Menu

Sheri Dew explica como ‘profetas nos tornam mais inteligentes’

‘Apoiar os profetas no mundo de hoje requer fé — mas não fé neles; fé em Jesus Cristo, que os chamou’

Em 2014, o então Élder Russell M. Nelson presidia o Conselho Executivo Missionário. Certo dia, ele anunciou ao conselho a necessidade de colocar smartphones nas mãos de cada missionário. 

Por fim, o conselho começou a fase de testes piloto em algumas missões, e todos os problemas que o conselho previu que poderiam ocorrer aconteceram. No entanto, “Élder Nelson nunca oscilou em sua convicção de que os missionários poderiam ser ensinados a usarem a internet corretamente e que eles deveriam ter smartphones”, relatou a irmã Sheri Dew durante um devocional na BYU–Havaí em 1º de novembro.

Avancemos para janeiro de 2020, quando Presidente Nelson, agora presidente da Igreja, autorizou todos os missionários do mundo a terem um smartphone. Dentro de três semanas, a pandemia fechou o mundo e o proselitismo foi interrompido.

No entanto, por meio dos esforços inspirados de missionários que trabalharam em seus apartamentos usando seus smartphones, os batismos continuaram a ser realizados.

Élder Brent H. Nielson, diretor executivo do Departamento Missionário na época, disse: “Aprendi rapidamente que o Senhor havia nos preparado para este dia. Os profetas podem ver o que está prestes a acontecer.”

Esse princípio — “os profetas podem ver o que está prestes a acontecer” — foi o título e a mensagem central do discurso proferido pela irmã Dew durante o devocional do campus, realizado na terça-feira no Cannon Activities Center em Laie, Havaí. 

“Sei que seguir [os profetas] nos torna mais inteligentes porque os videntes veem coisas que não podemos ver. Os profetas nos ajudam a vermos o que está prestes a acontecer”, testificou a irmã Dew.

Como os ‘profetas nos tornam mais inteligentes’

Para dar início a seus comentários, a irmã Dew, que atualmente é vice-presidente executiva e diretora de conteúdo da Deseret Management Corp., recordou ter sido nomeada presidente e CEO da Deseret Book Co. 20 anos atrás. A empresa estava perdendo dinheiro e todas as repartições de seus negócios estavam sendo afetadas. 

A irmã Dew disse ao Presidente Gordon B. Hinckley: “Presidente, acho que não sou inteligente o suficiente para consertar esta empresa. Eu gostaria de ser mais inteligente.”

Ele aconselhou: “Contrate pessoas que você acredita que a tornarão mais inteligente.”

Alguém é inteligente o suficiente para manobrar este mundo sozinho? Perguntou a irmã Dew. “Sem a ajuda daqueles que são mais inteligentes, o futuro parece assustador. Então, em um mundo repleto de bilhões de vozes conflitantes, onde buscamos a ajuda mais inteligente?”

Sheri Dew, vice-presidente executiva da Deseret Management Corp., discursa durante um devocional da BYU-Havaí, realizado no Cannon Activities Center em Laie, Havaí, na terça-feira, 1º de novembro de 2022.
Sheri Dew, vice-presidente executiva da Deseret Management Corp., discursa durante um devocional da BYU-Havaí, realizado no Cannon Activities Center em Laie, Havaí, na terça-feira, 1º de novembro de 2022. | Camille Jovenes, BYU–Hawaii

Os profetas veem coisas que outras pessoas não podem enxergar porque o Senhor “não fará coisa alguma, sem ter revelado o seu segredo aos seus servos, os profetas” (Amós 3:7).

“É por isso que os profetas nos tornam mais inteligentes do que quaisquer outros líderes ou influenciadores na Terra. Os profetas nos ajudam a enxergarmos perigos que ainda não podemos ver e oportunidades que nem podemos imaginar”, explicou a irmã Dew. 

No dia 17 de setembro de 2020, a irmã Dew foi convidada a participar de uma reunião com Presidente Nelson, na qual foi sugerido que ele gravasse uma mensagem de esperança para os membros da Igreja, na época em que a pandemia estava se alastrando. 

Como resultado, Presidente Nelson disse ao grupo que ele deveria gravar uma mensagem para o mundo, e não apenas para os membros, sobre a gratidão, além de mencionar quando tal mensagem deveria lançada e quantos minutos o vídeo deveria ter.

