Menu

Líderes da Igreja e historiadores refletem sobre os Documentos de Joseph Smith conforme fim do projeto se aproxima

A Igreja de Jesus Cristo não mediu esforços, investindo anos de trabalho e recursos significativos para publicar os Documentos de Joseph Smith, porque eles edificam a fé em Jesus Cristo e documentam a vida do Profeta

Após décadas de pesquisa e aprendizagem, A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias está prestes a publicar os dois últimos dos 27 volumes dos Documentos de Joseph Smith [em inglês].

O projeto intensivo, concluído com a competência de historiadores qualificados, acadêmicos e voluntários, produziu 7,5 milhões de palavras, 50.000 notas de rodapé e quase 19.000 páginas, bem como um site [em inglês] informativo e repleto de recursos. Cada documento foi submetido a um rigoroso processo de revisão para determinar a legitimidade e precisão.

O projeto Documentos de Joseph Smith não apenas beneficiou estudiosos que estão pesquisando a Igreja e sua história, mas também forneceu novas descobertas que aprimoraram outros projetos da Igreja, como “Santos, Volume 1: O Estandarte da Verdade [em inglês].”

Por que era importante para a Igreja assumir um projeto tão caro e que exigia tanto tempo?

Em primeiro lugar, por causa do chamado profético de Joseph Smith, que testifica de Jesus Cristo, disse Presidente M. Russell Ballard, Presidente em Exercício do Quórum dos Doze Apóstolos.

“Por que fazemos isso? Porque ele foi um Profeta de Deus e restaurou a plenitude do evangelho de Jesus Cristo”, disse Presidente Ballard, que compartilha laços eclesiásticos e familiares com Joseph e seu irmão, Hyrum Smith. “Devemos honrá-lo. Devemos agradecer a nosso Pai Celestial e ao Senhor Jesus Cristo por nos terem dado Joseph Smith, para restaurar a plenitude do evangelho que nos fornece luz e conhecimento. (...) Como somos abençoados por sabermos o que sabemos sobre Joseph Smith, o Profeta da dispensação da plenitude dos tempos.”

Presidente Ballard foi um dos vários indivíduos, incluindo líderes da Igreja, historiadores e estudiosos, que refletiram sobre todos os aspectos do projeto Documentos de Joseph Smith e sua futura influência, em entrevistas recentes ao Church News.

HISTÓRIAS RELACIONADAS
Uma retrospectiva da história dos Documentos de Joseph Smith, seu impacto e o que está por vir em 2023

Por que preservar os Documentos de Joseph Smith?

A Igreja fez um grande esforço em preservar os Documentos de Joseph Smith para edificar a fé em Jesus Cristo, documentar sua vida como o primeiro Profeta da Restauração e ser transparente, disse Élder Kyle S. McKay, Setenta Autoridade Geral que serve como o historiador e registrador da Igreja.

Uma página do diário de Joseph Smith, agora disponível ao público por meio dos Documentos de Joseph Smith.
Uma página do diário de Joseph Smith, agora disponível ao público por meio dos Documentos de Joseph Smith. | A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

“Se vocês estudarem sua vida e passarem a conhecê-lo, esperamos que venham a saber com maior certeza que Jesus é o Cristo. Esse é o foco principal”, disse Élder McKay. “Joseph Smith foi o primeiro Profeta da Restauração, por isso damos ênfase adequada a sua vida. Há também um grande empenho para sermos transparentes no que fazemos. Creio que os Documentos de Joseph Smith talvez sejam o melhor exemplo de transparência que temos na história moderna.”

Élder McKay continuou: “Portanto, para preservarmos o testemunho de Jesus, sermos transparentes e aprendermos o máximo que pudermos sobre este Profeta, através do qual Deus operou, um profeta propenso a erros como ele admitiria ser. Para mim, é uma prova de que, por mais propenso a erros que eu seja, Deus talvez possa me usar.”

Obter “uma melhor compreensão intelectual de tudo a seu respeito” foi outro motivo qual a Igreja decidiu assumir o projeto Documentos de Joseph Smith, disse Matthew J. Grow, diretor administrativo do Departamento de História da Igreja.

