Menu

Artista por trás do mural do Centro de Conferências compartilha sua jornada de arte e fé

O artista santo dos últimos dias Michael Malm é conhecido por suas representações do Salvador, algumas das quais podem ser vistas em importantes locais da Igreja

O artista santo dos últimos dias Michael Malm estava trabalhando em uma pintura de Jesus Cristo, quando foi atingido pelo pensamento, “E se nada disto for verdade?”

Ele estava passando por um momento difícil, lutando com sua fé e com várias ideias sobre o Livro de Mórmon. E naquele dia, enquanto estava em uma escada pintando o rosto do Salvador, ele questionou se alguma coisa daquilo que acreditava era real.

Ele lutou com aquela escuridão e peso por vários dias, disse Malm. Mas depois de orar sobre seus medos e dúvidas, ele percebeu duas coisas: ele sabia que o Livro de Mórmon era verdadeiro, e ele sabia que o Salvador era real.

“Era um contraste tão grande com aquela escuridão. ... Simplesmente senti aquela alegria de que [Jesus Cristo] é real”, disse ele.

Malm contou esta história durante o evento “Noite no Museu”, promovido pelo Museu de História da Igreja na quinta-feira, 28 de março. Na ocasião, ele compartilhou sua jornada artística, incluindo pintar o Salvador para uma variedade de projetos fortaleceu seu testemunho ao longo dos anos.

Santos dos últimos dias podem não reconhecer o nome de Malm, mas certamente reconhecerão suas pinturas: ele é o artista por trás do mural “Come Unto Jesus” [Vinde a Cristo], que se estende por uma parede do segundo andar do Centro de Conferências em Salt Lake City, conforme relatado pela LDS Living [em inglês] Uma versão menor deste mural está exposta no Templo de Orem Utah. Ele também contribuiu com pinturas no Centro de Visitantes do Bosque Sagrado.

Artist Michael Malm talks about his painting "Come Unto Jesus" during an “Evening at the Museum” forum hosted by the Church History Museum.
O artista Michael Malm fala sobre suas obras de arte durante o fórum Noite no Museu, organizado pelo Museu de História da Igreja na quinta-feira, 28 de março de 2024. | Mark Ware

“Para mim, não é sobre como [Jesus] parece fisicamente [em minhas pinturas], mas como Ele se parece. Ele parece certo?” disse Malm. Experiências como a que ele compartilhou sobre questionar sua fé enquanto pintava “realmente fortaleceram meu testemunho.”

‘Você está no caminho certo’

Malm estudou arte com Del Parson, no que era então o Dixie College, hoje Universidade Técnica de Utah, e com Perry Steward na Universidade do Sul de Utah, antes de obter um mestrado em Belas-Artes pela Universidade Estadual de Utah.

Ao longo do caminho, conheceu e se casou com sua esposa, Juanita, e juntos criaram quatro filhos enquanto ele construía sua vida como artista.

Não foi fácil, especialmente no início. Malm disse que houve momentos em que ele e Juanita não sabiam como iriam sobreviver financeiramente, e ele questionou se estava no caminho certo.

Mas o Senhor sempre ajudou sua família, disse Malm. Certa vez, um jornal escreveu sobre uma galeria em que seu trabalho estava e exibiu com destaque fotos de suas pinturas. “Senti a mensagem do Senhor: ‘Mike, você está no caminho certo. Você está seguindo o [caminho] que Eu quero que você siga.’”

Outras vezes, as bênçãos foram mais inesperadas, mas não menos valiosas, como quando um caminhão que transportava algumas das obras não vendidas de Malm pegou fogo, e a galeria que havia devolvido as pinturas a Malm o indenizou por meio de sua apólice de seguro.“

Permita-me lhes dizer, nós precisávamos [daquilo]”, disse Malm.

Artist Michael Malm talks about his work during an “Evening at the Museum” forum hosted by the Church History Museum.
O artista Michael Malm fala sobre suas obras de arte durante o fórum Noite no Museu, organizado pelo Museu de História da Igreja na quinta-feira, 28 de março de 2024. | Mark Ware

Atualmente, Malm e sua família vivem em Cache Valley, Utah. Malm brincou que os membros de sua família são “alvos fáceis” para modelos, e é por isso que eles aparecem com tanta frequência em seu trabalho.

Embora ele tenha muitos motivos para se orgulhar, “a melhor coisa que fiz em minha vida foi convencer esta linda mulher sentada aqui, minha esposa, Juanita, a se casar comigo e a se juntar a mim nesta jornada pela vida. ... Sou muito grato por ela.”

Inspirado pela arte sacra

Entre os presentes ao evento estavam Élder Hugo E. Martinez, Setenta Autoridade Geral, e sua esposa, a irmã Nuria Alvarez de Martinez.

Élder Martinez disse que ele e a irmã Martinez admiram o mural “Come Unto Jesus” de Malm no Centro de Conferências e passaram “muito tempo” olhando para a obra. Ele observou que o mural mostra uma variedade de pessoas que representam coletivamente a humanidade, mas também enfatiza como é individual o relacionamento de cada pessoa com o Salvador.

“Cada [pessoa] está caminhando diretamente a Ele e se reunindo com Ele no centro”, disse Élder Martinez.

Embora as abordagens dos artistas a temas religiosos variem muito, a beleza da arte sacra é sua capacidade de inspirar o espectador. “Ela nos faz pensar... [no] compromisso que temos de realmente nos aproximar do Salvador”, disse Élder Martinez. “É isso que estou descobrindo aqui.”

Artist Michael Malm talks about his work during an "Evening at the Museum" forum hosted by the Church History Museum.
O artista Michael Malm fala sobre suas obras de arte durante o fórum Noite no Museu, organizado pelo Museu de História da Igreja na quinta-feira, 28 de março de 2024. | Mark Ware
HISTÓRIAS RELACIONADAS
Artefatos adquiridos com o Templo de Kirtland estão agora em exibição no Museu de História da Igreja
Nova exposição do Museu de História da Igreja apresenta obras de arte e fé de Minerva Teichert
NEWSLETTER
Receba destaques do Church News entregues semanalmente na sua caixa de entrada grátis. Digite seu endereço de e-mail abaixo.