Se os membros do grupo tivessem confiado em seu próprio conhecimento, disse a irmã Dew, eles nunca teriam feito o vídeo tão longo quanto Presidente Nelson especificou, nem o teriam lançado. “No entanto, um Profeta havia falado e começamos a trabalhar.”

O resultado foi o vídeo #SerGrato. “O alcance desse vídeo superou qualquer coisa que a Igreja já havia lançado, especialmente para aqueles que não pertencem a nossa religião. Nunca na história da Terra tantas pessoas ouviram a voz de um profeta. Os profetas veem o que está prestes a acontecer”, disse a irmã Dew.

HISTÓRIA RELACIONADA
Presidente Nelson nos convida a #SerGrato. Leia sua mensagem na íntegra sobre o ‘poder de cura da gratidão’

Infelizmente, ao longo da história, a maioria das pessoas, na maioria das vezes, têm rejeitado os profetas. “Atualmente, as coisas não são diferentes. A maior parte do mundo — e até mesmo alguns de nossos próprios membros — rejeitam os 15 profetas, videntes e reveladores ordenados como apóstolos do Senhor Jesus Cristo.”

Os profetas são infalíveis?

Há pouco tempo, disse a irmã Dew, uma jovem lhe perguntou: “Você acha que os profetas são infalíveis?”

Se infalível significa perfeito, então não, respondeu a irmã Dew. “Apenas um Ser perfeito caminhou por esta Terra, e Ele era um Deus. Os profetas são mortais e estão sendo testados, assim como nós. O fato de serem ordenados como testemunhas especiais de Jesus Cristo lhes concede privilégios espirituais únicos, mas não os absolve da fraqueza humana de maneira mágica.”

O Senhor governa Sua Igreja por meio de um padrão único de presidências, conselhos e quóruns para que ninguém aja sozinho, continuou a irmã Dew. 

HISTÓRIA RELACIONADA
Respostas a oito perguntas feitas a Presidente Oaks e Presidente Eyring sobre revelação nos conselhos

Ela citou então, Presidente Nelson: “O chamado de 15 homens para o santo apostolado oferece grande proteção para nós como membros da Igreja. Por quê? Porque as decisões desses líderes devem ser unânimes. Vocês conseguem imaginar como o Espírito precisa tocar 15 homens até que haja unanimidade?”

A Primeira Presidência e o Quórum dos Doze Apóstolos, agindo em união, nunca colocarão a Igreja na direção errada, disse a irmã Dew. Por quê? “Porque nem mesmo o profeta é o cabeça desta Igreja. Jesus Cristo é, e Ele é perfeito. Os profetas recebem suas instruções Daquele que tudo sabe, tudo vê e compreende todas as coisas.

Os membros da Igreja nunca dependem apenas de homens mortais. “Quando seguimos o profeta, na verdade estamos seguindo e depositando nossa confiança em Jesus Cristo. Pois Ele prometeu que Suas palavras serão todas cumpridas, ‘seja por [Sua] própria voz ou pela voz de [Seus] servos, é o mesmo’” (Doutrina e Convênios 1:38).

Todos os membros da Primeira Presidência e do Quórum dos Doze Apóstolos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias posaram para uma fotografia icônica no Centro de Visitantes do Templo de Roma Itália em Roma, na segunda-feira, dia 11 de março de 2019.
Todos os membros da Primeira Presidência e do Quórum dos Doze Apóstolos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias posaram para uma fotografia icônica no Centro de Visitantes do Templo de Roma Itália em Roma, na segunda-feira, dia 11 de março de 2019. | Jeffrey D. Allred, Deseret News

Quatro perguntas

Em seguida, a irmã Dew fez e respondeu quatro perguntas “mais relevantes” do que a questão da infalibilidade. 

  • Primeira pergunta: Quem exatamente são os profetas, videntes e reveladores? 

Eles são “testemunhas especiais do nome de Cristo em todo o mundo”, os quais possuem todas as chaves do sacerdócio que o Senhor permite que sejam exercidas na Terra. “Isto significa que eles autorizam como, onde e por quem o poder do Senhor pode ser usado”, disse a irmã Dew.

O apóstolo sênior é a única pessoa viva que pode falar pelo Senhor em tudo, mas é auxiliado por 2 conselheiros e 12 apóstolos — cada um deles ordenado como profeta, vidente e revelador.

