: “E aconteceu que depois de terem preparado todo tipo de alimento, a fim de subsistirem sobre as águas … embarcaram em seus navios ou barcos e lançaram-se ao mar, confiando-se ao Senhor seu Deus.”

Presidente Bonnie H. Cordon, presidente geral das Moças, discursa durante um devocional no Centro de Treinamento Missionário de Provo, Utah, na terça-feira, 23 de maio de 2023.
Presidente Bonnie H. Cordon, presidente geral das Moças, discursa durante um devocional no Centro de Treinamento Missionário de Provo, Utah, na terça-feira, 23 de maio de 2023. | Adam Fondren, para o Deseret News

A presidente Cordon enfatizou a palavra “confiando-se”.

“Não é isso que vocês têm feito em sua missão?” ela disse. “Vocês estão confiando a si mesmos ao Senhor, permitindo que Ele guie e dirija.”

Ela disse aos missionários que permitissem que o Senhor os ensinassem e os guiassem, assim como o irmão de Jarede fez, mesmo que fosse diferente do que eles esperavam.

Todas as coisas em Cristo

O tema dos jovens deste ano é “Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece” (Filipenses 4:13).

A presidente Cordon e os missionários levantaram as mãos e contaram as 9 palavras nos dedos enquanto as diziam. A primeira metade é encorajadora: “Posso todas as coisas.” Mas a presidente Cordon disse que a segunda metade é crucial e mais poderosa: “em Cristo que me fortalece.”

Presidente Bonnie H. Cordon, presidente geral das Moças, pede que os missionários contem o número de palavras com as mãos levantadas, durante um devocional no Centro de Treinamento Missionário de Provo, Utah, na terça-feira, 23 de maio de 2023.
Presidente Bonnie H. Cordon, presidente geral das Moças, pede que os missionários contem o número de palavras com as mãos levantadas, durante um devocional no Centro de Treinamento Missionário de Provo, Utah, na terça-feira, 23 de maio de 2023. | Adam Fondren, para o Deseret News

A presidente Cordon contou aos missionários sobre o chamado para servir como missionária de tempo integral em Portugal e sobre a dificuldade de aprender português.

Mas ela sabia que poderia fazer coisas difíceis, assim como os missionários atuais. Eles podem aprender um novo idioma, ensinar uma lição, perdoar, conviver com estranhos e outras coisas por meio de Cristo.

Ela explicou que a fé, de acordo com a definição do dicionário, é a “crença, confiança e lealdade a Deus.”

Enquanto isso, o propósito missionário é “Convidar as pessoas a achegarem-se a Cristo, ajudando-as a receber o evangelho restaurado por meio da fé em Jesus Cristo e em Sua Expiação, do arrependimento, do batismo, de se receber o dom do Espírito Santo e de perseverar até o fim.”

Esta também é a doutrina de Cristo, e os missionários a aplicarão em sua missão e em sua vida, disse a presidente Cordon.

Eles vão ao mundo para testificarem que Cristo vive, e se as pessoas exercerem fé, se arrependerem, fizerem convênios e perseverarem até o fim, poderão viver com Ele para sempre.

Presidente Bonnie H. Cordon, presidente geral das Moças, cumprimenta uma missionária após um devocional no Centro de Treinamento Missionário de Provo, Utah, na terça-feira, 23 de maio de 2023.
Presidente Bonnie H. Cordon, presidente geral das Moças, cumprimenta uma missionária após um devocional no Centro de Treinamento Missionário de Provo, Utah, na terça-feira, 23 de maio de 2023. | Adam Fondren, para o Deseret News

Uma dica de Provérbios para a vida

A presidente Cordon deu aos missionários uma dica para a vida, algo que ela disse que tornaria sua vida mais fácil ou mais simples, e vem de Provérbios 3:5-6.

“Confia no Senhor de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-[O] em todos os teus caminhos, e [E]le endireitará as tuas veredas.”

Esses versículos têm dois convites. Primeiro, “confia no Senhor de todo o teu coração.” Em segundo lugar, “reconhece-[O] em todos os teus caminhos.”

Mas há uma advertência: “não te estribes no teu próprio entendimento”. A promessa é: “Ele endireitará as tuas veredas”, como fez com o irmão de Jarede e seu povo.

A presidente Cordon apontou a palavra “veredas” no plural, assim como seu marido, o irmão Derek Cordon, que também fez comentários aos missionários.

Presidente Bonnie H. Cordon, presidente geral das Moças, abraça uma missionária após um devocional no Centro de Treinamento Missionário de Provo, Utah, na terça-feira, 23 de maio de 2023.
Presidente Bonnie H. Cordon, presidente geral das Moças, abraça uma missionária após um devocional no Centro de Treinamento Missionário de Provo, Utah, na terça-feira, 23 de maio de 2023. | Adam Fondren, para o Deseret News

“Ele direcionará seus caminhos com ‘s’”, disse o irmão Cordon. “Há mais de um caminho. Confiem Nele. Deixem de lado seus próprios pensamentos e observem os milagres que acontecem.”

A presidente Cordon também testificou que, se os missionários confiarem no Senhor de todo o coração, eles verão milagres.

“Nesses milagres, vocês verão que o Senhor está dirigindo o trabalho. E vocês verão que estão conhecendo o Salvador Jesus Cristo. Se vocês tiverem fé Nele e valorizarem o dom do arrependimento, não há nada que não possam fazer.”

Cory Mendenhall dirige o coro e Ellen Amatangelo acompanha ao piano, durante o devocional da presidente Bonnie H. Cordon, presidente geral das Moças, no Centro de Treinamento Missionário de Provo, Utah, na terça-feira, 23 de maio de 2023.
Cory Mendenhall dirige o coro e Ellen Amatangelo acompanha ao piano, durante o devocional da presidente Bonnie H. Cordon, presidente geral das Moças, no Centro de Treinamento Missionário de Provo, Utah, na terça-feira, 23 de maio de 2023. | Adam Fondren, para o Deseret News
NEWSLETTER
Receba destaques do Church News entregues semanalmente na sua caixa de entrada grátis. Digite seu endereço de e-mail abaixo.