Menu

Élder Soares ensina líderes de missão sobre a ‘magnífica ordenança do batismo’

Élder Ulisses Soares, do Quórum dos Doze Apóstolos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, discursa durante o Seminário para Novos Líderes de Missão 2022, na quinta-feira, 23 de junho de 2022. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
Élder Ulisses Soares, do Quórum dos Doze Apóstolos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, discursa durante o Seminário para Novos Líderes de Missão 2022, na quinta-feira, 23 de junho de 2022. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
Sentados no púlpito durante o Seminário de Missão 2022 estão ‘Élder Paul V. Johnson da Presidência dos Setenta; presidente Bonnie H. Cordon, presidente geral das Moças; e membros do Quórum dos Doze Apóstolos, Élder Ulisses Soares, Élder Gary E. Stevenson, Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

PROVO, Utah — Élder Ulisses Soares, do Quórum dos Doze Apóstolos, se dirigiu aos novos presidentes de missão e suas respectivas esposas, que agora estão participando “do trabalho mais importante que está acontecendo na Terra”, na tarde de quinta-feira, 23 de junho.

Falando no Centro de Treinamento Missionário de Provo, seu discurso foi feito com uma voz de experiência, tendo sido chamado para servir com sua esposa, a irmã Rosana Soares, em Portugal há 22 anos. Ele disse que sua designação era ensinar sobre o batismo de conversos como parte da coligação de Israel.

“Ser batizado por imersão e receber o dom do Espírito Santo por alguém com autoridade constituem duas das ordenanças de salvação necessárias para que as pessoas entrem no rebanho de Deus e sejam chamadas de Seu povo”, ensinou Élder Soares. “Como o Livro de Mórmon ensina de maneira única, o batismo é principalmente a maneira como testemunhamos a Deus sobre nosso arrependimento e compromisso de seguir Jesus Cristo.”

Por este motivo, disse Élder Soares, batizar conversos em A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias é “um dos elementos mais relevantes da coligação de Israel.”

Leia resumos dos discursos e veja fotos do Seminário para Novos Líderes de Missão de 2022 aqui

Élder Soares simplesmente explicou que o Salvador deu um exemplo a todos os filhos de Deus, por meio de Seu próprio batismo. Jesus disse por que o batismo é necessário, ao conversar com Nicodemos. E depois de Sua Ressurreição, Ele disse aos discípulos que batizassem aqueles que ensinavam. Quando Cristo apareceu nas Américas, Ele também ensinou a importância do batismo. Por fim, nesta dispensação, e como parte da Restauração atual, o Salvador ensinou a Joseph Smith sobre a ordenança do batismo.

“A ordenança do batismo é proeminente na doutrina de Cristo e está inserida nos ensinamentos dos profetas do Senhor”, disse Élder Soares. “Batizar os filhos de Deus é fundamental para a coligação de Israel.”

Os missionários têm um chamado, disse Élder Soares, “de prestarem testemunho de Jesus Cristo e convidarem as pessoas a achegarem-se a Ele, e trilharem o caminho que Ele definiu por Sua doutrina para alcançarem a exaltação no reino celestial.”

Élder Soares ensinou então, dois princípios relativos à “magnífica ordenança do batismo”.

Élder Ulisses Soares, do Quórum dos Doze Apóstolos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, discursa durante o Seminário para Novos Líderes de Missão 2022, na quinta-feira, 23 de junho de 2022.
Élder Ulisses Soares, do Quórum dos Doze Apóstolos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, discursa durante o Seminário para Novos Líderes de Missão 2022, na quinta-feira, 23 de junho de 2022. | Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

1.  Os missionários entendem o poder redentor de Cristo por meio de seus próprios convênios batismais

Élder Soares ensinou aos novos líderes da missão que seus missionários têm “a responsabilidade de viver de acordo com o que ensinam”.

Ele disse que eles precisam honrar seus convênios batismais, assim como esperam que seus conversos o façam. E ele disse que eles ganharão força quando o fizerem.

“Quando os missionários se esforçam para viver em harmonia com as promessas que fizeram quando foram batizados, eles fortalecem sua fé, conhecimento e testemunho do evangelho de Jesus Cristo.”

2.  Os missionários ajudam a fornecer acesso ao poder redentor do Salvador, por meio do arrependimento e do batismo

Élder Soares mostrou uma foto que rapidamente chamou a atenção do público.

Embora muitas das capelas da Igreja em todo o mundo tenham pias batismais, nem todas as têm. E nem todos os batismos acontecem em uma área onde pias batismais estão disponíveis. Este foi o caso recentemente em Papua Nova Guiné.

Um rio próximo era o melhor local para duas pessoas que aceitaram o evangelho de Jesus Cristo serem batizadas. No entanto, além dos dignos portadores do sacerdócio e testemunhas que precisavam estar presentes, esse batismo também exigia ajuda adicional. Alguns dos homens locais chegaram com machados, facões e uma lança para afastarem os crocodilos que frequentavam a área, explicou Élder Soares.

“O que motivou estas pessoas a enfrentarem esta perigosa circunstância para entrarem no caminho do convênio?” ele perguntou. “Foi a mudança duradoura de coração que eles experimentaram por meio de sua fé, seu desejo sincero de se arrependerem e serem purificados de seus pecados, e sua profunda fé de que o Senhor os abençoaria com maior felicidade, alegria e paz ao fazerem seu convênio batismal com Dele.”

A mudança de coração que estes novos conversos sentiram veio como parte de um processo de arrependimento genuíno.

“Arrependimento envolve confiar em Jesus, submeter-se humildemente ao Espírito, ter uma sincera e duradoura mudança de coração, desejar abandonar o pecado e fazer o bem continuamente, submetendo-se à vontade de Deus de servi-Lo”, disse Élder Soares.

“Estas ações preparam as pessoas a fazerem e guardarem convênios sagrados. Se nossos missionários forem amorosos e ousados, ajudando as pessoas a entenderem o que devem fazer para terem fé em Cristo e se arrependerem, elas definitivamente encontrarão alegria e paz em sua jornada no caminho do convênio. Estas ações ajudarão os filhos de Deus a despojar-se do ‘homem natural’ e da ‘[mulher] natural’ e se tornarem santos ‘pela expiação de Cristo, o Senhor’ (Mosias 3:19)”.

Conversão completa

Ao concluir, Élder Soares testificou das bênçãos que advêm de se conhecer a doutrina e agir de acordo com esse conhecimento.

“Quando bem compreendida, a doutrina de Cristo pode mudar a maneira como os missionários vivem e direcionam seus esforços para cumprirem seu propósito”, disse ele. “Testifico a vocês que, por meio do exercício da fé em Cristo, do arrependimento, do batismo, do recebimento do Espírito Santo e do compromisso de servir a Cristo, as pessoas podem experimentar a cura, o perdão dos pecados e a conversão completa ao Salvador e a Seu evangelho.”

NEWSLETTER
Receba destaques do Church News entregues semanalmente na sua caixa de entrada grátis. Digite seu endereço de e-mail abaixo.