  • Segunda pergunta: Há alguém que possa oferecer conselhos inspirados, que não seja influenciado por interesses pessoais, além dos membros da Primeira Presidência e do Quórum dos Doze?

Embora todo jornalista, apresentador de talk show, celebridade, atleta, político, empresário, bilionário ou acadêmico tenham interesses pessoais, “este não é o caso dos Profetas de Deus”, disse a irmã Dew. “Seus interesses são os do Senhor. Porém, muitas vezes, nós os ouvimos por último.”

Samuel, o lamanita, repreendeu os nefitas por seguirem “guias insensatos e cegos” (Helamã 13:25-29). “Meus queridos amigos, a quem vocês ouvem? Qual é a posição do profeta vivo na lista daqueles a quem vocês recorrem para pedir conselhos? Quantos guias cegos, cuja visão míope da vida não é melhor que a sua, vocês seguem em podcasts e no TikTok? Não deixem que os guias cegos obscureçam sua visão dos videntes, os quais veem o que está prestes a acontecer”, disse a irmã Dew.

  • Terceira pergunta: “Vocês conhecem 15 homens mais inteligentes, que se preocupem mais com vocês e que tenham motivos mais puros?”

O que os Apóstolos ganham com isso? “Obviamente não é dinheiro ou popularidade”, disse a irmã Dew. Muitas vezes eles são ridicularizados por ensinarem a verdade. 

“Os apóstolos estão sob o mandato divino de ensinar a verdade, mesmo quando a verdade é impopular”, disse a irmã Dew. “Eles são pressionados a mudar a doutrina do Senhor para torná-la mais aceitável, mas a doutrina não lhes pertence e não lhes cabe mudar.”

A irmã Dew prometeu que “nenhum líder na Terra é mais honesto com vocês do que os profetas. E nenhum líder se importa mais com vocês e seu futuro.”

  • Quarta pergunta: “Há outros líderes a quem o Espírito Santo infalivelmente presta testemunho?”

A irmã Dew estava presente no estádio Araneta Coliseum em Manila, Filipinas, quando 35.000 santos dos últimos dias filipinos se espremeram nos 25.000 assentos e esperaram oito horas pela chegada de Presidente Gordon B. Hinckley. Ela também estava presente quando milhares de santos tonganeses esperaram várias horas na chuva por Presidente Nelson, ou quando centenas de santos — os primeiros membros de suas famílias — se reuniram na Cidade de Ho Chi Minh, no Vietnã, para ouvir o profeta

Participantes assistem a um devocional com Presidente Russell M. Nelson sob chuva em Nuku’alofa, Tonga, em 23 de maio de 2019.
Participantes assistem a um devocional com Presidente Russell M. Nelson sob chuva em Nuku’alofa, Tonga, em 23 de maio de 2019. | Jeffrey D. Allred, Deseret News

“O cenário e o tamanho do público não importam”, disse a irmã Dew. “A mesma coisa sempre acontece. Quando o Presidente da Igreja entra na sala, uma profunda presença espiritual toca a congregação. As lágrimas correm. E o Espírito testifica da realidade de um profeta. Todas as vezes.”

Cinco verdades

Em seguida, a irmã Dew revisou cinco verdades cruciais a respeito dos profetas.

  • Verdade número 1: “Como esta é a Igreja do Senhor e Jesus Cristo é quem escolhe Seus profetas, o Salvador nunca permitirá que o profeta desvie a Igreja. Ponto final.”
  • Verdade número 2: O profeta vivo é o profeta mais importante. Então, o que Presidente Nelson nos aconselhou a fazermos hoje?

“Não sei de nada que possamos fazer agora que renda maiores dividendos em nossa vida do que aceitarmos e seguirmos o conselho de Presidente Nelson”, disse a irmã Dew.

HISTÓRIA RELACIONADA
Convites que Presidente Nelson fez desde que se tornou profeta
  • Verdade número 3: Os profetas possuem as chaves do sacerdócio, as quais os diferenciam de quaisquer outros líderes na Terra.

A irmã Dew admitiu que nem sempre é fácil ouvir o que um profeta tem a dizer. Na época em que serviu na presidência geral da Sociedade de Socorro, ela participou de um treinamento para autoridades gerais no qual um Apóstolo corrigiu todas as pessoas que usaram a palavra “mulher” ou “homem” e lhes disse para usarem as palavras “mãe” ou “pai”.