“Ele deixou um grande número de documentos. Para que a Igreja realmente entenda sua história inicial, seu legado espiritual e como o processo de revelação funciona, precisávamos compreender esses documentos a um nível muito mais profundo do que entendíamos”, disse Grow antes de citar a lista de estatísticas de palavras, notas de rodapé e páginas. “Tudo isso para melhor compreendermos o Profeta Joseph Smith e o início da Igreja, e tudo isso para dizermos que a nossa história pode resistir a mais intensa inspeção.”

Um recurso fundamental para estudiosos

Os Documentos de Joseph Smith criaram um novo alicerce para a história do início da Igreja que não existia antes do projeto, disse Élder Marlin K. Jensen, Setenta Autoridade Geral emérito e ex-historiador e registrador da Igreja, que supervisionou a primeira metade do projeto.

Muitas biografias foram escritas sobre Joseph Smith ao longo dos anos sem acesso a consultas de seus documentos. Daqui para a frente, para que qualquer biografia futura tenha credibilidade na comunidade acadêmica, ela terá que passar pelos Documentos de Joseph Smith.

Élder Marlin K. Jensen, Setenta Autoridade Geral emérito e ex-historiador de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, conversa com a mídia durante uma coletiva de imprensa para apresentar um volume do Projeto Documentos de Joseph Smith, no dia 22 de setembro de 2009, em Salt Lake City.
Élder Marlin K. Jensen, Setenta Autoridade Geral emérito e ex-historiador de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, conversa com a mídia durante uma coletiva de imprensa para apresentar um volume do Projeto Documentos de Joseph Smith, no dia 22 de setembro de 2009, em Salt Lake City. | Arquivos do Deseret News

“Joseph Smith, sem dúvida, foi um grande profeta. (...) Concluir um projeto que basicamente abrange seu trabalho, na forma escrita, é uma realização fenomenal”, disse Élder Jensen. “Nossa esperança, desde o início, era que o projeto tivesse uma qualidade notável para que, no futuro, ninguém mais pudesse escrever sobre Joseph Smith de maneira confiável sem usar esses documentos como fonte primária. Isso está acontecendo.”

John G. Turner, autor e professor de História que está escrevendo uma nova biografia de Joseph Smith, descreveu os documentos como “um tesouro para historiadores e um sonho para pesquisadores”. 

HISTÓRIAS RELACIONADAS
Professor e biógrafo não membro chama Documentos de Joseph Smith de um ‘sonho para pesquisadores’

Vantagem dos recursos

Projetos de edição de documentários, como os Documentos de Joseph Smith, geralmente são realizados em universidades, onde o financiamento é sempre um problema. Os responsáveis por esses projetos costumam passar a maior parte do tempo arrecadando fundos e redigindo subsídios.

Os Documentos de Joseph Smith tiveram a vantagem de uma equipe editorial e editores — uma “verdadeira operação em equipe” — para garantir um trabalho da mais alta qualidade, graças ao generoso financiamento da Fundação Larry e Gail Miller e da Igreja.

Gail Miller discursa após doação monetária para o mais recente volume de Documentos de Joseph Smith no Edifício Administrativo da Igreja em Salt Lake City, na terça-feira, dia 25 de janeiro de 2022.
Gail Miller discursa após doação monetária para o mais recente volume de Documentos de Joseph Smith no Edifício Administrativo da Igreja em Salt Lake City, na terça-feira, dia 25 de janeiro de 2022. | Jeffrey D. Allred, Deseret News

“Juntos, conseguimos fazer coisas nos Documentos de Joseph Smith que são muito incomuns para tais projetos de edição de documentários”, disse Grow. “Esses recursos fizeram com que fosse possível vasculharmos o país para encontrarmos todos os documentos de Joseph Smith, reunirmos os melhores historiadores e editores, imprimirmos belos volumes e criarmos um site incrível. (...) Simplesmente tivemos a maravilhosa bênção de termos patrocinadores que acreditaram no projeto.”

Estes recursos permitiram que os Documentos de Joseph Smith publicassem volumes em um ritmo acelerado, o que o diferencia de outros projetos de documentários proeminentes, como os Thomas Jefferson Papers [Documentos de Thomas Jefferson] ou os Benjamin Franklin Papers [Documentos de Benjamin Franklin], que estão em andamento há décadas e, às vezes, publicam um livro a cada dois anos.

Desde o início, foi decidido que projeto Documentos de Joseph Smith teria dois volumes publicados por ano. Manter esse cronograma foi um dos maiores desafios do projeto. Muitas vezes, todos os membros da equipe tiveram que trabalhar até tarde da noite e fazer horas extras para dar conta do trabalho. A maior parte do projeto foi produzida na última década, disse Grow.

