Menu
Global

Após terremotos devastadores no Afeganistão, líderes da Igreja estendem condolências

A presidência da Área Oriente Médio/África Norte da Igreja estende condolências após recente terremoto na província de Herat

A presidência da Área Médio Oriente/África Norte de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias expressa seus pêsames e tristeza pelas pessoas afetadas por uma série de terremotos devastadores que atingiram o Afeganistão este mês.

Os terremotos começaram em 7 de outubro. O último deles, de magnitude 6,3, atingiu áreas ao nordeste da cidade de Herat na manhã de domingo, 15 de outubro.

A Associated Press informou [em inglês] que mais de 90% das pessoas que morreram nos terremotos iniciais eram mulheres e crianças, porque os tremores ocorreram durante o dia, enquanto muitos dos homens na região trabalhavam fora de casa.

O terremoto de domingo foi o quarto que o Serviço Geológico dos E.U.A. mediu com magnitude 6,3 na mesma área em pouco mais de uma semana. A Reuters classificou os tremores como os mais mortíferos [em inglês] que abalaram o país montanhoso nos últimos anos, e um dos mais mortíferos do mundo este ano, depois de cerca de 50 mil pessoas terem perdido sua vida na Turquia e na Síria em fevereiro.

Voluntários afegãos limpam escombros após um terremoto no distrito de Zenda Jan, na província de Herat, oeste do Afeganistão, na quarta-feira, 11 de outubro de 2023. Outro forte terremoto abalou o oeste do Afeganistão, depois que um tremor anterior matou mais de 2.000 pessoas e destruiu aldeias inteiras na província de Herat, em um dos terremotos mais destrutivos da história recente do país.
Voluntários afegãos limpam escombros após um terremoto no distrito de Zenda Jan, na província de Herat, oeste do Afeganistão, na quarta-feira, 11 de outubro de 2023. Outro forte terremoto abalou o oeste do Afeganistão, depois que um tremor anterior matou mais de 2.000 pessoas e destruiu aldeias inteiras na província de Herat, em um dos terremotos mais destrutivos da história recente do país. | Ebrahim Noroozi, Associated Press

Daniel Peter Endres, coordenador humanitário interino da ONU para o Afeganistão, descreveu a situação no país como “uma corrida contra o tempo”, para que as organizações de caridade entreguem ajuda antes da chegada do inverno.

“Estes terremotos atingiram algumas das comunidades mais vulneráveis do Afeganistão. Elas já enfrentam décadas de conflitos e de subdesenvolvimento”, disse ele em um artigo do serviço de notícias das Nações Unidas [em inglês].

A presidência da Área Oriente Médio/África Norte da Igreja publicou a seguinte declaração na Sala de Imprensa da Igreja no Oriente Médio [em inglês]:

“Estamos profundamente tristes com a destruição resultante dos recentes terremotos na província de Herat, no oeste do Afeganistão. Lamentamos pelas mais de 1.000 pessoas que morreram, e por aqueles que foram feridos e afetados de alguma forma.

“Oramos pelo povo do Afeganistão e estendemos nossa solidariedade àqueles que sofreram danos e perderam entes queridos.”

Élder Anthony D. Perkins
Élder Adilson de Paula Parrella
Élder Roland J. Bäck

Presidência da Área Oriente Médio/África Norte
A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Homens afegãos procuram por vítimas após um terremoto no distrito de Zenda Jan, na província de Herat, oeste do Afeganistão, na segunda-feira, 9 de outubro de 2023. O terremoto mortal de sábado matou e feriu milhares de pessoas, ao destruir um número incontável de casas na província de Herat.
Homens afegãos procuram por vítimas após um terremoto no distrito de Zenda Jan, na província de Herat, oeste do Afeganistão, na segunda-feira, 9 de outubro de 2023. O terremoto mortal de sábado matou e feriu milhares de pessoas, ao destruir um número incontável de casas na província de Herat. | Ebrahim Noroozi, Associated Press
HISTÓRIAS RELACIONADAS
Líderes da Igreja estendem condolências e orações àqueles afetados pelas enchentes na Líbia
Igreja estende condolências e oferece apoio após terremoto devastador no Marrocos
Igreja ajuda sobreviventes de inundações devastadoras no Paquistão
Refugiados recebem ajuda para enfrentarem meses frios em Cabul
NEWSLETTER
Receba destaques do Church News entregues semanalmente na sua caixa de entrada grátis. Digite seu endereço de e-mail abaixo.