Conforme a reunião continuava, a irmã Dew disse que ficou dolorosamente ciente de que era a única pessoa na sala que não tinha filhos. Quando a reunião chegou ao fim, ela se sentiu condenada. “No começo, apenas me senti magoada; mas depois comecei a ficar muito irritada.”

Meses depois, ela orou sobre o que falar durante a Reunião Geral da Sociedade de Socorro e acabou recebendo a impressão de que deveria discursar sobre a maternidade. Ao pesquisar as escrituras e as palavras dos profetas, ela descobriu que o Apóstolo que a havia ofendido estava certo — toda mulher tem uma investidura divina como mãe, independentemente de ter tido filhos nesta vida.

“Aprendam com a minha experiência. Não tornem a vida mais difícil sendo estúpidos. Não se deixem enganar por ativistas que acreditam que sua paixão por uma causa lhes dá permissão para censurarem e criticarem os profetas. Não deem as costas para aqueles que têm todas as chaves do sacerdócio e que podem ajudá-los a verem o que está prestes a acontecer”, disse a irmã Dew.

HISTÓRIA RELACIONADA
Irmão Ahmad S. Corbitt: Como ativismo contra a Igreja pode cegar e enganar almas ‘valorosas’
  • Verdade número 4: “Os profetas não serão populares. Então, quando a turba da mídia social os atacar, não permitam que isto ameace seu testemunho. (…) Apoiar os profetas no mundo de hoje requer fé — mas não fé neles; fé em Jesus Cristo, que os chamou.”
  • Verdade número 5: A segurança espiritual advém de seguirmos o profeta. “Meus queridos amigos, pode haver momentos nos quais vocês tenham dificuldades com os ensinamentos dos profetas. No entanto, isto não é algo muito difícil de entender.

Aqueles que quebram os convênios ou dão as costas para os profetas questionarão seu testemunho todos os dias de sua vida. “Mas o contrário também é verdade”, disse a irmã Dew. Aqueles que guardam seus convênios e seguem o profeta terão satisfação em desenvolver seus testemunhos por toda a vida. “Essa é uma promessa.”

A irmã Dew encorajou os ouvintes a permitirem que os profetas sejam sua âncora espiritual. “Escutem-nos. Estudem suas palavras. Sigam seus conselhos. Isso os protegerá contra mentiras e os impedirá de cometerem grandes erros. Os profetas os tornarão mais inteligentes. Eles os ajudarão a enxergarem as coisas que vocês não podem ver.”

Em conclusão, ela disse: “Suplico a vocês que obtenham seu próprio testemunho dos profetas de Deus e os sigam pelo resto de sua vida. Estas serão as coisas mais inteligentes que vocês farão. Porque os profetas serão as últimas vozes seguras na Terra.”

Presidente Russell M. Nelson grava uma mensagem de vídeo sobre o poder de cura da gratidão, que foi compartilhada nas redes sociais em 20 de novembro de 2020.
Presidente Russell M. Nelson grava uma mensagem de vídeo sobre o poder de cura da gratidão, que foi compartilhada nas redes sociais em 20 de novembro de 2020. | A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
NEWSLETTER
Receba destaques do Church News entregues semanalmente na sua caixa de entrada grátis. Digite seu endereço de e-mail abaixo.

As novas lápides, adquiridas pela Ala Barrhead em parceria com os Family Community Support Services, preservarão permanentemente a memória dos pioneiros afrodescendentes em Campsie, estado de Alberta, Canadá. Os santos dos últimos dias locais começaram a restauração deste local em 1997, em homenagem ao Dia de Serviço do Legado Pioneiro.

O novo recurso Árvores de Grupo Familiar permite que parentes vivos adicionem fotos, registrem datas e realizem outras tarefas em árvores genealógicas compartilhadas

Estes novos presidentes e diretoras de templo foram chamados pela Primeira Presidência. Eles começarão seu serviço em setembro, ou quando os novos templos forem dedicados.

Durante a reunião sacramental para os membros do Coro e Orquestra do Tabernáculo durante sua turnê pelas Filipinas, Élder Neil L. Andersen falou sobre talentos e seu serviço no crescimento da Igreja.

US$ 10,4 milhões doados através das Máquinas de Doações em 61 locais, em sete países

Élder Gerrit W. Gong presidiu os primeiros devocionais para jovens adultos e jovens realizados no norte da Inglaterra por um Apóstolo, em 25 anos.