Principais escritos nos Documentos de Joseph Smith

Teoricamente, se fosse necessário pegar os escritos mais importantes dos Documentos de Joseph Smith e correr para um lugar seguro, quais seriam eles? 

Richard E. Turley Jr., ex-historiador e registrador assistente da Igreja, disse que salvaria os seguintes escritos, todos publicados como parte do projeto dos documentos:

Presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, examina o mais recente volume de Documentos de Joseph Smith no Edifício da Administrativo da Igreja em Salt Lake City, na terça-feira, 25 de janeiro de 2022.
Presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, examina o mais recente volume de Documentos de Joseph Smith no Edifício da Administrativo da Igreja em Salt Lake City, na terça-feira, 25 de janeiro de 2022. | Jeffrey D. Allred, Deseret News

“Para mim, as partes mais importantes dos documentos, e as partes mais importantes de sua vida, foram as experiências espirituais que ele teve e os materiais que fluíram disso”, disse Turley, “do Livro de Mórmon, em sua juventude, ao templo e seus propósitos no final de sua vida.”

HISTÓRIAS RELACIONADAS
‘Euforia complicada’: Historiadores e arquivistas contam experiência de encontrar novos registros para projeto Documentos de Joseph Smith

O que os documentos revelam sobre Joseph Smith

A maior parte do que se encontra nos Documentos de Joseph Smith mostra o Profeta no dia a dia, incluindo seus vários escritos, desafios pessoais e erros. Os leitores podem conhecê-lo como um ser humano com o qual podem se identificar, “na íntegra e sem filtros”, disse Turley.

“Os documentos de Joseph Smith refletem a vida do Profeta com muita franqueza. Ele foi repreendido por Deus. Ele cometeu erros. Ele teve problemas familiares e não tentou escondê-los em seus documentos”, disse Turley. “Portanto, quando lemos os Documentos de Joseph Smith, lemos a versão sem retoques de Joseph Smith. Nós o vemos com todas as suas fraquezas, e isso dá esperança a seres imperfeitos como eu, que perceberam que, se Deus pode trabalhar por meio de alguém como Joseph Smith, Ele talvez possa fazer algo comigo.”

Muitos perguntaram a Matthew Godfrey, historiador e editor geral do projeto, como trabalhar nos Documentos de Joseph Smith afetou seu testemunho, presumindo que foi prejudicial se aprofundar na história da Igreja.

No entanto, para Godfrey, que trabalha no projeto há 13 anos, sua experiência tem sido exatamente o oposto. Sua fé foi fortalecida para ver os documentos revelarem um Joseph “sincero”, que se preocupava com os outros e cujo principal objetivo de vida era ser obediente aos mandamentos de Deus.

“Poder compreender quem Joseph Smith era como pessoa, como ele era visto por outros e com o que ele se preocupava me fez admirá-lo ainda mais”, disse Godfrey. “Quando examino esses documentos e como Joseph Smith é retratado neles, ele não é alguém que me pareça ser um impostor. (...) Ele aparenta ser alguém que realmente acredita que foi chamado por Deus para ser um profeta, que foi chamado para restaurar esta Igreja e que fará o melhor que puder para realizar tudo o que Deus lhe pediu.”

Richard E. Turley Jr., ex-historiador e registrador assistente da Igreja, conversa com blogueiros via videoconferência para anunciar um volume dos Documentos de Joseph Smith, na Biblioteca de História da Igreja em Salt Lake City, na quarta-feira, 23 de março de 2011.
Richard E. Turley Jr., ex-historiador e registrador assistente da Igreja, conversa com blogueiros via videoconferência para anunciar um volume dos Documentos de Joseph Smith, na Biblioteca de História da Igreja em Salt Lake City, na quarta-feira, 23 de março de 2011. | Jeffrey D. Allred, Deseret News

Qualquer pessoa com dúvidas ou questões sobre a história da Igreja pode aprender muito ao pesquisar os Documentos de Joseph Smith.

“Se vocês desejam saber sobre o início da história da Igreja, se querem saber sobre as revelações de Joseph Smith e o que elas realmente dizem, se querem ver a mão de Deus operando por meio de Joseph Smith e se querem ver Jesus Cristo revelado por meio de Joseph Smith, leiam os Documentos de Joseph Smith”, disse Turley.

Testemunhas de Jesus Cristo e Joseph Smith

Um dos momentos mais espirituais da vida de Élder Jensen ocorreu quando ele prestou testemunho à esposa, enquanto estavam sentados juntos em um banco no Bosque Sagrado, onde Joseph Smith teve sua Primeira Visão de Deus, o Pai, e Jesus Cristo, na primavera de 1820.

Qualquer pessoa pode vir a conhecer Jesus Cristo mais profundamente por causa da vida e das experiências de Joseph Smith.

“Podemos ter nosso próprio testemunho e nossas próprias experiências com a divindade”, disse Élder Jensen. “No curso de minha vida, por meio de experiências que jamais poderia negar, passei a compreender, de forma inabalável, a existência de Deus e a realidade de Seu Filho Amado, e que esses dois seres divinos chamaram o Profeta Joseph para restaurar a Igreja de Jesus Cristo em nossos dias. Minha esposa e eu firmamos nossas vidas nisso e sei que nunca ficaremos desapontados.”

Élder Kyle S. McKay, Setenta Autoridade Geral que serve como historiador e registrador da Igreja, segura o diário missionário de seu bisavô, durante uma entrevista na Biblioteca de História da Igreja em Salt Lake City na terça-feira, 9 de agosto de 2022.  Élder McKay está supervisionando os volumes finais do projeto Documentos de Joseph Smith.
Élder Kyle S. McKay, Setenta Autoridade Geral que serve como historiador e registrador da Igreja, segura o diário missionário de seu bisavô, durante uma entrevista na Biblioteca de História da Igreja em Salt Lake City na terça-feira, 9 de agosto de 2022. Élder McKay está supervisionando os volumes finais do projeto Documentos de Joseph Smith. | A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Élder McKay se lembra vividamente de quando era criança, e uma professora da Primária deu uma aula sobre o Profeta Joseph Smith, que terminou com ele levando um retrato para casa, o qual foi colocado na parede, ao lado de sua cama. O retrato deu início a uma conversa entre ele e sua mãe, que ficou gravada em sua mente por toda a vida.

“Eu disse: ‘Mãe, um dia vou crescer e ser como esse homem.’ Eu ainda quero ser como esse homem. Eu quero conhecer Jesus como ele O conhecia”, disse ele. “Testifico que Joseph Smith foi um Profeta de Deus. Por causa desse conhecimento, sei com certeza que Jesus é o Cristo, o filho de um Deus vivo. Nada tem me aproximado mais de Jesus Cristo do que as revelações que recebemos por causa do Profeta Joseph Smith.”

Os dois volumes finais dos Documentos de Joseph Smith

Os dois volumes finais do projeto vêm da série “Documentos”.

O site dos Documentos de Joseph Smith

Após a publicação dos volumes finais, o site Documentos de Joseph Smith em josephsmithpapers.org [em inglês] continuará a ser um recurso gratuito e disponível para todos.

NEWSLETTER
Receba destaques do Church News entregues semanalmente na sua caixa de entrada grátis. Digite seu endereço de e-mail abaixo.

A turnê do Coro do Tabernáculo pelas Filipinas começa com jovens apresentando danças tradicionais. Esta é a segunda parada da turnê “Hope” e a primeira vez do coro nas Filipinas.

Neste vídeo do Church News, “O êxodo de Nauvoo”, líderes e membros na histórica Nauvoo, Illinois, homenagearam os primeiros membros da Igreja, enquanto caminhavam cerca de dois quilômetro pela Parley Street, indo até o rio Mississippi.

Membro da Igreja no Alabama, Mary Helen Allred se sente feliz por poder usar o ServirAgora para continuar um legado de serviço

Estes novos presidentes e diretoras de templo foram chamados para servir pela Primeira Presidência. Eles começarão seu serviço em setembro, ou quando os templos forem dedicados.

“Em um mundo com muitos muros, precisamos continuar construindo pontes”, disse Élder Dieter F. Uchtdorf enquanto estava na fronteira entre os E.U.A. e o México, antes da dedicação do Templo de McAllen Texas.

O Coro e Orquestra do Tabernáculo se apresentarão na Flórida e em Atlanta, Geórgia, em setembro de 2024, como parte da turnê “Hope”.